segunda-feira, 28 de março de 2011

Abre alas: Ciudad del Este vai passar!

Fui a Ciudad del Este, domingo passado. Fazia tempo que não ia. Notei, anotei e fotografei várias mudanças. E posso lançar o grito: Abre alas, deixe CDE passar! As fotos são de má qualidade e por favor não se ligue na data. A minha maquininha travou em 2004. Mas, afirmo que fui lá este domingo. As noticias que trago são: a foto ao lado é da nova estrutura da aduana. Está um show! E deve ser inaugurada em breve. Quando? Peguei em flagrante a construção desta futura cascata que está sendo construída na via principal de acesso ao país. Logo ao lado, se vê uma placa que que faz alusão à construção das barracas para os "trabalhadores da via pública". Com verba da Itaipu Binacional e em parceria com a Prefeitura de Ciudad del Este, os vendedores ambulantes da Rua Monsenhor Rodriguez ganharam, um lugar digno para trabalhar. Algo que Foz ficou a dever aos seus cidadãos ambulantes. Só agora aprovamos uma lei e mesmo assim se fala em licitação de barracas. CDE também tem um terminal de transportes urbanos. É pequeno. CDE também vai passar e logo por uma mudança nos transportes urbanos. Descobri que os estudantes vão para as ruas logo,logo para apressar. Em questão estão a mudança da frota e aumento de passagens. As empresas querem aumentar a passagem. A prefeita Sandra McLeod diz que não há jeito! A charge ao lado é parte do protesto. Eu a vi pregada na porta de uma livraria em CDE. Eu ia tirar foto mas me pareceu que iria parecer suspeito. Daí vi a foto da charge no jornal Ultima Hora em matéria de Sofia Masi. Oi Sofia, apareça! Como foi o curso em Porto Alegre?

sábado, 26 de março de 2011

Um passo à frente: começa a sair do papel Acordo de Cidades Fronteiriças

Uma das manchetes d'A Gazeta do Iguaçu de sexta-feira,25. foi: "Câmara dos Deputados aprova carteira de identidade fronteiriça". O assunto veio à tona porque na cidade está acontecendo um evento chamado III Fórum Latino de Comunicação. O deputado federal, Rubens Bueno (PPS-Pr), que participa no evento trouxe a notícia. Com esta postagem, não estou querendo somente repercutir a matéria. O que eu quero é reforçar e lembrar que esta é uma nóticia importante. Importante é pouco. De repente, a mais importante para a fronteira BR-RA. A "carteira de identidade vizinhal fronteiriça" é só uma peça. Tudo começou em 2005. Dezembro daquele ano. O presidente Luiz Inacio Lula da Silva veio à Puerto Iguazú onde se encontrou com o então presidente argentino Nestor Kirchner (hoje falecido) assinaram uma bateria de acordos. Um deles se chamava Acordo sobre Localidades Vinculadas-(Veja-o aqui). No ano passado,fiz esta postagem - cobrança logo após conversar com o ex-presidente do Instituto Polo Iguassu e hoje secretário estadual do turismo Faisal Saleh. No dia da assinatura eu estive presente ao ato mesmo sem estar trabalhando para meio de comunicação nenhum (por isso coloquei algo como "divulgação voluntária"). Publiquei notas extensas neste antigo blog. E como continuam importantes, para mim, volto a publicar em seguida a parte explicativa do acordo. Com a aprovação do congresso, foi dado um passo para a internalização do acordo - isto é, para que o acordo tenha valor de lei. Este acordo é biliateral. Brasil-Argentina. Acordo semelhante deverá ser feito com o Paraguai. Ainda duas etapas: o Senado aprova e assina e a presidenta Dilma Rousseff, assina embaixo. Agora temos que pressionar! Eu quero meus direitos fronteiriços!

