segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Futebol Americano em Foz do Iguaçu: Black Sharks


Foto Gazeta do Iguaçu / Kiko Sierich

Fui e levei meus meninos para ver o encontro entre o Foz do Iguaçu Black Sharks e o Ponta Grossa Tigers. O Estádio Pedro Basso, sede oficial do Flamengo de Foz Iguaçu, também chamado de Flamenguinho, estava lotado. Havia gente em pé. Havia gente em baixo das árvores laterais do campo. Havia gente por toda parte. Um pouco antes do jogo começar, um volante – folha de papel – foi distribuído. “Para entender melhor o Futebol Americano” – est6ava escrito. A Radio 97 FM de Foz do Iguaçu estava lá para narrar o jogo para o público iguaçuense. As cheerleaders – meninas animadoras de torcida, estavam lá. O jogo começou com um chute dos donos da casa. Com exceção dos jogadores ninguém entendia as regras, especialmente os locutores.

Foi falta? Um jogador pega o outro pelo pescoço e toma a bola. Pode? Lances e mais lances que lembravam judô e outras artes marciais. O público vibrava e empurrava o time de Foz os black sharks ou tubarões negros ou tiburones negros em espanhol. A torcida empurrou o time. O locutor viu o juiz fazer um gesto com o braço. Que significa isso? – pergunta ele. Todos torciam e pelo jeito o futebol americano pegou. Expliquei aos mês meninos que o Brasil nunca inventou futebol nenhum. O nosso futebol é inglês. O americano reflete o espírito do país: competição e força. O jogo lembra bisontes (tatanka) que se defrontam. A maneia de ciscar no chão com a bola e jogá-la para trás, me lembra isso. Eu gostei.

O Blog de Foz dá todo o apoio ao futebol americano de Foz do Iguaçu. Eu não estou nem aí se os Sharks de Foz esculhambaram com os Tigers de Ponta Grossa. O que me deixa realmente contente é ver a garra dos jogadores, dos rapazes iguaçuense que vem há anos trabalhando silenciosamente e ontem, no dia 30 de agosto, colocaram Foz do Iguaçu no mapa dessa modalidade. E o povo? O povo não é burro não. Logo após o jogo fui para o bairro iguaçuense do Morumbi onde me esperava um bolo de aniversário na casa do sogro de um de meus filhos. Era um bolo para dois. Somando as idades dos aniversariantes dava 104 anos. “Parabéns Dadi e Dedi” – estsva escrito no bolo. Quem é quem? Lá comentei sobre o jogo e todo mundo na casa sabia o que era quarterback, um touchdown, endzone e outros termos. Todos menos eu que sei inglês e não sei nada de futebol nem inglês, nem americano. Peço a cidade que apóie a moçada!

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

O Hotel Cassino: duas fotos; mesmo lugar; dois momentos



Foto 1 - Arcevos Câmara Municipal. Foto 2 'Bairronauta'

Nas minhas caminhadas em busca de registros do passado de Foz do Iguaçu, tenho a oportunidade de constantemente rever meus conceitos, ideías, preconceitos e pontos de vista. Essas duas fotos foram tiradas em tempos diferentes. A primeira mostra o Hotel Cassino na década de 40. A Rua onde acontece o desfile é a Dom Pedro I. O Hotel Cassino aparece lá no fundo. Tá vendo? Entre os estudantes que marcham e o Hotel há um espaço vazio.

Me impressiona a falta de vegetação. Eu era tentado a acreditar que havia mais cobertura vegetal antigamente. A foto inferior, colorida foi tirada por mim nos mês passado enquanto eu andava em busca de "ângulos" para imaginar a matéria que eu estava fazendo para a Revista 100 Fronteiras. A rua aí é a mesma. Estive tentando fazer a foto do mesmo local onde as crianças desfilam na foto 1. Não dá. Há casas, prédios. Não há como se ter a mesma visão.

Na foto 2 você vê o que não existia então. A Praça Almirante Tamandaré ou Praça da Marinha. Na esquina, há um Hotel de Trânsito da Marinha. A Praça está carregada de árvores. Mas dá pára ver o Hotel Cassino lá atrás por entre as árvores. Está vendo? Assim meus olhos se abriram. As fotos antigas mostram uma região mais devastada. Apesar de tudo, hoje está melhor. Nem tudo é tão ruim. Uma visão nova minha é que Foz do Iguaçu tem que manter sua "arborização" como um diferencial muito importante. Depois falarei disso. Há mais fotos para ilustrar o que estou dizendo. Em breve, claro! Voltarei!

Liga das escolas de Samba de Foz tem novo presidente


Da direita para a esquerda: Arthur dos Santos(TuTy)atual presidente eleito da (LIESFI)Ederaldo Ex tesoureiro , Brizola ex presidente

A Liesfi (Liga Independente das Escolas de Samba de Foz do Iguaçu) elegeu no dia 24 de agosto a nova diretoria executiva, a eleição ocorreu no conselho de segurança da região nordeste no bairro Três Lagoas, tiveram a participação de 6 (seis) das 8 (oito) agremiações filiadas com direito a voto. A eleição aconteceu tranquilamente, obedecendo ao edital de convocação e o regimento interno para a realização do pleito, após apresentações dos presidentes das escolas de Samba, dispostos a ocupar o cargo de representação maior da agremiação.

