segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Não mate os macacos por causa da fabre amarela

Manchete do jornal Zero Hora de Porto Alegre em 2009. (Tem coisa que não muda)
O Blog de Foz retransmite esta nota do ICMBio Representantes da comunidade científica brasileira, ligados à área da conservação dos primatas, expediram nesta quarta-feira (15) nota à imprensa alertando para um desastre ambiental “gravíssimo” que ocorre neste momento: a mortandade sem precedentes na história do país de macacos da Mata Atlântica em função do vírus da febre amarela.

Na nota, os especialistas mostram-se preocupados, não só com a dimensão das mortes de animais, mas, também, com a disseminação de “informações equivocadas”, que dão a entender que os macacos são responsáveis pela “existência do vírus” e “por sua transmissão aos humanos”.

Isso não procede, fazem questão de destacar os estudiosos, que pedem na nota o apoio da imprensa nacional (jornais, rádios, TVs e sites na internet) para a divulgação das informações corretas.


segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Tradições Gaúchas na Lista do Patrimônio Imaterial Mundial: Por que não?

Treinamento de laço em comunidade de Foz do Iguaçu
Danças típicas, churrasco e chimarrão, entre outros costumes da cultura gaúcha, podem adquirir projeção internacional com a candidatura dos Centros de Tradições Gaúchas (CTGs) a Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, concedido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). É o que pretende o presidente do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), Nairioli Callegaro, com o apoio do Ministério da Cultura (MinC).
 

Foz do Iguaçu ganhou a segunda Loja Havan: nova loja fica no Shopping Catuaí Palladium

Luciano Hang com os novos funcionários
A "mais completa loja de departamentos do Brasil", segundo nota da assessoria, inaugurou a segunda loja da rede em Foz do Iguaçu no último sábado, 11.  O 95º empreendimento da Havan, recebeu a visitação de milhares de pessoas no fim de semana. A filial está localizada no Shopping Catuaí Palladium, bairro Vila Yolanda. 

Feira de Profissões do Senac abre na quarta-feira, 15: não perca


Na quarta-feira, dia 15, o Senac Paraná abrirá as portas de suas escolas em todo o Estado, na quarta edição da Feira de Profissões, com programação gratuita voltada para quem está em busca de um emprego ou pretende abrir o próprio negócio.
Serão realizados workshops, palestras, oficinas e diversos serviços com o objetivo de demonstrar o quanto uma formação de qualidade faz a diferença e é capaz de destacar um profissionalna busca de uma concorrida vaga de trabalho. O evento será realizado em 30 cidades e deve receber aproximadamente 20 mil pessoas.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Por que tantas baleias estão morrendo? Uma mensagem das baleias para os habitantes da terra

Esta publicação é dividida em três partes

O fato 


Por que estão acontecendo tantos grandes encalhes de baleias este ano?  Na terça-feira, 17 de janeiro, 95 baleias falsa-orcas (Pseudorca crassidens) encalharam  na Flórida (EUA). Pelo menos 80 morreram. O evento foi classificado como o maior a ter ocorrido no estado americano. Porém, na quinta-feira, 9 de fevereiro outro encalhe ocorreu na Nova Zelândia. Desta vez 416 baleias-piloto encalharam em uma praia no extremo norte da Ilha do Sul. Mais de 500 voluntários se encontraram trabalhando no local. Já conseguiram fazer 100 delas voltarem a flutuar. Mas foi divulgado que algumas voltaram a encalhar.  Veja imagens de cortar coração neste site.
 
