sexta-feira, 31 de agosto de 2012

O tempo passa e o tempo voa: Ibama quer diálogo

Clique para ampliar. Depois de abrir clique outra vez. Dá para ler

O ano era 2003. O Ibama, antecessor do ICMBio que por esses dias andou celebrando seu quinto aniversário, falava na época, ou digamos uma nova diretoria do Ibama, falava, na época, em diálogo com a comunidade do entorno, falava de dívida social com o entorno, falava de doar parte da renda de multas para o Programa Fome Zero. Publico isso aqui para refrescar memórias e lembrar que o tempo passa e as coisa mudam, para pior, para melhor. Algumas coisas que falava, dou graças a Deus que não aconteceram, no "modelo": a licitação para a exploração do rio Gonçalves Dias e Foriano. Outras coisas aconteceram bem, como a liberação do rio Iguaçu para os moradores de Capanema. Ainda outras são perigosas: como a liberação para mais uma hidrelétrica no rio Iguaçu, o segundo rio mais poluído do Brasil (Imaginem!); a diminuição da faixa do entorno para a plantação de transgênicos e até a criação do ICMBio concebido, me parece, para enfraquecer o Ibama. Embora, no caso de Foz a coisa seja muito mais complicada porque parte do problema do nosso "modelo" foi criado pelo Ibama do Paraná.           

A grande Avenida República Argentina: não faz vergonha a ninguém

A Avenida República Argentina é hoje uma das principais avenidas de Foz do Iguaçu. As fotos acima foram tiradas no mesmo local mas não no mesmo tempo. Esta é famosa coisa do espaço-tempo. O canteiro central cresceu para os lados - está mais largo. No lado esquerdo vemos a Santi Móveis - com o verde característico da cadeia de lojas iguaçuenses. Ao lado, vindo para vemos uma das primeiras galerias comerciais da Avenida. São três imóveis que já foram alugados para muita gente. Ali já funcionou o Bazar Brasil e um hortifrutigranjeiro. Hoje estão fechados e o prédio que foi construído pelo senhor Pedro Sefrim hoje pertence a Santi. Este foi o primeiro espaço da Santi - que já vendeu picolé, gelinho e material escolar. Na frente há um ponto de ônibus que em 1981, segundo entrevista do patriarca da família Santi era o ponto de ônibus de funcionários da Itaipu Binacional. Aquela banca de revista na esquina oposta, fechou. Em um primeiro momento se mudou para um prédio maior no outro lado da rua. Depois fechou. 

No canteiro do meio vemos no tempo presente um poste daqueles que receberão uma Câmara de Vigilância que é parte do programa planetário da "Big Brotherização" do mundo como previu o Geroge Orwell - lembra? Esta câmara dará uma visão privilegiada da Avenida para os monitores de todas as forças comunadas em uma sala da Avenida Costa e Silva. Na foto que retrata o outro tempo, vemos uma placa de trânsito que avisa o motorista para não subir no canteiro. A foto foi tirada logo após a duplicação da Avenida feita na gestão do prefeito Dobrandino Gustavo da Silva. Hoje o canteiro do meio já não é mais "O canteiro do meio". À direita dele há outro que cria uma faixa de menor velocidade onde aos sábados é fechada para a "Feirinha" onde o iguaçuense encontra linguiça, embutidos, mel e peixe da área rural e da colônia.Avenida tem praticamente de tudo menos cadeia e hospital. Já detectei um movimento de gente trabalhando para a construção de agências da Caixa Econômica, Banco do Brasil e Correios na Avenida!  

Audiência de Conciliação ICMBio - Turismo de Foz do Iguaçu mediada pela Justiça e MPF


O ICMBio solicitou e o Juiz Rony Pereira da Justiça Federal em Foz do Iguaçu e o Ministério Público Federal aceitaram fazer uma Audiência Conciliatória entre o ICMBio e o segmento do turismo de Foz do Iguaçu. A Audiência foi realizada ontem a partir das 14h na sede da Justiça Federal na Terra das Cataratas. Ficou decidido na audiência que quatro pontos ficaram decididos: imediata revisão do Item .7.4.5.2 do Encarte 7 do Plano de Manejo que trata do Transporte Coletivo no interior do Parque Nacional do Iguaçu e prazo de seis meses para adequação. De quê? * Ficou decidido que à noite e durante eventos transportes só com os ônibus da Concessionária Cataratas do Iguaçu S.A. O transporte dos passageiros que chegam   com destino ao Hotel das Cataratas será responsabilidade do Hotel das Cataratas. 

