quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Marco das Três Fronteiras Brasil, o "novo point" do por do sol


Um drink e um petisco com vista para Três Países, Dois Rios e um Sol
Atenção aventureiros, viajantes e turistas que acompanham o Blog de Foz! No último sábado visitei o Templo Budista Chen Tien de Foz do Iguaçu para atualizar umas fotos para a postagem-guia sobre o templo. Maravilhoso como sempre.  Pelo menos dez pessoas embarcaram no Ônibus da Linha 103 do TTU para o Porto Belo via Ponte da Amizade no bairro Vila Portes que também ganhou uma postagem-guia. Fiz as fotos que necessitava, me energizei no espaço e em seguida me dirigi ao ponto de ônibus para ir ao Marco das Três Fronteiras no outro extremo da cidade. Depois de uma pequena espera, uns 20 minutos, o ônibus chegou eu e mais outras dez pessoas embarcamos no ônibus. Perguntei ao cobrador qual ônibus ia para o Marco das Três Fronteiras. "Esse mesmo" respondeu. Isso não estava muito claro na minha cabeça e me preparei para a viagem. 

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Um Guia Rápido da Região de Compras da Vila Portes Foz do Iguaçu




Vila Portes
Entre a Avenida JK e a Beira-Rio,

ao norte com o Jardim Jupira, no lado de lá da BR-277; ao sul com a Rua 18
e Avenida José Maria de Brito

Do alto da Fagundes Varela se vê a estrutura de fronteira Brasil-Paraguai.

Prédios do fundo são de Ciudad del Este.

Clique para ampliar.



Bem-vindo à Vila Portes


Pelo menos cinco públicos diferentes visitam a Vila Portes - um dos centros comerciais mais interessantes de Foz do Iguaçu. 1) Clientes que  buscam serviços industrias e de mecânica pesada.  2) Clientes das inúmeras distribuidoras de alimentos; 3) Quem procura artigos ou utilidades domésticas 4) aqueles  que necessitam equipamentos para hotéis, restaurantes, lachonetes e pequenas fábricas e 5) aqueles que procuram bons preços em roupas e calçados. Isso não impede que levem também perfumes, produtos para festa e aniversários, embalagens, bicicletas e o que possa imaginar.Com todo este público o bairro oferece pelo menos 10 hotéis, restaurantes, lanchonetes, churrascarias, estacionamentos para quem quer deixar o carro e atravessar a ponte para o Paraguai a pé e outros serviços.
 

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Bairros Temáticos de Foz do Iguaçu: Links e ligações

Morumbi


O Morumbi é, como muitos outros, um bairro temático de Foz do Iguaçu. O tema do Morumbi é o futebol, a começar pelo nome do bairro. Cada rua homenageia a um estádio, um time, um jogador, árbitro e outras coisas do futebol.  O Blog de Foz de Foz publicou uma série de cinco postagens especiais sobre as ruas do Morumbi. Elas foram escritas bem antes da Copa do Mundo de 2014 e tinham como propósito criar uma atmosfera agradável sobre o Morumbi na esperança e no sonho de que o bairro assumisse esta característica de Bairro do Futebol.







A quem homenageia a Avenida Mário Filho?

Portal da Foz
Esta postagem chegou a ser publicada em revista em Curitiba. Uirapuru, Bem-te-vi, Bonito Lindo – Avenida Beija Flor, Sabiá, Cotinga, Gralhas, Canários, Pombas, Andorinhas, Pardais, Gaivotas, Bico de Lacre. São cerca de 50 ruas cujos nomes foarm dados para homenagear os pássaros da fauna brasileira e alguns da fauna mundial.

Portal da Foz - bairro temático dedicados aos pássaros

Vila Borges 

As ruas da Vila Borges, como as do Morumbi, o bairro vizinho,  também são temáticas.  Igual ao Morumbi as ruas da Vila Borges destacam figuras do esporte. Tanto desportistas como figuras da imprensa ligadas aos esportes.