sexta-feira, 25 de março de 2011

Unila lança Catedra Leon Cadogan presidida por Bartolomé Melià

"A cultura guarani será formalmente incorporada ao projeto da UNILA com a instalação, em abril, da cátedra História, Sociedade e Cultura Guarani, que terá como patrono o etnólogo León Cadogan ...". Pegue esse pedacinho de texto, cole-o no Google e voce vai ver a notícia inteira que saiu nos meios de comunicação da região. Não vou repetir. O que vou dizer é que finalmente algo começa a acontecer. Primeiro, a Cátedra da Unila vai homenagear um dos grandes nomes do Paraguai: Leon Cadogan. Paraguaio, filhos de australianos que vieram ao Paraguai na tentaiva de realizar um sonho socialista em forma de Colônia que se chamou Nova Austrália, Leon Cadogan conquistou um lugar entre os grandes estudiosos do Paraguai tipo como Moisés Bertoni. Cadogan lutou pelos indios guaranis e morre nas mãos da ditadura de Alfredo Stroessner possivelmente como resultado de tortura. A idéia da Colonização australiana foi uma furada. O líder da colônia, William Lane trouxe cerca de 300 pessoas. A utopia infelizmente era racista: nada de contato com álcool, população local, sexo com mulher de fora da colônia quer fosse paraguaia ou índia e nada de cachaça. Bem, foi pedir demais e a colônia faliu e os descendentes dos australianos se casaram e se misturaram com os paraguiaios. Daí entra, León Cadogan (foto) que foi muito além da mistura 'casamental'. Ele mergulhou no estudo das culturas nativas do Paraguai especialmente os mbya-guarani. Saúdo e tiro o chapeu para ele especialmente por causa deste livro que aparece (Acima) aqui nesta nota. O resto deixo para a Cátedra. Segunda coisa fantástica: a Cátedra Leon Cadogan foi proposta, implantada e materializada pela Diretoria Geral Paraguaia da Itaipu Binacional. No ano passado escutei colegas paraguaios dizer que a Unila iria colonizar a cabeça do paraguaio e outros latinos. Felizmente, o Paraguai toma a decisão correta e em vez de chorar contra a hegemonia cultural do Brasil na Unila, fez acontecer! Terceiro milagre: ver o padre Barto(lo)mé Melià em Foz de novo só que desta vez na Unila presidindo a cátedra. Bartomé é jesuita e manteve a tradição à ordem nosentido de ter se tornado um grande do guarani. É só esperar! Como participo da cátedra?

quinta-feira, 24 de março de 2011

Registro que existiu uma árvore neste terreno na Jorge Schimmelpfeng


Foz está começando a se acordar para o seu Patrimônio Histórico e Cultural. A lei existe desde o início dos anos 90. Mas não houve interesse, até hoje, de fazê-la valer. O resultado é a eternização do falso "discurso" de que Foz do Iguaçu é uma cidade sem passado. Cientificamente, um "discurso" é a materialização da "ideologia" de classes dominantes (não existe ideologia de dominado). Anteontem, a Gazeta do Iguaçu publicou uma matéria sobre uma casa que está sendo demolida na Avenida Jorge Schimmelpfeng. A materia foi sobre uma Lei em discussão proposta pelo vereador Nilton Bobato. Hoje, a matéria foi desmentida no sentido de que a casa demolida é de uma nova fase arquitetônica na cidade. Mas que o primeiro prefeito de Foz do Iguaçu, Jorge Schimmelpfeng morou em casa que havia nesse terreno no começo do século passado. 
Eu aproveitei e fiz um vídeo amador do local em rápida e apressada demolição. Dei destaque para o imenso tronco de duas árvores que estão lá na frente ainda. "Com licença ou sem licença", digo no vídeo em um sotaque estranho (eu falo assim mesmo?) que a árvore se deu mal. Um grupo de empresários de férias em Foz, parou em frente das arvores e disse: olhe o tamanho dessa árvore. Lá em ... isso daria uma multa de R$ 40 mil. (Eu não escutei o nome da cidade). Bem, tenho certeza que a erradicação da árvore foi autorizada. Você pode ver o vídeo em imagem completa aqui no youtube . A foto acima é da Delegacia de Polícia de Foz do Iguaçu construida nos anos 30. Se não me engano, ela foi demolida irresponsavelmente no final dos anos 70. Tenho uma vaga lembrança de tê-la visto. E no lugar dela, o que foi construido? A foto é de Harry Schinke - um homem à frente de seu tempo e está no site da Associação Guatá dirigido pelo incansável Sílvio Campana.