Foi aclamado o novo presidente da LIESFI, representando a Escola de Samba Unidos do Maracanã, Arthur dos Santos Andrade terá um mandato de três anos, a frente da agremiação. Com a proposta da LIESFI, terá a incumbência de reorganizar a agremiação e fomentar o Carnaval de Foz do Iguaçu. Para o novo presidente “Será um novo desafio mas Liga das Escolas de Samba, hoje tem em seus quadros de filiados pessoas competentes, com plenos conhecimentos e habilidades, para desenvolvimentos das atividades LIESFI, que estarão à disposição para conquistar os objetivos traçados”.

Metas a serem desenvolvidas nesse triênio

1. Reorganização da LIESFI.
2. Reconhecimento de utilidade pública da agremiação.
3. Parceria entre a LIESFI e a Prefeitura Municipal e seus órgãos e autarquia afins para realização do carnaval..
4. Projeto de Lei, para criação de uma rubrica especifica no orçamento geral do município, para as escolas de samba.
5. Aprovação na câmara de vereadores, que o carnaval de Foz do Iguaçu, com os desfiles das escolas de samba, seja calendário oficial do município.
6. Busca de parceiros privados para realização das atividades culturais e sociais nas escolas de samba.

d/direita/esquerda Arthur dos Santos(TuTy)atual presidente eleito da (LIESFI)Ederaldo Ex tesoureiro , Brizola ex presidente

Contato: Arthur - 9131-8885
Veja mais no Blog do Eraldo Magalhães

terça-feira, 25 de agosto de 2009

O Sindicato dos Jornalistas (Seção) Foz aderiu à blogoesfera

Esta notinha é só para dar o link para o Blog do Sindicato dos Jornalistas Subseção de Foz do Iguaçu. O link é este. Acesse, para saber das lutas da categoria especialmente quando as coisas andam tão confusa. O fim da obrigatoriedade do diploma não é o fim da carreira. O fim da lei de imprensa não é o fim do jornalista. O fim das duas não significa o fim do direito a um salário e nem garante a volta à babárie salarial. Calma!

É isso mesmo: O UNICO está Chegando: Sistema de Bilhetagem Eletrônica


Foto 'bairronauta' abordo do ônibus TTU - Parque Nacional do Iguaçu (repito a foto)

No dia 7 de agosto publiquei uma nota chamada: O UNICO está chegando: cartão pré-pago eletrôico de passagem de ônibus! Agora volto ao assunto com um pouco mais de clareza. O "ÚNICO" nome fantasia do SBE (Sistema de Bilhetagem Eletrônica) vai entrar em vigor logo, logo e os iguaçuenses vão ter que começar ajeitar a cabeça para entender como tudo vai funcionar. Recebi de internauta (saudações, colega) por e-mail, a cópia do Diário Oficial do Município onde registra-se a aprovação do decreto 19.004 que regulamenta o UNICO. Por sua vez, este decreto se baseia na Lei 3.523 de 17 de abril deste ano.

Como a coisa é complexa e como estou meio complicado de tempo só lhe digo o seguinte: foram criados por esse decreto o que se chama de Órgão Regulador do Sistema (que é a própria Prefeitura, "Orgão Gestor" que é o FOZTRANS deverá ser criado ainda uma entidade sem fim lucrativo que será a Operadora do SBE. Isso ainda quero entender pois esse entidade deverá ser "cível" ou "sindical". Quem está na lista?

Foi criado ainda uma coisa chamada UT ou seja Unidade Tarifária que vale um centavo de real. Assim, o preço total da passagem equivalerá a uma quantidade de UTs e é aí onde está a alma do sistema. Vai haver seis espécies de cartões. Chama a ataneção o do "turista" que, segundo entendi e posso estar errado, poderá ser mais caro, devido ao fato de que muitos turistas simplesmente levarão o ÚNICO como lembrança. O ùnico do turista poderá ser vendido em hotéis, restaurantes e lugares com afinidades com o turista.

Um golpe para a economia popular e isso digo por dizer - sem julgamento - o vale transporte vai sumir como moeda auxiliar de tempos de crise. Como vai funcionar o Vale Transporte na era do cartão? Outra coisa que necessita cálculos matemáticos complexos é o do valor integrado da passagem. Hoje o transporte integrado se dá fisicamente no TTU quando quem vai do Porto Meira para a Aparecidinha vai de ônibus até o TTU e lá desce do ônibus do Porto Meira e pega o ônibus da Aparecidinha. Paga-se, neste caso, uma passagem. Na era eletrônica entram em cena a UT, tarifas completas, tarifas diferentes tudo a ser entendido. Eu volto, vou estudar o Decreto e procurar quem possa me esclarecer as idéias. Se voce quiser pesquisar junto, compartilho o calhamaço eletrônico que me foi enviado

O Paraná Turístico: Cadeia Produtiva do Turismo do Paraná



Imagens: 1) Ilustração da Cadeia Produtiva do Paraná 2) Mapa das regiões turísticas. Clique nas imagens para ampliar.