Daqui a pouco, hoje, às 14h, haverá uma nova reunião no prédio da Justiça Federal para a redação de u documento que deverá ser assinado por todos os órgãos, entidades, associações envolvidas no processo. Se o documento for assinado, fica encerrado o processo jurídico e a cidade tratará diretamente com o ICMBIO. A procuradora do Ministério Público, Dra Andreia Pistona disse que acompanhará  com atenção o processo de negociação cidade-ICMBio e a Justiça embora não diretamente envolvida manterá vigilância. Uma vez assinado, o turismo assume algumas responsabilidades com a Justiça Federal entre elas a de não fechar o Parque. O ICMBio garante que passará à revisão do item mencionado imdiatamente e o juiz deixou claro que a revisão do item é responsabilidade do ICMBIo e alertou que devido ao fato da Justiça não ter ingerência no processo, a revisão que será feita poderá ser melhor para o trade ou, atenção, pior. Me alegro dos passos tomados até aqui. Registro que desta vez a comunidade está sendo ouvida. Hoje há estruturas para garantir isso. De minha parte, obrigado JUstiça Federal e Ministério Público Federal!

Já publico postagem prazo para adequação de quê? Aguarde lnk!

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Vem aí a linha City Tour de Puerto Iguazú: é da Rio Uruguay

O braço urbano da empresa argentina Río Uruguay que opera em Puerto Iguazú após a compra da Transportes El Practico anunciou que vai criar um serviço especial para o turismo. É o City Tour de Puerto Iguazu. Ainda não foram divulgados o roteiro, data de início e detalhes da linha. A linha de turismo já foi aprovada pela Câmara de Vereadores ou, em espanhol, Honorable Consejo Deliberativo. Estava faltando escutar a comunidade para descobrir alguma oposição e esclarecer dúvidas e expulsar temores de categorias como taxistas, "remiseros" e transportadores em geral inclusive agências de turismo menores. Quando aparecerem novidades sobre o City Tour eu conto. A Rio Uruguay assumiu todo o transporte urbano público de Puerto Iguazú inclusive a linha Puerto Iguazú - Cataratas. Publiquei horários em postagem anterior. A Rio Iguazú também papou ou tragou sem se engasgar a linha Puerto Iguazú - Ciudad del Este que atravessa Foz do Iguaçu sem direito de parada. O que significa que ninguém desembarca ou embarca em Foz do Iguaçu. É uma passagem de trânsito a menos que haja algo sério como acidente, parto ou emergência de saúde.  

terça-feira, 28 de agosto de 2012

Como ir às Cataratas Argentinas de ônibus coletivo local

Horários de ônibus Puerto Iguazú - Cataratas

Como visitar as Cataratas Argentinas usando o transporte público local? Se você está hospedado em Puerto Iguazú, a resposta é fácil: vá até a rodoviária (Terminal de Omnibus) e pegue o ônibus identificado pelas palavras CATARATAS / WATERFALLS / IGUAZU FALLS etc. A imagem acima mostra os horários dos ônibus que vão da Terminal (Terminal em espanhol é feminino) às Cataratas e regresso. O primeiro ônibus sai da Terminal / Rodoviária  às 07h10 e o último às 07h40.

Se você é morador de Foz do Iguaçu ou está hospedado em Foz do Iguaçu o que você tem de fazer é pegar um  ônibus da Linha Circular Internacional Urbana ou Transporte Internacional Urbano (que chique!) cujo ponto de partida (início da linha) é logo abaixo (uns 100 metros) da Ponte Internacional da Amizade e faz todo o trajeto  pela Avenida JK (passando pelo Sun Hotel, Líder Palace Hotel entre outros) e entrando na rua parala ao Terminal de Transporte Urbano (TTU) onde há um ponto. Para que vem de qualquer lugar da cidade para o TTU basta sair dele para pegar o ônibus para Puerto Iguazu. Ele pode ser pego também ao longo da JK, Avenida Jorge Schimmelpfeng, Avenida das Cataratas até o trevo da Argentina próximo ao hotel Carimã (Hoteis na rota incluem o Rouver, várias pousadas, Bourbon,Viale,  Mabu). O final da linha é na Rodoviária de Puerto Iguazu.            

