domingo, 17 de agosto de 2008

Lá vai nossa mata, pouco a pouco




A Avenida das Cataratas está mudando e muito rápido. A avenida era o melhor exemplo do Corredor Turístico de Foz do Iguaçu. Era área nobre para o turismo e emprendimentos ligados ao turismo. E até agora tinha escapado da voracidade do desmatamento, do corte de árvores. Agora, a área é disputada também pelos condominios fechados - ou comunidades localizadas atrás de portões de segurança máxima. São dois condomínios. Faltou zoneamento e planejamento. É triste. A foto mostra dois momentos da devastação da mata semidecidua subtropical e blá-blá-blá de Foz do Iguaçu.

Esses dias, um colega me falou sobre um projeto e disse: creio que isso é bom para Foz do Iguaçu porque a cidade tem "vocação ambiental" e "vocação turística". Eu não consigo entender que conceitos são esses. Que é vocação ambiental?

O que eu vejo é o que está nas fotos. Um carro passa pela avenida. Se vê na vegetação que fica cada vez mais rala, um edifício do condomínio, meio camuflado lá atrás. A outra foto mostra, desta vez no lado oposto, mais uma limpeza de terra, uma erradicação de árvores. Isso não me parece vocação de nada. Logo, as crianças que nascerem em Foz não saberão o que é vegetação nativa e precisarão ler nos livros.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região