O mapa acima mostra as nove regiões turísticas do Paraná: Litoral, Regiâo Metropolitana de Curitiba, Campos Gerais, Norte, Noroeste, Oeste, Centro, Sudoeste e Centro Sul. Durante 2006, 7.730 questionários foram distribuidos em 171 municípios das nove regiões para fazer um levantamento da Cadeia Produtiva do Turismo do Paraná. Foram identificados e participaram 41.454 estabelecimentos típicos do turismo quer dizer nas seis "atividades do turismo", segundo o Ministério do Turismo que são: Meios de Hospedagem, Serviços de Alimentação, Transportes Rodoviários de Passageiros, Locação de Veículos e Agências de Turismo. A pesquisa foi uma parceria entre o Ipardes e a Secretaria de Estado do Turismo. A pesquisa deixou claro quais são as fortalezas, as oportunidades, as debilidades e as ameaças da cadeia do Turismo do Paraná.

De cara se descobriu que 95% das 41.454 empresas do turismo são microempresas. A maioria tem problema com impostos altos, deficuldade de financiamento e investimento. A utilização da internet para divulgação é baixa, a maioria prefere jornais impressos. A mão de obra é um problema e as agências de turismo são as que mais treinam pessoal. Minha proposta é a seguinte: a discussão da cadeia Produtiva do turismo pra um público mais amplo, digamos do Brasil inteiro, da Lusofonia, da Iberoamérica tratarei no blog Notas do Turismo. Neste espaço aqui, proponho uma discussão profunda sobre a Cadeia Produtiva do Turismo de Foz do Iguaçu. Vamos esmiuçar a nossa cadeia de turismo. Gostou?

Na próxima postagem compartilharei algmas perguntas que incomodam a minha cabeça e darei os links envolvidos. Daí espero uma grande participação e eu, de minha parte, vou sair por aí procurando professores, turismólogos e empresários das seis atividades para ajudar no processo. Combinado? Confira aqui a síntese oficial do estudo

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Já volto!

Só para avisar que já volto. Há dois dias não via um computador na minha frente. Acontece! Há muita coisa para dizer. Espere um poquinho!

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

BR 469 é a mais curta do Brasil? O Valmor disse que isso é balela


Foto 'bairronauta' da BR 469 - Rodovia onde ainda há pasto e bucólicas vacas iguaçuenses!

O meu amigo Valmor Sparrenberger me mandou um e-mail no qual depois dizer salam alehk e não se ofenda acrescentou que a frase que eu venho usando ultimamente no sentido da BR 469 - a Rodovia das Catataras - ser a mais curta do Brasil é balela. Ele enviou uma listinha de pelo menos cinco estradas federais que são chamadas de "a mais curta do Brasil". São elas:

BR 488 de 2,9 Km que liga a Via Dutra ao Santuário de Aparecida do Norte
BR 363 que não alcança 8 km em Fernando de Noronha
BR 498 de 15 km que liga a BR 101 ao Monte Pascoal na Bahia
BR 499 de 15 km que liga a Br 040 a Cabangu em Minas Gerais e a
BR 485 de 24 km que liga a BR 116 ao Parque Nacional de Itatiaia

A Nota do Valmor sobre o assunto é construtiva. Por isso, gaudério, não se preocupe. Não me ofendo não, viu? Pelo contrário agradeço e convido a mais pessoas que saibam da existência de outras pequenas BRs a nos informar.

Wal-Mart (Maxxi Atacado) Foz do Iguaçu: progresso da obra



Fotos 'bairronauta'
Esa obra está voando. O vento está batendo na popa. As fotos mostram dois momentos. Há menos de dez dias, as colunas foram colocadas de pé. Agora há pouco, passei por lá e noto que as vigas superiores - se eu que eu posso dizer isso - já estão no local. A nota que fiz antes sobre o mercado está rendendo comentários diversos. Há quem diga que é ruim para Foz e que o empreendimento vai matar o pequeno negócio dos bairros. Há quem diga que vai ser bom e que o pequeno vai comprar mais barato no Maxxi Atacado. E eu, que acho? Bem, eu não acho nada.

Mas, estive conversando com um senhor que tem uma típíca lojinha de uma porta bem em frente ao Supermercado Muffato na Avenida República Argentina. O mercadinho São João, é o nome do estabelecimento, é tão pequeno que o cliente não entra nele. Há uma grade na porta, até a metade, na altura da cintura do cliente. Ele tem de tudo. Comprei um bocal para luz lá. Ele vende até mudas de planta. Ele mora no trabalho e as plantas são dele. Ele é tão pequeno que disse não ter medo de ninguém não. Um vizinho ou dois do Seu João pensou que ele ia falir quando a Panorama Home Center abriu um supermercado na frente dele e colocou o nome de Panorama Supermercado ou vice-versa. Logo o Panorama passou a ser Muffato da ótima rede (bicho-do-paraná) de Supermercados. Agora com a chegada do Wal-Mart Maxxi, o seu João tem tudo para continuar lá. Ele abre e fecha quando quer. Não tem empregados. Se estiver fechado, o cliente bate e ele abre e além disso ainda tem tempo para contar uma história ou ouvir a sua. Como o seu João do (Minimicro) Mercad(it)o São João, há muita gente dizendo que tem para todos. Vamos ver!