terça-feira, 22 de março de 2011

Nota oficial da Jungle Explorers sobre acidente nas Cataratas do Iguaçu

Um acidente ocorrido nas Cataratas do Iguaçu resultou em dois cidadãos americanos mortos: Philip Musgrave
(70) e Laura Mateijick Eberts (28), e uma população transfronteiriça traumatizada. Transcrevo abaixo nota de minha colega pessoal Liliana Mantulak, assessora de imprensa sobre o assunto publicada na página do Facebook que é um comunicado oficial da empresa Iguazu Jungle Explorer sobre o acidente. Na foto casal da Radio Cataratas, casal alemão sobrevivente, possivelmente Mark ou Marco Gunter (44) e Andrea Langer (35) que nasceram de novo nas Cataratas do Iguaçu. A empresa Iguazu Jungle Explorer foi fundada por meu amigo pessoal Eduardo Arrabal falecido no ano passado. Confira a nota de Liliana:

Liliana Mantulak
22 de marzo de 2011 a las 1:31
Subject: Comunicado oficial de Iguazú Jungle


Iguazú Jungle lamenta profundamente esta imponderable circunstancia ocurrida con una de sus embarcaciones esta mañana en el río Iguazú que costó la vida de dos turistas extranjeros. Al tiempo, comunica que el resto de los pasajeros y tripulación involucrados en la tragedia están recuperándose, como así que se está cumpliendo con los trámites de rigor para el traslado de los dos ciudadanos de EEUU que fallecieron tras los sucesos que son de dominio público.

El accidente se produjo este lunes por la mañana, por motivos que se desconocen, y que luego revelarán las pericias que están llevando adelante las autoridades pertinentes. Como es habitual en los viajes náuticos todos los pasajeros tenían chalecos. La embarcación estaba guida por un conductor naval habilitado por la Prefectura para navegar en este tipo de río hace más de 15 años.

Las identidades de las personas fallecidas son: Eberts Laura Matejik (28 años) y Philip Musgruve (70años). La mayoría de los pasajeros ya fueron dados de altas de los centros de emergentología que brindaron asistencia tras el rescate. Sólo una persona –por la urgencia - fue traslada a Brasil en uno de los helicópteros que participó del rescate.

En el momento del hecho, la embarcación llevaba 10 personas, ocho fueron rescatadas con vida y uno trasladado al Hospital de Foz de Iguazú (Brasil); dos lamentablemente llegaron sin signos vitales al puerto de la ciudad.

Tras lo sucedido se activó inmediatamente el Sistema de Seguridad para emergencias de la compañía, interrumpiendo en forma inmediata todos los servicios para dar apoyo a la emergencia con las demás embarcaciones. También se puso en práctica el sistema de emergencias coordinadas con la Prefectura Naval Argentina , Cuerpo de Guardaparques, Bomberos Voluntarios de Puerto Iguazú, Hospital Samic y el servicio de ambulancias de área protegida contratado por la empresa. Además se pidió apoyo ante la contingencia al servicio de helicópteros del Parque Nacional do Iguazú (Brasil).

Desde la central de operaciones se coordinaron las tareas, suspendiéndose todo tipo de comunicación que no tuviera que ver con el hecho. Al finalizar las tareas de rescate, en el Puerto de la ciudad de Iguazú, se recibió la lamentable noticia del deceso de 2 de los 7 pasajeros que componían la excursión.

Luego de haber concluido el proceso de emergencia, nuestra prioridad es atender en forma directa y personalizada a los accidentados para brindar la contención necesaria por todos los medios a nuestro alcance quedando a disposición de ellos y sus familiares para subsanar cualquier circunstancia. Asimismo, agradece la amplia colaboración de todos quienes participaron en las tareas de rescate y atención de los accidentados.

Iguazú Jungle
Puerto Iguazú (Argentina)

Listado de pasajeros:
Gunter Marco, Alemán (44)Siehe Text Deutsch
Eberts Robert: EEUU (27)
Langer Andrea: Alemana (35)
Schwartz Elinor: EEUU (63)
Medaglia Geovani: colombia (28)
Musgruve Philip: EEUU (70) . Fallecido
Eberts Laura Matejik , EEUU (28). Fallecida

Nota tenho dúvidas sobre os nomes dos dois cidadãos americanos: Laura Mateijk Eberts que em alguns lugares saiu oomoEvens e Evans e Philip Musgrove, que saiu em alguns meios como Musgrave, Ningrove e até Winsgrve - o Blog de Foz agradeceria ter este esclarecimento.

domingo, 20 de março de 2011

Feliz outono para todos! Feliz Naw Ruz!

