sábado, 7 de dezembro de 2019

São Francisco do Morumbi começa a ser restaurado

Grupo de Família do bairro se reuniu em torno da imagem para rezar pela restauração do São Francisco 
Tive o privilégio na sexta-feira, 7, de ir até o monumento do São Francisco do Morumbi para registrar o início da obra.  Parabéns a todos os envolvidos. Na ocasião escrevi uma matéria para o GDia que deu um bom espaço com  direito à chamada de Capa. Tem gente que diz, que São Francisco foi o único cristão que pisou na terra até porque Cristo em si não conta.  Mas dizem, depois de Cristo! A inauguração será no dia 23.    

Associação Brasileira dos Sebrae Estaduais quer retirar da pauta a MP 907 da Embratur Agência

Reunida em Belo Horizonte (MG), nesta terça-feira (3), a Associação Brasileira dos Sebrae Estaduais (ABASE) apela para que a MP 907 seja retirada da pauta do Congresso Nacional, com o intuito de não prejudicar os milhares de pequenos negócios espalhados pelo Brasil, inclusive os que fazem parte da cadeia produtiva do turismo.

A Medida Provisória editada no último dia 27, que não atende aos preceitos constitucionais de relevância e urgência, prevê o corte anual de 18,4% no orçamento do Sebrae aplicado no fomento dos pequenos negócios em todo o país, retirando mais de R$ 600 milhões anuais para transformar a Embratur em agência de promoção turística internacional.

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Salto Amy Winehouse nas Cataratas do Iguaçu: um tributo a quem continua brilhando

Amy Winehouse 
(Se você for proprietário da foto, favor contatar para permitir a continuidade dela nesta postagem ou retirá-la, obrigado)  

Em 2018 estava pesquisando para escrever um livro sobre as Cataratas do Iguaçu em todas as suas dimensões. Era quase fim do dia e o dia estava escuro. Olho de frente para as Cataratas e como sempre na minha frente havia Muitas Águas. 

segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

Hisgeopar o magnifico show de um homem só: Rudi Haupt


O senhor que está se dirigindo ao público através deste microfone estilizado se chama Rudi Haupt. Ele está recepcionando um grupo de pelo menos 30 pessoas que visitam o Parque Hisgeopar – História e Gelogia do Paraná localizado em Morretes no Paraná. O Hisgeopar abriu em 2018. O Parque localizado em um galpão conta a história do Paraná ou seja o que historicamente aconteceu no palco geológico ocupado pelo atual Paraná. Como Morretes está ligado a Curitiba pela ferrovia Curitiba – Paranaguá, a ferrovia não dava para ficar fora da historia. Os viadutos, as pontes e os túneis da ferrovia de aproximadamente 100 quilômetros são mostradas na maquete gigante.

Anotem aí: Mojolo vai ter banco de praças



Só para registrar: o Parque Monjolo de Foz do Iguaçu recebeu seis bancos de praças. Anda não estão montados. Não tenho informação. Acredito que devam ter sido trazidos até aí pela Prefeitura. Caso seja positivo, já que dotar praças com bancos parece não estar na moda. Assim há esperança de que os mesmos bancos apareçam na Praça da Bíblia, Praça do Mitre, Praça da Paz e outras praças de Foz do Iguaçu. Ótima notícia!

terça-feira, 26 de novembro de 2019

Correndo na pista com os 17 Objetivos Sustentáveis

A pista de caminhada da Avenida Paraná em Foz do Iguaçu recebeu uma decoração pedagógica especial. Ao longo da pista de foram colocados bandeiras ou placas de sinalização com os 17 Objetivos Sustentáveis do Milênio.
Tanto no começo da pista como no final dela foram colocadas placas com os 17 objetivos – uma iniciativa da Secretaria Extraordinária dos Direitos Humanos e Relações com a Comunidade. Começando com o Objetivo Global Número Um, “Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares” até o Objetivo Global 17, “Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento  sustentável”.

quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Dia da Consciência Negra - O racismo no Brasil visto pela minha experiência (porque pela sua, não posso falar)


 
Uma carroça polaca em opinião sobre afrobrasileiros (Fonte da Foto

Nasci a uma hora de União dos Palmares, terra onde o Zumbi morreu, no Quilombo dos Palmares. Por que você acha que o primeiro aeroporto que eu vi, o de minha cidade, se chama Palmares? Cresci pensando que era “moreno claro” me identificando e pensando que era branco, pelo menos mais branco que os vizinhos que moravam a umas cinco casas da minha. Quando eu digo branco não era alagoano branco, falo de branco branco como os Thompsons, Nichols, Waynes, Andersens, Mendelsohns, Goslins, Klingensmiths, os Malaspinas, os Kenengendorfs  e outros que moravam no Nordeste.  O meu referencial era branco.  


Hás uns dez anos fui tirar carteira de motorista. Fui à autoescola. A moça me explicou tudo. Quando estava na hora de dar a entrada, a moça olhou para mim e disse: mas antes eu quero avisar uma coisa. O senhor vai ter que pelo menos saber assinar o nome e ler palavras simples como “Pare”. O senhor assina o nome? 

domingo, 17 de novembro de 2019

Os irmãos rebouças, os túnéis e pontes

O trem já está la na frente

O primeiro projeto da Estrada de Ferro Antonina – Curitiba foi feito pelos engenheiros negros e irmãos André e Antonio Rebouças. Quando a obra começou em 1880, dez anos após o primeiro projeto, duas coisas tinham mudado. Primeiro o traçado original de Rebouças. Em vez de partir de Antonina, a Corte, lembre que ainda éramos Império, aprovou a partida da linha de Paranaguá.

sábado, 16 de novembro de 2019

Os projetos da Lucille

Vagão Camarote
Os vagões que fazem parte das composições da Serra Verde Express pertencem a três categorias: turística, econômica e luxo. Na categoria de luxo operam vagões com projetos especiais de customização e todos assinados pela arquiteta da casa, Lucille Amaral. São vagões especiais e que não deixam de ser temáticos. São eles, o Vagão Camarote, o Vagão Imperial, o Vagão Barão do Cerro Azul, as Litorina de Luxo e recentemente o Vagão Trem Pet. 
A composição é formada ainda pelos Vagões Turísticos e pelos Vagões Econômicos. 

domingo, 10 de novembro de 2019

Mão pesada do Vietnã acaba com um dos atrativos turísticos para "instagramers"

Todo mundo chorando a proibição
Lá dentro, lá no fundo, eu acredito que o turista é um dos seres mais bestas que existe. E não esqueça de que turista é qualquer um de nós quando viaja. Como uma coisa vira atração turística e outras não? Por exemplo, como as margens dos trilhos das Ruas Dien Bien Phu e Phung Hung, viraram uma atração turística? Todos os dias, de manhã,de tarde e à noite, um trem passa pelas "ruas" estreitas margeadas por, originalmente, barracos. Um dia alguém fez um barzinho e outro. Os turistas ocidentais descobriram. Sucesso da Iniciativa Privada.