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Genealogia dos municípos do Paraná: quem é filho de quem?

Ainda no processo de aproveitar material que está no Blog Viver a BR 277, coloco abaixo o começo de uma 'genealogia' dos municípios do Paraná. Os 396 restantes vieram de desmembramentos constantes desses cinco municípios. De Foz do Iguaçu saíram Cascavel e Guaíra. O estilo é: Foz nasceu de Guarapuava, Guarapuava de Castro, Castro de de Curitiba, Curitiba de Paranaguá, Paranaguá de São Paulo. Logo continuo com a genealogia, em segundo grau, se é que isso existe.

Foz do Iguaçu 14.03.1914 de Guarapuava
Guarapuava 17.02.1852 de Castro
Castro 24.11.1788 de Curitiba
Curitiba 29.03.1693 de Paranaguá
Paranaguá 29.07.1648 por Carta Régia de São Paulo

Como sair de Foz do Iguaçu e pegar a BR 277?

Vamos viajar! Se você está no centro de Foz do Iguaçu e vai viajar pela BR 277, você tem várias possibilidades para acessá-la e cair na estrada. As avenidas da cidade que dão acesso à BR 277, partindo do centro, são a Avenida Costa e Silva, a Avenida Juscelino Kubitscheck (sentido Itaipu) e a Avenida Paraná.

Se você é de Foz do Iguaçu, você não vai se perder. Mas, caso não seja de Foz você poderá estar envolvido em uma das seguintes situações. Está na casa de amigos – neste caso os amigos ensinam a saída. Está em um hotel na Avenida das Cataratas – do tipo Bourbon, Mabu, Dom Pedro I, San Martín ou Hotel das Cataratas o caminho a seguir é: a BR 469 – a mais curta do Brasil, que também atende pelo nome de Avenida das Cataratas, descê-la até encontrar o trevo, na frente do Super Mercado Muffato Boici (Mboicy), e pegar a Avenida Paraná – é uma Avenida de duas pistas que levará até a BR 277 - é só seguir em frente. Aqui há duas possibilidades. No segundo sinaleiro (semáforo), após o do Mboicy, que aparecer você poderá entrar à direita, para pegar a Avenida Costa e Silva. (É aí onde se encontra o Cataratas JL Shopping – dependendo da hora dá para fazer uma parada) ou pode continuar na Avenida Paraná.

Caso decida ir em frente seguindo a Avenida Paraná, não há como errar. Essa avenida aqui é meio “oficialzona” você passará por terrenos ricos em florestas (é do Exército), o IML, a Polícia Civil, a Receita Federal, o Hospital Municipal + Posto de Saúde Central, o INSS, a Chácara do Didi e lá já na travessia da Avenida José Maria de Brito, (4º semáforo) , você verá as novas instalações da Polícia Federal com seu edifício moderno, com azulejos azuis e melhor estrutura de trabalho (espero!).

Passando da Polícia Federal, você verá indicações sobre uma tal de EADI. A menos que você seja caminhoneiro, siga em frente. EADI significa Estação Aduaneira de Interior também chamada de Porto Seco. Você verá, antes disso, ao passar pela Recita Federal, atrás da Receita Federal, a silhueta de uma mesquita branca. É a mesquita Omar Ibn Al-Khattab. Vale a pena visitá-la. É preciso tirar os sapatos para entrar e as mulheres devem usar um véu – que é fornecido pela atendente.

Uma vez na BR siga as indicações. Se o caminho escolhido foi a Avenida Costa e Silva - avenida que passa pelo acesso à Rodoviária ( uma quadra), por vários motéis e alguns hotéis, você entrará na área de transito pesado logo que passar o Recanto Palace Hotel. A área será de "BR atravessando área urbana". Cuidado para não atropelar pedrestres! Daí até o viaduto de entrada para o bairro de Três Lagoas o trânsito exige atenção. A BR está cercada de bairros populosos.

Há vários hotéis nessa área da BR “urbana”. Grandes hotéis como o Rafain Palace com seu Centro de Convenções e Eventos, o Muffato Hotel e hotéis menores como o Hotel Samambaia, etc. Após o acesso ao viaduto de Três Lagoas você está na BR, de viagem, à caminho de Santa Terezinha de Itaipu. A frente, na divisa de municípios, estará seu primeiro Posto da Policia Rodoviária Federal. É um posto tenso pois está em área de fronteira e área de fronteira que está apertando o cerco. Depois desse posto da PRF você já estará em Santa Terezinha de Itaipu, filha de Foz do Iguaçu, genealogicamente falando, que criou asas em 1982. É só continuar, siga a BR. Se possível curta a BR 277, entre em algumas cidades, há vida inteligente nos dois lados dela e não se mate!