O Bairro Temático da Vila Borges e Suas Ruas  

Pequena história da grande Vila Borges em Foz do Iguaçu

 

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Atenção: visitar o Marco das Três Fronteiras em Foz custa R$ 14.00

Clique na imagem para ampliar e conferir os preços
Atenção todos os viajantes e turistas. Desde segunda-feira, dia 11, começou a ser cobrada a entrada ao Marco das Três Fronteiras - um dos atrativos turísticos de Foz do Iguaçu, entregue à administração privada em dezembro de 2015. A autorização (acima) foi publicada no Diário Oficial do Município. A tarifa custa R$ 14.00. Quem quiser pode contribuir R$ 1 a mais para o Fundo de Promoção do Turismo Iguaçu. Total R$ 15,00. Estacionamento custa R$ 5.00 para todo mundo. Moradores de Foz do Iguaçu não pagam a entrada mas pagam estacionamento. Moradores da região do Lago de Itaipu e dos municípos do Entorno do Parque Nacional do Iguaçu não foram (estranhamente) contemplados. Crianças de 2 a 11 anos e maiores de 60 pagam a metade. Quanto ao realzinho a mais que você contribui ao Fundo de Promoção do Turismo, pode ser um bom investimento. Na tempestade com vento e chuva com granizo que deixou mais de 50 mil pessoas desabrigadas, o Fundo contibuiu com mais de R$ 100 mil para compra de telhas. A maioria dos afetados foi da região do Porto Meira onde fica o "Marco". É um exemplo onde o turista com sua cotribuição ajuda comunidade local. O Blog de Foz defende o turismo, ecoturismo e o turismo rural como geradores de benefícios e renda também para as comunidades locais.  Em dólar e em inglês a entrada mais a contribuição ficam a menos de US$ 4.  

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Pequeno Guia Histórico de Ciudad del Este


Pedra Fundamental ou

Hito Fundacional de Ciudad del Este


Proteção Legal


Pedra Fundamental de CDE tendo 
a Ponte da Amizade como pano de fundo 


Introdução

No dia 2 de fevereiro de 1957, um avião monomotor aterrissou em uma pequena pista de pouso em Presidente Franco, Paraguai, cidade que então abrigava a V Região Militar do país vizinho.  Abordo estava o então ministro do Interior do Paraguai, Edgar L. Ynsfran. Ele veio pessoalmente para organizar a recepção e trabalhos do dia seguinte.Na manhã do dia seguinte, domingo, dia 3 de fevereiro de 1957, dois aviões Douglas do Transporte Militar do Paraguai aterrissaram na pista de terra do Aeroporto de Foz do Iguaçu após um sobrevoo sobre a região.

domingo, 3 de janeiro de 2016

A Foz do Iguaçu Católica - um pequeno guia para a comunidade católica de Foz

Nota:
Esta postagem se encontra em permanente atualização. As informações se dirigem a moradores e visitantes da cidade. Agradeço qualquer informação que ajude a melhorar o conteúdo. limajac@gmail.com



Catedral Nosssa Senhora de Guadalupe
em desenho de Beto Candia.
Em exposição no Ecomuseu de Itaipu


Assim como Brasília foi inspirada no traçado que lembra um avião, com Asa Norte e Asa Sul, o "desenho" da Catedral Nossa Senhora de Guadalupe se inspira na Cruz Grega, de braços equidistantes, com orientação para os quatro pontos cardeais. O Altar principal, em construção, está orientado para o Nascente. 





A Catedral  N.S. Guadalupe

como se estivesse sido construída no topo de um Monte.

Vista da Avenida Paraná


A catedral de Foz pode ser vista de vários pontos da cidade. Mas a melhor visão é para quem trafega pela Avenida Paraná, especialmente na altura da área onde pouco a pouco se forma o Centro Cívico de Foz do Iguaçu – onde estão órgãos públicos federais, estaduais e no futuro próximo a administração municipal. A Catedral foi construída no ponto mais alto da cidade. A primeira coisa que se pode dizer é que nela, tudo foi pensado. Todos os “elementos fundamentais” da Catedral tanto arquitetônicos como de engenharia lembram  alguma coisa que remete a “significados do cristianismo. O primeiro desses significados envolve a escolha do local para a construção. Sendo o ponto mais alto da cidade, a localização da Igreja lembra um monte”. Na Bíblia, explica o folheto de divulgação da Catedral, o monte sempre está presente. Moisés subiu ao Monte para receber os Dez Mandamentos e Jesus sempre subia ao Monte das Oliveiras para rezar. Foi do Monte das Oliveiras que ele proferiu o Sermão da Montanha. Da mesma maneira, lembra o diácono Antonino de Bastiani, "a Catedral foi constuida na Vila "A" de Itaipu, um dos pontos mais altos da cidade. Do alto a mensagem proclmada dentro da Igreja é propagada para todos os cantos". 

Por que Nossa Senhora de Guadalupe? 

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região