Repasso informações de um casal que fez o trajeto e passou informações novas para o blog. Ele estava no Hotel Panorama – que são hotéis que ficam entre as Cataratas e o famoso “trevo da Argentina”.  Ele (o Tiago) escreveu:    

Peguei o ônibus sentido CENTRO (TTU), gastei R$ 2,65
Desci em frente ao Hotel Bourbon.
Peguei o ônibus sentido Argentina. Paguei R$ 4,00 (ou 8 pesos, tanto faz).
Se você é estrangeiro (não é brasileiro)*, você tem que descer no (1º) posto da Polícia Federal (Brasileira). O motorista do ônibus te dará um free pass (ticket) para o próximo ônibus.

Se você é brasileiro**, tem que descer no 2º posto e passar pela Polícia Federal Argentina e mostrar o RG. Enquanto isso os motorista te espera.
O ônibus segue viagem até o terminal de Puerto Iguazu.
Chegando no terminal, procure a companhia RIO URUGUAI e compre a passagem para CATARATAS. Custa 50 pesos ou 25 reais ida e volta.

O último ônibus que sai do terminal sentido Brasil sai às 19hs (Estou colocando horários na postagem anterior)

Minha esposa e eu gastamos R$ 76,60 em transportes para ir nas cataratas argentinas, ida e volta. O taxista havia cobrado R$ 120 reais na corrida ida e volta. É uma diferença grande de preço, mas de certa forma eu acredito que se vc estiver em 2 ou 3 pessoas compensa contratar o taxi porque eu gastei umas 3 horas em transporte para ir e voltar (entre esperar ônibus e percurso). De taxi gastaria em média 1h30 minutos. Fora que de ônibus é bem cansativo e desconfortável, eu peguei todos os ônibus muito cheios (llenos)
 
Observação importante: Nas cataratas argentinas não são aceitos cartões, muito menos REAL. somente PESO. Troque o PESO antes de ir, pq na Argentina eles cobram 0,50 por peso (1 real vale 2 pesos), enquanto na casa de câmbio 1 real vale quase 3 pesos.

Abraços, e obrigado pela dica.

Thiago


Nota minha

*O plano è implantar a obrigatoriedade para todo mundo. A PF estava fazendo isso com funcionários terceirizados, mas o Ministério Público protestou pois o serviço é exclusivo de policiais. Agora, por falta de pessoal a passagem está meio “confusa”.

**Para todo mundo. O lado argentino é mais anti-vazamento. Todo mundo tem que parar na segunda guarita, posto como diz o Tiago. Quem só vai até Puerto Iguazu fica registrado no computador. Às vezes dão um ticketizinho. Às vezes não. Quem tentar ir para Buenos Aires sem ter carimbado passaporte ou cartão de migração será barrado no posto avançado amenos de 50 quilômetros da fronteira.