Nota:
Esta postagem foi publicada oiriginalmente no blog Viver a BR 277. A postagem foi feita pensando nos turistas. Se você é de Foz, você já sabe disso. Aguarde foto!

sábado, 15 de agosto de 2009

Aqui termina a BR 277 ou o Brasil começa aqui


Foto 'bairronauta'

Aqui é o Km 730 da BR 277. A BR 277 termina aqui. Um pouco mais, e você já estará na área de controle migratório-aduaneiro - área federal, zona primária. E põe federal nisso. É possível que da placa até a cabeceira da Ponte Internacinal da Amizade tenha mais um quilômetro. O povo que vive, se diverte, sofre, se desencanta e que marca a presença da proposta brasiliera de vida nesta fronteira, o iguaçuense, não gosta de dizer ou ouvir dizer que Foz do Iguaçu é "fim de linha", "fim de BR" ou "fim do Brasil". Os iguaçuenses preferem pensar que aqui é o início do Brasil; aqui começa o Paraná e eles estão certos.

Porém no que se refere à BR 277, bairrismo à parte, a BR começa em Paranaguá e vem até Foz do Iguaçu. A contagem da quilometragemn começa em Paranaguá e termina aqui. E ponto final. Se você vai dirigir de Foz do Iguaçu até Curitiba, a contagem é regressiva. Você vai começar do quilômetro 730 para chegar ao Km 0 em Paranaguá. Não há como inverter a contagem e começar de um quilômetro zero em Foz do Iguaçu e chegar no Km 730 em Paranaguá.

Um pouco mais e você estará no Paraguai. Lá é outra história. Nova estrada, a Ruta Nacional 7, que não deixa de ser a continuação da BR 277 entre Paranaguá e Assunção.

Esta nota foi publicada no meu Viver a Br 277 que tem como meta pedir aos motoristas e viajantes que viagem devagar, curtam o que há no caminho. O prjeto está parado. Mas logo deverei reiniciá-lo.

Futebol Americano em Foz: dia 30 de agosto!

(clique na imagem para conferir detalhes. E já se ligue nos apoiadores)

É fantástico. No final do mês, mais especificamente no dia 30 de agosto, dia do meu aniversário, vai haver um jogo muito especial no Estádio do Flamenguinho ou Estádio Pedro Basso de Foz do Iguaçu na Vila Iolanda. Será um jogo de futebol americano. Os Black Sharks (Tubarões Negros) de Foz do Iguaçu vão pegar os Ponta Grossa Tigers (Tigres de Ponta Grossa). Os ingressos já estão à venda. Se você comprar o seu hoje, você desembolsar R$ 2.00 se deixar para o dia, o preço será R$ 5.00.


Ligue para o Emerson para conseguir convites antes da data.
Emerson Bacelar Marins
3025-1261 ou 8407-0042

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

V Congresso Franciscano em Curitiba: repasso o convite

Você não vai deixar isso acontecer, vai? Veja a mensagem

Retransmito aqui uma mensagem parte de uma campanha popular de cidadãos preocupados com a cultura. A mensagem diz que o site Domínio Público do Ministério da Cultura pode sair do ar por falta de acesso. Isso não pode acontecer. Assim, vamos acessar para que o site não feche. É um importante acervo à disposição do público. Clique AQUI por exemplo para ver a página dedicada a Machado de Assis. O Blog de Foz entra na defesa desse importante site. A mensagem segue abaixo. Só retirei duas pequenas menções à redes de TV de grande aceitação popular:


Uma bela biblioteca digital, desenvolvida em software livre, mas que está prestes a ser desativada por falta de acessos.
Imaginem um lugar onde você pode gratuitamente:

• Ver as grandes pinturas de Leonardo Da Vinci ;
• escutar músicas em MP3 de alta qualidade;
• Ler obras de Machado de Assis Ou a Divina Comédia;
• ter acesso às melhores historinhas infantis e vídeos da TV ESCOLA,
ARTIGOS CIENTÍFICOS
• e muito mais....

Esse lugar existe!

O Ministério da Educação disponibiliza tudo isso, basta acessar o site:

www.dominiopublico. gov.br

Só de literatura portuguesa são 732 obras! Estamos em vias de perder tudo isso, pois vão desativar o projeto por desuso, já que o número de acesso é muito pequeno. Vamos tentar reverter esta situação, divulgando e incentivando amigos, parentes e conhecidos, a utilizarem essa fantástica ferramenta de disseminação da cultura e do gosto pela leitura.
Divulgue para o máximo de pessoas!


Nota minha: o MEC necessita persistir, divulgar. Fechar de uma hora para outra é fácil. Sugiro ao MEC colocar no site códigos HTML de banners de vários tamanhos para que a blogoesfera, wikiesfera, orkutmundo, divulgue. O poder está com o povo. Agradeço a Gabriel Augusto Pinto de Souza que me mandou o alerta por e-mail. Merci, Gab!
Jackson Lima

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Mudança de Ponto de ônibus na JK

Atenção usuários do Transporte Urbano de Foz do Iguaçu! Mudança de ponto de ônibus na Avenida JK no centro de Foz do Iguaçu. O ponto de ônibus localizado em frente a Cafeteria Jauense deixa de existir. Todo mundo agora deve pegar ônibus no Ponto da Praça da Paz – Caixa Econômica Federal. Caso contrário, a outra alternativa é aquele ponto próximo à Santi Móveis também na Avenida JK. Um funcionário da Foztrans está no local informando aos passageiros sobre a mudança. É isso aí, agorinha.