Hoje é o dia do Equinócio de Outono! Já estamos no outono! Hoje se celebra também o Ano Novo Bahá'í. Recebi o convite do colega Elianildo Nascimento da Inicitiava das Religiões Unidas (URI) de Brasília para cerimônia que está sendo celebrada na capital federal Brasília agorinha. Feliz Naw Ruz - Ano Novo Bahá'í!

É primeiro dia do ano novo também para a comunidade Rosacruz. A Loja Rosacruz Brasília celebrou o Ano Novo Rosacruz de nº 3364, juntamente com o Instituto de Sabedoria Arcana-ISARC, ontem, dia 19. É isso que eu gosto de Brasília -além de ser um local onde, como em Foz, tem muitas etnias, o convite rola solto para as celebrações religiosas, culturais e ritualísticas de todos os grupos. Um bom exemplo para nós de Foz do Iguaçu que somos, ainda, acanhados! Feliz Ano Novo Rosacruz! E para todos, que o Outono que começa hoje com Lua Cheia, seja de paz e harmonia - embora não possamos esconder a mais nova guerra na Líbia, os desastres naturais (Japão e Litoral / PR), o sofrimento humano envolvido e a falha de nossa tecnologia atômico-nuclear!

sexta-feira, 18 de março de 2011

Praça da Bíblia está ganhando uma Academia à Céu Aberto

video

A Praça da Bíblia na região do Jardim São-Paulo e Conjunto Libra vai ganhar, nos próximos dias, sua Academia da Terceira Idade a céu aberto. Aqui trabalhadores acabam de montar a nova estrutura. Embora a adacemia dê preferência à terceira idade, nada impede que todas as faixas etárias se divirtam e a utilizem. As duas meninas que aparecem na filmagem já descobriram isso!

Acompanhamento global de desmandos e estupidezes

Só para avisar que fiz atualizações no blog Jackson Lima. É o meu blog pessoal e universal onde ajudo a divulgar questões sérias do mundo. O ponto de partida é de que os políticos, burocratas, tecnocratas e governantes não sabem realmente o que fazem e suas ações estão desligadas do compromisso da responsabilidade quer dizer, se der errado, quem paga a conta? Em destaque a "cagada nuclear" no Japão que pode se repetir traquilamente em toda parte - apesar do que digam, e os protestos do povo oprimido do mundo contra a tendência dos governos colocarem tudo na mão privada enquanto apertam o nó ao redor do pescoço do povo. Há protestos hoje por toda parte. Destaque para o povo de Wisconsin que estão causando problemas para o governador republicano Scott Walker e para os trabalhadores da Usina de Jirau em Rondônia (foto), Brasília onde se registra um quebra-pau! A Força Nacional teve que intervir na Usina. Por que protestariam os trabalhadores?

terça-feira, 15 de março de 2011

Divulgada lista de Lojas de Ciudad del Este reicidentes em trapaças contra turistas


A imagem que aparece acima é um fac simile de uma correspondência oficial da Policia de Turismo de Ciudad del Este, Paraguai. É uma lista de lojas reicidentes em trapaças contra compristas, turistas e outros viajantes a maioria brasileiros. Estou lhe enviando também para uma nota que saiu no jornal Ultima Hora sobre a divulgação. A autorida da nta é da redação regional do jornal em Ciudad del este. Note que há que caiu e tentação 12 vezes. Assim, na esperança de ter ajudado a proteger seu bolso me despeço. Mas antes deixo a dica: a Polícia de Turismo é séria. Qualquer problema procure-os na Zona Primária, lado paraguaio da Ponte da Amizade.