Listas de Horários de ônibus Foz do Iguaçu - Puerto Iguazú e Puerto Iguazú - Foz


Clique para ampliar
Informações do site Iguazú Argentina
Hoje peguei o horário de ônibus da Viação Itaipu para viagens para Puerto Iguazú, Argentina e de volta a Foz do Iguaçu. A Viação Itaipu é uma das quatro empresas que fazem a linha Foz do Iguaçu – Puerto Iguazú e vice versa. Coloco a foto da lista aqui. Veja que há 24 horários: 12 de Foz do Iguaçu para Puerto Iguazú e 12 de Puerto Iguazú para Foz do Iguaçu. O primeiro ônibus da Viação Itaipu para Puerto Iguazú sai às 7h45 do primeiro ponto ao lado na região da Ponte Internacional da Amizade. O primeiro de Puerto Iguazú para Foz sai às 8h45. Note quem em seis horários para Puerto Iguazú e seis horários para Foz do Iguaçu o ônibus passa pelo Porto Meira (PM). O Porto Meira é o bairro que faz fronteira com a Argentina (Puerto Iguazú) e com o Paraguai (Ciudad Presidente Franco). É nele onde fica o Marco das Três Fronteiras.  Se você mora em Foz do Iguaçu, fique sabendo dessa. Os ônibus de todas as empresas que fazem a linha e que saem de Puerto Iguazú para Foz do Iguaçu possuem horários que passam pelo Porto Meira.   Como disse estes são os horários da Viação Itaipu. Vou atrás dos horários da Celeste, Crucero del Norte e Tres Fronteras. Se você é de fora e quer visitar o Marco das Três Fronteiras, Brasil você poderia descer  no Ponto da Avenida Morenitas com a General Meira e caminhar até o Marco das Três. Mas isso é coisa para se fazer em grupo e sem levar bagagens ou ostentar coisas que possam despertar o interesse de ladrões. Devido a este problema de segurança, talvez para você que não é morador de Foz, siga para o Centro de Foz  ou o TTU (Terminal de Transportes Urbanos) e pegue o ônibus Porto Meira – pergunte ao motorista se ele vai até o Marco das Três Fronteiras. Se ligue no horário do último ônibus sentido Foz - Puerto e na volta! Cedo demais! Isso significa que os moradores de Foz do Iguaçu, Puerto Iguazú e nossos visitantes são forçados a ficarem cada um no seu lado à noite dançando a "música do quadrado". Eu já soube de iguaçuenses que estudavam em Puerto Iguazú e tiveram de parar porque não havia transporte noturno. Esta é uma maneira de incentivar a posse e a venda de carros. Quer ir Porto Iguaçu à noite, vá com seu carro. Como 90% dos que vão a Puerto à noite, aproveitam para beliscar um "prato frio de queijos com salame" com cerveja ou jantar com um vinho arentino, como fica o "se beber não dirija?". Atenção: atualizando - coloquei os horários de ônibus também do lado argetntino. Não especifica a empresa. Matematicaente falando, se há quatro empresas e todas tem direito a 24 viagens por dia, estaríamos falando em 96 viagens? Vou levantar essa história e já volto para contar. (Foto usado no horário Argentino de Vermini Foto)

Horários da empresa Celeste do grupo Pluma de ônibus para Puerto Iguazu e de Puerto Iguazú para Foz. O horário das 19h15 pode não ser feito pois depende da procura.

Foz - Puerto Iguazú 
07h10
09h15
11h15
13h15
15h15
17h15
19h15 


Puerto Iguazú - Foz do Iguaçu

08h15
10h15
12h15
16h15
18h15
 

sábado, 25 de agosto de 2012

Foz do Iguaçu na hora de discutir seus problemas: liberam relatórios


Foz do Iguaçu se encontra em seu melhor momento para ajudar a influenciar o seu presente. Não falo de futuro – porque o futuro é algo que nunca chega. Todo o futuro é presente. Saíram as recomendações  da Conferência Municipal de Turismo realizada no final de junho; saíram os resultados do Fórum “A Foz do Futuro” e espero que esta semana a Justiça Federal, o trade turístico, as autoridades do Parque Nacional do Iguaçu / ICMBio avancem na audiência conciliatória e que Foz do Iguaçu defina o que quer em relação ao turismo, à cidade, em si. Por isso creio que as sugestões que saíram dos dois fóruns  ajudaria. Escrevi, certa vez, que o turismo de Foz do Iguaçu não pode mais continuar dependendo da Itaipu no Norte e das Cataratas do Iguaçu / Parque Nacional no Sul da cidade. O que há entre o Norte e o Sul da cidade?  Eu disse que eu via no meio uma espécie de faixa de Gaza. Os dois relatórios estão cheios de idéias. Acrescento que recebi  uma cópia de uma informação prestada pela Prefeitura de Foz do Iguaçu ao cidadão João Soldatelli que havia pedido detalhes sobre os royalties da Itaipu pagos à cidade. O leitor Soldatelli foi informado que Foz recebeu R$ 33.876.698,06 em 2009; R$ 27.581.923,16 em 2010;  R$ 27.229.103.051.56 em 2011 e até maio de 2012 R$ 13.137.051.56. As informações sobre os royalties se encontram Aqui no site da Aneel. Os royalties de Itaipu, segundo a folha de informação ajudaram a custear "contrapartida de investimentos como melhoria e ampliação de de instalações de ensino, saúde, assistência social e até melhorias nas instalações, equipamentos e condições laborais dos órgãos municipais de administração. A coleta e destinação do lixo e poda de árvores utilizaram o dinheiro dos royalties ois foram considerados de caráter preventivo. É bom lembrar que se nada mudar, a partir de 2023 esse dinheiro vai acabar. Sugiro que coloque este  tópico na sua agenda de cobrança.       




LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região