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Seminário Nacional de Meio Ambiente na PF de Foz


Na foto o jurista René Dotti que veio a Foz do Iguaçu fazer uma palestra para um público especial: agentes da Polícia Federal que trabalham na repressão contra crimes ambientais. O evento foi organizado pela Divisão de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente e Patrimônio Histórico da Polícia Federal e a Academia Nacional de Polícia. O BLog de Foz está muito atrasado até porque não esteve presente ao seminário nacional. Uma vergonha. Mas ao divulgar esta notinha enviada pela assessoria do jurista, tentamos não deixar passar em branco neste espaço. O Dr. Dotti falou sobre o "Direito Penal e a Proteção ao Meio Ambiente”.

sábado, 8 de agosto de 2009

Vamos todos para a escola! Promoção no Morumbi I em FOz


A foto 'bairronauta' mostra o aviso que convida jovens e adultos que necessitam contiuar seus estudos. Estão disponíveis vagas para as séries 1ª à 4ª. Fotografia feita na região do Morumbi I. Colocada em lugar público, um bar, a placa oferece a possibilidade de que os alunos concorram a uma cesta básica. Como sempre não estou criticando. Pelo contrário quero incentivar aos adultos e jovens que estejam nessa faixa a que se matriculem e estudem. Vale a pena estudar. Talvez o resultado não seja um melhor emprego ou qualquer outra oferta. Mas o real valor do estudo é o conhecimento. Em 96% da minha vida vivida fui um sem-diploma. Consegui o diploma do Segundo Grau em 1999 no CEEBJA. E me lembro que não faz muito tempo minha escolaridade segundo o curriculo oficial estava na faixa da 4ª série do antigo primário e engasgado no nível da 5ª naquela época chamada de Admissão ao Ginásio. Eu fiz a admissão mas não foram encontrados os registros - problemas burocráticos. Assim, se matriculem. Se der para ganhar a cesta, tudo bem!

Solidariedade Turística: carreteiro aliementou mais de 500 pax*


Esta postagem é uma homenagem à comunidade turística de Foz do Iguaçu. No sábado passado, mais de 500 convidados entre guias de turismo, agentes de viagem e amigos participaram de um carreteiro organizado para levantar fundos e ajudar a um guia de turismo em necessidade. É um caso de saúde.

Na foto, comandando uma panela está o guia Ciro Kleinschmidt - que já leva uma fama de ser um "rei do carreteiro" na Terra das Cataratas. O carreteiro foi aprovado e a missão cumprida. O turismo de Foz do Iguaçu é feito por gente e gente solidária. Já vi muitas dessas iniciativas solidárias. Parabéns a todos os que participaram. E para o colega meus desejos de recuperação, saúde e um retorno à cofusão cotidiana, logo, logo!

* PAX significa "pessoas" em "turismês"

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

O ÚNICO está chegando. Cartão pré-pago eletrônico de passagem de ônibus


Foto 'bairronauta' abordo do ônibus TTU - Parque Nacional do Iguaçu

Tem novidade no ar para os passageiros do Transporte Urbano de Foz do Iguaçu. Vem aí o ÚNICO um cartão-transporte carregável e recarregável. Vai ser um misto de cartão de crédito com cartão pré-pago para telefone celular. Vai parecer com cartão de crédito porque os ônibus vão ser equipados com uma máquina leitora de cartões. Você embarca no ônibus, se dirige à catraca, passa o cartão na máquina, passa roleta e pronto. Vai lembrar o pré-pago do celular porque entrará a questão de créditos. Este negócio de créditos pré-pagos parece ser o grande modelo. Na África do Sul existe cartão pré-pago para água.

Escutei cobradores de ônibus de várias empresas de Foz do Iguaçu falar sobre a novidade. Disseram (as empresas) aos cobradores que entre outras coisas eles vão poder vender crédito e carregar cartões dos passageiros-clientes. Onde os cartões vão ser vendidos? Não sei. Essa é só a primeira postagem sobre o assunto. Já se pode ver cartazes anunciando o Único nos ônibus que fazem as principais linhas da Terra das Cataratas. O que me chamou a atenção é um fator interessante. Vai haver seis espécies de cartões. São eles: 1) Cidadão 2) Estudante 3) Turista 4) Isento, 5 ) Vale Transporte e 6) Sênior. Podem não estar necessariamente nessa ordem. Algumas perguntas passaram pela minha cabeça: Por que seis tipos de cartões? Haverá diferença de preço? Como funcionará o cartão para estudante? E o do turista? E vale Transporte? O Sênior e o Isento são grátis? Substituirão as carterinhas fornecidas pelo FOZTRANS? Como e onde serão vendidos?

O material de divulgação apresenta como uma das vantagens o fato de que todos os passageiros passarão pela catraca! Também de que não será necessário carregar dinheiro. Outra vantagem: caso o cartão seja roubado ou perdido você pode pedir que seja bloqueado ou invalidado. O sistema já está presente em outras cidades brasileiras. Em São Paulo já funciona há tempo e há maneiras de comprar ou carregar créditos no cartão até pela internet. E aí: Isso vai ser bom? Vai dar briga? Tem potencial de encrenca? Eu acho que sim, caso contrário a campanha de aviso sobre o novo método não seria tão silenciosa. E mais, se todos vão passar a catraca como ficam os idosos, os deficientes físicos, as grávidas?