segunda-feira, 14 de março de 2011

Transporte de presos: que um carro desses não capote

Esta foto é de Kiko Sierich e foi publicada na versão online da Gazeta do Iguaçu de onde eu a roubei. Fiz um corte para destacar o embarque de passageiros e deixar fora agentes da Polícia Civil que apareciam na foto. Logo que vi a foto, pensei: Deus meus, rezemos para que esse carro não capote e que seu filho não esteja dentro. O Brasil está melhorando, pouco a pouco. Contudo a mudança em certas áreas é lenta. Houve uma época em que a Polícia Civil tinha chevete e quantas vezes vi, os policiais tentando encaixar dois detidos no porta-malas. Isso parace ter mudado. Hoje, a situação mudou e o Brasil começou a comprar vans adaptadas para o transporte de presos. Mas vans tem limite. Ao passo quea população carcerária cresce é necessário comprar ônibus fabricados especialmente para esse transporte. Se a van acima se envolvesse em um acidente, o resultado seria fatal. Claro que no Brasil ainda não é moda, preocupar-se com a segurança no transporte de presos mas, um acidente desses sobraria para policiais e agentes embarcados também. Como sugestão, sugiro o ônibus que aparece na foto dois. É um modelo fabricado nos EUA por empresa privada e vendido sob encomenda para diferentes departamentos "correcionais" dos governos estaduais e federal. A foto achei neste site que vende ônibus escolares da marca Blue Bird e blue birds adaptados para o transporte de presos. Que o Paraná - que gosta de encher a boca e dizer que é referência, seja referência nessa área! Não esqueça, cadeia é para todos e nem sempre é necessário ser bandido. Pode haver prisioneiros de consciência, prisioneiro político, detidos para investigação, um político que não respeitou a lei da responsabilidade fiscal, um policial que se atrapalhou no camiho ou um jornalista que pise nos pés de alguém. A foto três foi tirada deste site que é de uma empresa que vende ônibus usados. Lá (nos EUA) é uma grande oportunidade de negócios. Um civil compra o ônibus e presta serviço para a NYCP - New York City Police ou outra.

domingo, 13 de março de 2011

Mudança de logo no Brasil. Sai a do Lula; entra a da era Dilma

Sinais visíveis de mudança no mando do Brasil. A logomarca acima, é a nova logo do Governo Federal na gestão Dilma Rousseff. Sem entrar em detalhes, a marca do governo de Dilma valoriza o verde, amaraelo, azul e branco da bandeira brasileira e em vez do "Brasil um País de Todos", a mensagem agorea é ligada à meta da presidenta: acabar com a pobreza. País Rico é País sem Pobreza. O Brasil sempre foi rico e sempre teve uma maioria pobre.
Sai de cena a logomarca utilizada durante os oito anos do Governo do presidente Lula - aquela que, mais "cheguei" representou todas as cores. Eu não tinha lido nada sobre a mudança de logo. Vi pela TV, em uma propaganda oficial algo sobre a saúde e lá estava a nova marca. Daí fui procurar na internet.

segunda-feira, 7 de março de 2011

O Morumbi: bairro temático de Foz do Iguaçu dedicado ao futebol. Agregando valor: de olho na Copa IV

Esta é uma continuação das postagens sobre o Morumbi cmo bairro temático de Foz do Iguaçu. Esta é a quarta postagem. Aqui destaco que há quatro nomes de ruas que até agora não consegui levantar informações: Rua João Batista Frigola, Rua Nivaldo do Amaral, Rua Otávio Portes e Rua João Limirio Martins da Silva. Eu já morei na Nivaldo do Amaral. Assim, começarei uma nova pesquisa para esclarecer quem foram. Além das quatro ruas mencionadas, o bairro, no sentido Jules Rimet subindo ao outro extermo, na divisa com o Jardim Europa tem ainda as seguintes ruas que se mantêm fieis à característica do bairro: homenagear estádios de futebol, jogadores patrimônios do Brasil e, aqui e acolá, um desportista ou espaço esportivo de outro esporte: Rua Urbano caldeira, Roberto Batata,Rua Olímpico, Rua Mineirão, Rua Castelão e Rua Brinco de Ouro. 

Roberto Batata

  A rua Urbano Caldeira é uma homenagem ao Estádio Urbano Caldeira (foto) a sede mundial do Santos Futebol Clube que na foto você o vê encrustado na Vila Belmiro. Quanto à pessoa, Urbano Caldeira, descobri que ele se chamou Urbano Villela Caldeira Filho. Sobre ele sugiro que leia este texto de Guilherme Gomez Guarche. Roberto Batata foi o nome de guerra de Roberto Monteiro, do Cruzeiro pelo qual fez 125 gols em 286 jogos. Morreu moço, em 1976 em acidente de trânsito que pôs fim à sua carreira. Batata é tido pelos seus fãs como um mártir. Ele jogou pelo Cruzeiro entre 1971 e 1976.
A Rua Olímpico no grandioso Morumbi de Foz do Iguaçu é uma homenagem ao Estádio Olímpico Monumental de Porto Alegre que é o estádio de propriedade do Grêmio FootBall Clube que não necessita de apresnentação. A Rua Mineirão, como é facil de deduzir, é uma homenagem ao Estádio Governador Magalhães Pinto em Belo Horizonte. Para não ficar estremamente longa. me limateri a dar links à paginas que tratam dos estádios homenageados. A rua Castelão é uma honraria dos idealizadores e loteadores do Morumbi ao Estádio Governador Plácido Castelo, em Fortaleza iniciado na gestão do governador Plácido Aderaldo Castelo e inaugurado pelo governador César Cals de Oliveira Filho. Por fim, a Rua Brinco de Ouro, a segunda rua iguaçuense a homenagear coisas de Campinas. Desta vez, ao Estádio Brinco de Ouro da Princesa, ou apenas Brinco de Ouro o estádio do Guarani Futebol Clube.