Uma pequena nota de Dianne Robbins - autora de livros espirituais "canalizados" (psicografados), seguida por uma mensagem das baleias:   


Queridos amigos,

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Os cientistas pensavam que ela estava extinta: Jiboia é reencontrada na Mata Atlântica

Cobra da espécie Corallus cropanii é redescoberta, 60 anos após o seu último registro vivo no Vale do Ribeira por pesquisadores do Instituto Butantan e do Museu de Zoologia da USP

Pesquisadores do Instituto Butantan e do Museu de Zoologia da USP anunciam a redescoberta da cobra da espécie Corallus cropanii, conhecida popularmente como jiboia-do-Ribeira ou jiboia-de-Cropan, na região do Vale do Ribeira, em São Paulo. Ela é considerada uma das mais raras do mundo e após mais de meio século o animal foi encontrado vivo e na natureza.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Iemanjá foi homenageada em Foz do Iguaçu: lembrando da Vó Bendita


Chegada do Cortejo ao Iate Clube Cataratas 
O Rio Paraná estava bonito, corria calmo e parecia um espelho hoje à tarde, dia de Iemanjá a Rainha do Mar, das Águas e dos Rios. A comunidade do candomblé e umbanda de Foz do Iguaçu não deixou passar o dia em branco. Não foi tanta gente como em Salvador na Bahia e nem tantas como em Macapá no Amapá onde segundo a Rede Amazônica a meta era reunir 300 terreiros nas homenagens à Iemanjá. Conversando com a Mãe Amanda de Oxum, ela destacou que várias casas participaram mas lembrou que a participação está aberta a todas as casas de Foz do Iguaçu que são muitas. Uma coisa interessante no candomblé e umbanda de Foz do Iguaçu é a presença de paraguaios e argentinos na fé e na maioria das casas. 

Macacos-prego da Avenida Paraná: a fauna da floresta urbana de Foz do Iguaçu

 No começo dos anos 90, havia duas coisas interessantes: muita conversa sobre preservação do meio ambiente e muita discussão sobre a floresta urbana que faz parte do terreno do ex-34º BIMtz, atual 34º BIMEC. Uma placa na propriedade próxima a um antigo hotel na Avenida Paraná anunciava: "Há 50 anos o Exército Brasileiro preserva esta área". E realmente é assim.  
Hoje pela manhã passando pela Pista de Caminhada, por volta das 12h30, vi passar um vulto no topo de uma árvore da propriedade do Batalhão.  cidadão já havia passado, mas como ele viu que eu o vi, ele se deteve, virou para o meu lado e se posicionou de tal modo que pôde olhar para mim.  Saudei-o com três assovios mais ou menos longos, seguidos e baixos e ele entendeu. Satisfeita a curiosidade ele se preparou para partir saltando de onde estava para um galho muito abaixo dele. Foi uma agradável surpresa: Foz do Iguaçu tem macacos-prego no centro da cidade. 
Há ainda muitos pássaros entre os quais os guaxos com seus ninhos no canteiro central da pista dupla. É a minha vez de agradecer ao Exército por ter preservado este bosque para que as gerações futuras, quer dizer de agora, possam ainda ter o privilégio de ver macacos livres no centro e isso sem perigo nenhum para os perigosos humanos. Eles estão lá, do outro lado da cerca, vivendo a vida na deles. Para comer há muitas sementes de árvores, frutas, insetos, borboletas. Que continuem assim e já adiantando o Blog de Foz aconselha: não jogue comida para eles. Eles não estão pedindo.       

Recife de Coral no Amazonas: acaba de ser descoberto e já está ameaçado

 
Em abril de 2016 um grupo de cientistas brasileiros e associados estrangeiros divulgaram a descoberta de um enorme banco de corais na desembocadura do rio Amazonas. Há cerca de um mês, o Greenpeace divulgou que o mais novo navio do grupo, o ESPERANZA estava se dirigindo para o Brasil com uma missão. Dias depois a missão foi revelada: o ESPERANZA se dirigia para o local da descoberta do enorme Banco de Corais. Neste dia 1º de fevereiro, pipocaram nos meios de comunicação do todo o Brasil e do Mundo as primeiras imagens do ESPERANZA feitas no maravilhoso banco de corais. A foto acima é parte delas.  A descoberta e confirmação deste espaço natural é uma notícia importante para todos e não somente para os cientistas envolvidos ou para a ciência de modo mais amplo. É importante também  para o Espírito, para a poesia, para a criatividade, para a confirmação de que a terra ainda esconde muita coisa. O estudo científico que levou à descoberta e a missão que vem divulgar as fotos e imagens além de gerarem conhecimento acabam de nos apresentar um grande problema.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região