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

A Coruja da JK com República Argentina: vigilância


Só para não deixar passar em branco, registro que passei por esta coruja hoje, como já passei centenas de vezes antes, mas que desta vez, fui intimado a prestar atenção. Assim fiz a foto. Será que vai sair muito escura? se sair, fotografarei outra vez. Mas agorinha aí está a foto. Me pareceu que a coruja estava, ontem, vigiando a encruzilhada das duas principais avenidas de Foz do Iguaçu, a intersecção da Avenida República Argentina com a Avenida Juscielino Kubischek. Da foto se vê a Avenida República Argentina seguindo em frente na direção dos bairros, ao lado, se vê o 34º BIMTz ou Batalhão de Infantaria Motorizado. Aqui é uma encruzilhada importante da cidade - a partir deste lugar a cidade cresceu, às margens do rio Monjolo, hoje coxo, subterrâneo, poluído, humilhado e invisível. Bem, tudo isso que escrevi só por causa da coruja da JK / RA.

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Oportunidade de ajudar! Missão Franciscana em Foz



Fotos 'bairronauta': Irmão Hallel
O endereço é: Avenida JK, 294. Nesse endereço já está funcionando a Fraternitas Santo Anjo que é a entidade local parte da Fraternidade O Caminho de religiosos franciscanos que tem como meta atender os menos privilegiados, os pobres, dependentes químicos e outras almas que estejam nas ruas. A casa onde funciona a Fraternitas já foi uma entidade para fins similares e pertence à Prefeitura de Foz do Iguaçu. A Diocese de Foz do Iguaçu ajudou a intermediar o pedido para que a Fraternitas se tornasse realidade em Foz do Iguaçu. Hoje, os irmãos Hallel e Serafim estão fazendo um bom trabalho de recuperação da casa e é aí onde todos podemos ajudar. A missão depende do povo.

"Aceitamos doação, material de construção, móveis, alimento o que for possível" - disse o irmão Hallel. A entidade de carisma franciscano atua em várias cidades do Paraná. Os missionários Hillel e Serafim são do Pará. O pedreiro voluntário (que estava na hora em que Blog de Foz visitou o local) também veio do Pará e é pai de uma religiosa da fraternidade. Bem fica dado o recado para todos que possam e queiram ajudar. O site da missão é este aqui. Lá voce encontrará muita informação. Nesta Foz do Iguaçu de muitas raças, nacionalidades, etinias, religiões fica o convite a todas as comunidades.

Telefone da Fraternitas Santo Anjo: (45)3527 5757

Inglês assaltado em Foz var receber a maquina digital dele. Parabéns Policia Civil de Foz

Essa é rapidinha porque este assunto é meio tabu na cidade. Mas aquele casal inglês que foi assaltado na madrugada na estrada que liga o Aeroporto de Foz ao Centro, já deve ter embarcado para a Inglaterra há tempo. O cidadão anunciado como inglês é australiano e o nome dele é John Michael Gilbert - com poucas mas alguma possibilidade de erro. A Policia Civil de Foz do Iguaçu recuperou a máquina fotográfica dele. Legalmente, veio uma procuração do Rio de Janeiro para que a máquina fosse entregue ao representante legal que por sua vez a enviaria à agência de turismo oficial no Rio de Janeiro que a enviaria, por meios que não sei quais são, para o casal na Terra de Sua Majestade. O nome da mulher não sei. Para chegar a esse resultado, o leitor do Blog de Foz pode imaginar a pressão que deve ter vindo de todos os lados: Secretaria de Turismo, Guarda Municipal, entidades organizadas do "trade". O motivo pode ser o de passar a mensagem: "Não meixa com o turista". Acho que a Comunidade dos Irmãos de Vida Torta dee Foz do Iguaçu (CIVITORFI) captou a mensagem. O turista não é tão próspero assim e há muita possibilidade um ato contra ele dê muita dor de cabeça. Assim, caso encerrado! (Agora que é necessário resolver e falar desse assunto. Leitores do Blog que reclamam do silêncio de mídia dizem que não foi a primeira vez. Será a última?

P.S.: O traslado de procuração está ou esteve no site www.tj.rj.gov.br

Veja essa aí! Mas um vôo para Foz - desta vez é da TAM. Foz-Belém-Foz!

Estou gostando. Só preciso confirmar. Alô TAM confirmem por favor o comentário abaixo que foi colocado na última postagem sobre a SOL. O comentário é anônimo - por isso necessito que a TAM confirme. Mas está aí:

Enquanto a Sol não começa a voar, a TAM irá iniciar, a partir do dia 14 deste mês, um novo voo para Foz: A rota será Foz-Curitiba-São Paulo/Guarulhos-Belém, voo JJ3554, saindo às 07:30 e chegando em Curitiba às 08:30. O retorno (voo JJ3555) será pela noite, com saída de Curitiba às 21:51 e chegada em Foz às 22:55. Será operado pelo Airbus A320, com capacidade para 174 passageiros.