Acidente - uma queda estrepitosa

Faço uma pausa para relatar um acidente que, após algun tempo, começa a ficar engraçado. Tudo porque eu vinha sem capacete. Caí. O contato com o chão foi feito com o queixo que arrastou-se no concreto e saiu ralado. Ao chocar-se com o chão, vejo hoje em câmara lenta, a cabeça foi jogada para trás, quase desnucando o meu precioso pescoço. A mão saiu ferida também. Sérios arranhões no punho. Uma pequena pedra, encrustou-se na mão direita. Todos me perguntam: como você anda de moto sem capacete? Eu digo: que moto? Eu vinha a pé. De repente, bum! E lá estava eu no chão. Parece que a queda foi criminosa. Alguém deve ter amarrado a grama que cresce em ambos os lados da calçada (fora do padrão) na Avenida República Argentina. Me enganchei e pronto!

sexta-feira, 4 de março de 2011

O sueco voador e o narrador das multidões prestigiados na Vila Borges de Foz do Iguaçu

O bairro Vila Borges de Foz do Iguaçu também tem ruas com nomes que homenageiam, na maioria dos casos, a figuras do espeorte do Brasil e do mundo. Destaco, agorinha, duas ruas que desembocam na Avenida República Argentina. São as ruas Pedro Carneiro Pereira e Ronnie Peterson. Eu diria que a Vila Borges está na esfera do Morumbi. E assim manteve a tradição esportiva. A grande pergunta é quem foram Pedro Carneiro Pereira e Ronie Peterson? Começando pela segunda pergunta, Perterson foi um piloto sueco de Formula I da década de '70. Era conhecido como o sueco voador. Como ele terminou sendo nome de rua na Vila Brges em Foz do Iguaçu? É isso que pretendo levantar aos poucos. Já o primeiro nome da lista que escolhi, Pedro Carneiro Pereira, foi um locutor e narrador esportivo da Rádio Guaíba. Ele morreu em acidente na pista enquanto participava de uma competição automobilística. Basta digitar o nome dele no Google e você ira a vários sites com informação sobre o profissional. Atenção jornalistas e locutores, o bairro presta muita homenagem à figuras da imprensa especializada em esportes no Brasil. E o Blog de Foz tem muita gente para divulgar no bairro. O arquivo de som que coloco abaixo lhe dará a oportunidade de escutar a narração de Pedro Carneiro Pereira no momento em que o Brasil levanta a Taça de Jules Rimet no Estádio Azteca no México (fotos aqui). Logo voltarei com mais sobre a Vila Borges para falar sobre quem foi Manuel da Silva Borges que empresta o nome ao loteamento.
Get this widget | Track details | eSnips Social DNA

quarta-feira, 2 de março de 2011

O Morumbi: bairro temático de Foz do Iguaçu dedicado ao futebol. Agregando valor: de olho na Copa III

Nesta postagem continuo com a homenagem do Blog aos idealizadores, criadores e loteadores do Morumbi em Foz do Iguaçu. Fiquemos agorinha com as seguintes quatro ruas e uma avenida: Barão de Serra Negra, Heleno de Freitas, José Carlos Pace, Engenheiro Araripe e Mário Filho.
Estádio Barão de Serra Negra
O Barão de Serra Negra