Com tantos voos é bom que o turismo se agilize. É maravilhoso consgeuir novos voos, triste é perdê-los. Pronto já disse a novidade!

domingo, 2 de agosto de 2009

Mais sobre a SOL Linhas Aéreas: aguardando ordens da torre



Foto: Let L410 (Turbolet) da SOL em Cascavel. O avião é fabricado pela Let Kunovice da República Tcheca, capacidade 19 passageiros, teto de voo 20 mil pés ou 6km. Foto de cima: um Let L410 de empressa russa faz aproximação no Aeroporto de Kubinka. Foto Dmitry A. Mottl.

Já anunciei aqui que a SOL Linhas Aéreas já está homologada. O pessoal de atendimento das várias lojas estão treinados. Contratos com a Infraero dos diversos aeroportos já foram assinados. As primeiras linhas já foram definidas. A primeira rota será Curitiba - Cascavel - Foz do Iguaçu e volta. É possível que Maringá seja incluida logo, logo ou que já seja incluida de imediato. O empresário e presidente da SOL, Marcos Solano Vale, já tem planos para estender os voos para o Mato Grosso do Sul. Um voo para Dourados está na planilha com possibilidade de estender o voo para o Pantanal. Onde no Pantanal? Corumbá estaria na lista junto com Bonito. Até 2010 a Sol pretende atender 21 cidades do Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraguai.

Maxxi Atacado da Wal-Mart (BIG) em Foz do Iguaçu. R$ 24 milhões de investimentos


Foto "bairronauta" - Futura Loja Maxxi Atacado da Wal-Mart Brasil. Loja gerará 200 empregos. Fora os que já estão sendo gerados agora na construção. A loja fica na Avenida República Argentina esquina com a rua Osvaldo Goch, próximo ao Supermercado Mufatto, a Avenida Jules Rimet e tantas outras coisas.

As coisas estão acontecendo depressa. No mês passado a Wal-Mart anunciou o investimento de R$ 50 milhões no Paraná. E em menos de um mês, já vemos todo este movimento. A Maxxi Atacado é uma das bandeiras da Wal-Mart Brasil que em Foz já opera o Hipermercado BIG na Avenida JK e tem os supermercados Todo Dia e Mercadorama. São R$ 3 milhões de investimentos na loja do Todo Dia de Curitiba e R$ 23 milhões no Maxxi Atacado de Pinhais. Para Foz do Iguaçu são R$ 24 milhões. A Wal-Mart / Maxxi Atacado de Foz está de olho em pessoas físicas das classes C e D e pequenos comerciantes.

E o que é que Maxxi Atacado oferece? Resposta: ..."artigos de açougue, hortifruti, laticínios, mercearia, bomboniere, bebidas, congelados, fiambreria, higiene e limpeza. Além de maquinário para transformação de produtos alimentares, como fornos elétricos, balcões refrigerados, balcões quentes, freezers para exposição de bebidas, entre outros. O cliente também encontra no formato itens para cozinha (panelas, louças e utensílios industriais), descartáveis (para lanchonetes e afins) e coleções têxteis para seu negócio (cama, mesa e banho, além de aventais e uniformes, para restaurantes e hotéis)".


Iguaçuenses de olho

Vi o anúncio dos investimentos para Foz no site de Miriam Gaspárin. Adorei encontrar lá quatro e-mails ou comentários. Eram de iguaçuenses. Os quatro queriam saber: onde posso entregar meu currículo? É isso aí- todo mundo de olho!

sábado, 1 de agosto de 2009

Sol Linhas Aéreas (de Cascavel para o mundo) foi homologada!


Foto Assessoria:Marcos Solano Vale, Carlos Eduardo Magalhães da Silveira Pellegrino, Davi da Costa

A Anac - Agência Nacional de Aviação Civil – emitiu ontem no Rio de Janeiro, o Cheta - Certificado de Homologação de Empresa de Transporte Aéreo - para a paranaense Sol Linhas Aéreas. A liberação foi formalizada em encontro que contou com a presença do presidente da empresa, empresário Marcos Solano Vale, do Superintendente de Segurança Operacional da Agência, Carlos Eduardo Magalhães da Silveira Pellegrino e do seu gerente geral de operações e transportes, Davi da Costa (foto)
“A emissão do Certificado pela Anac é etapa decisiva em todo o processo e indica que estaremos seguramente em operação comercial, ainda no decorrer deste mês de agosto”, diz o empresário Marcos Solano.
A obtenção do Cheta é o passo mais demorado em todo o caminho para formatação e operação de uma empresa aérea. Todos os detalhes de sua operação são conferidos e precisam ser aprovados pela Anac, desde aeronaves utilizadas, treinamento da tripulação, treinamento da equipe em solo, plano de segurança, e até mesmo os uniformes da tripulação.
Segundo Marcos Solano, nos próximos dias, a Anac deverá efetuar uma última vistoria na estrutura das cidades a serem servidas pela Empresa. Na sequencia, a Sol iniciará a comercialização de passagens para Curitiba, Foz do Iguaçu, Maringá e Cascavel, que compõe a rota inicial. Elas poderão ser adquiridas através das agências de turismo conveniadas, via internet, via telefone ou diretamente no balcão da companhia.

(Da assessoria via e-mail)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região