A Rua Barão de Serra Negra em Foz do Iguaçu é uma referência ao Estádio Municipal Barão de Serra Negra de Piracicaba, São Paulo. Em si, o Estádio já é uma homenagem de Piracicaba a um antigo cidadão seu: Francisco José da Conceição, cafeicultor na região e pessoa ativa na política e cultura da cidade. Entre outras coisas fundou na cidade, em 1854, a Santa Casa de Misericórdia, construiu o Hospício dos Alienados, foi chefe do Partido Liberal e foi um incorporadores da Cia. de Navegação Fluvial a Vapor além do Banco de Piracicaba. Ele é imprtante para o Paraná também. O pai dele, Antônio José da Conceição, pertencia à família Lemos Conde, dscubridores das minas de Paranaguá. A mãe dele se chamava Rita Morato de Carvalho. Seriam os Morato, a famíia Morato a inspiração para que o Salto Morato - hoje reserva natural particular da Fundação Boticário tenha este nome? O título de barão, foi conferido ao rei de Piracicaba por Dom Pedro II em 17 de maio de 1871 Gostou?
Heleno de Freitas

E a rua Heleno de Freitas? Esta é uma rua dedicada à lembrança do jogador brasileiro Heleno de Freitas. Um dos maiores jogadores do Brasil na sua época. Começou no futebol no Botafogo, passou pelo Flamengo e chegou a jogar no Boca Juniors da Argentina. Voce pode saber um pouco mais sobre o jogador neste blog dedicado ao Botafogo. Heleno de Freitas tinha fama de ser bonitão, bom jogador e não diplomático. É difícil falar dele por isso vale uma boa pesquisa. E fica aí a dica que os loteadores do Chicão nos deixaram. Veja este vídeo onde Rodrigo Santoro fala sobre o filme que contará a história dele; foi em entrevista a Maria Gabi Gabriela. Os homens que bolaram o bairro do Morumbi violaram a regra geral da nomeação de ruas baseada em coisas do futebol.
José Carlos Pace
A próxima rua é a José Carlos Pace. Hoje um dos marcos dessa rua é a Escola Municipal João XXIII. É uma escola de professores dedicados e esforçados. Dezembro passado fui lá assistir a formatura dos alunos de quarta-série. José Carlos Pace é uma homeagem super especial a um dos primeiros pilotos brasileiros de Formula I. Ele morreu em Mairiporã (SP) em um acidente aéreo em 1977. Carlos Pace, o Moco, vencedor do Grande Prêmio do Brasil de 1975. Estreou no automobilismo em 1963, disputando provas de Turismo pela equipe Willys. Em 1970, já na Europa, disputou o Campeonato Inglês de Fórmula 3, onde foi campeão. Você sabia que o autódromo de Interlagos se chama Autódromo José Carlos Pace? É verdade. A honraria foi feita em 1985. Resumindo: a Rua José Calos Pace é uma homenagem a um autódromo em vez de estádio.  
A Rua Engenheiro Arararipe fica logo atrás da Avenida Mário Filho. Quando passei por ela, pela primeira vez, pensei, como era ignorante da organização toponímica do baiiro, que o engenheiro fosse alguém do DNER que tivesse feito alguma obra em Foz do Iguaçu. Há, Há! Mas não. Fiel à linha, a Rua é uma homenagem ao Estádio Engenheiro Alencar de Araripe, que fica em Cariacica, região metropolitana de Vitória, Espírito Santo. Não consegui até agora informações sobre quem foi o engenheiro Araripe, homenageado pelo estádio. Se alguém souber, está informação está difícil de ser encontrada na internet - imagine!

Jornalista Mário Filho
Por fim chegamos à Avenida Principal que corta todos os bairros chamados Morumbi e presta uma homenagem especial ao Estádio Municipal Maracanã, um dos dez mais entre os estádio do mundo. Após a morte do cronista e colunista esportivo, Mário Rodrigues Filho, considerado o maior do Brasil as autoridades do Rio de Janeiro deram ao Estádio Municipal Maracanã o nome de Estádio Jornalista Mário Filho. Graças às crônicas e artigos, livros e intervenções de Mário Filho (foto) o Maracanã foi construido onde está. (que lugar lindo!) Foi Mário Filho quem cunhou a expressão Fla-Flu. O irmão dele, o teatrólogo e escritor Nelson Rodrigues, chamou o irmão de "o criador de multidões". Mário Filho e família vieram de Recife, Pernambuco. E cada irmão e o pai acescentaram valor ao Rio de Janeiro e ao Brasil. Assim, uma boa homenagem esta, que a Avenida principal do Morumbi-Foz presta ao Maracanã e ao Mário.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região