sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Se a Argentina oferece bolsas por que o Brasil (via Unila) não pode?


Li no site IP Paraguay que o governo argentino está oferecendo bolsa de pós-graduação para funcionários públicos paraguaios. Os candidatos devem ser paraguaios, funcionários há pelo menos dois anos e trabalhar dentro da área do interesse do curso que é intermediado por meio da Secretaria Técnica de Planejamento do Desenvolvimento  Econômico e Social (STP). Fiquei maravilhado e triste. 

Maravilhado porque a Argentina, apesar de suas dificuldades, enxerga sua missão de ajudar a capacitar cidadãos de países vizinhos ao passo que assegura parceiros e amigos na sua área geopolítica de influência. Fiquei triste porque os meus ouvidos ainda estão latejando pelo que escutei de deputados brasileiros contrários à Unila em Foz e mais especificamente a que o Brasil pague formação universitária para estudantes latino-americanos.


O deputado Fernando Giacobbo dando seu apoio à proposta de seu colega Sérgio Souza que quer acabar com esse negócio da Unila educar estrangeiros, chegou a dizer e eu escutei: “por que é que eu tenho de pagar faculdade para paraguaio? Eu não sou paraguaio. Vamos pagar para o nosso povo do Oeste do Paraná”. O deputado Sergio Souza que classifica essa ideia do Brasil pagar curso para latino-americanos de “bolivariana”, também disse que a Unila após ser transformada em Universidade Federal do Oeste do Paraná, deverá se preocupar com o seu povo.  Lamentável visão dos deputados em questão e parabéns ao governo argentino mesmo estando em uma "fase" de direita.        


quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Parque Nacional Iguazú Argentina recebeu o “turista um milhão”



Darío, o primeiro da esquerda de camiseta azul*
O turista argentino da cidade de Paso de los Libres fronteira com Uruguaiana (RS) foi o “turista um milhão” de 2017 no Parque Nacional Iguazú, Argentina. A informação é do jornalista Ernesto Azarkevich, correspondente do jornal Clarín de Buenos Aires em Misiones. As autoridades provinciais e municipais do turismo celebraram. 

O turista um milhão este ano chegou, na terça-feira, dia 12,  35 dias antes da data correspondente do ano passado. O ministro do turismo da Província, José Maria Arrúa disse que considerando o momento econômico difícil, esse número tem um impacto muito significativo para a província. “Aumenta a nossa expectativa de ultrapassar 1,5 milhão de turistas este ano”, concluiu.  
      
Segundo Azarkevich, o  ministro de Turismo da Argentina, Gustavo Santos, falou sobre o número atingido. "A chegada do turista um milhão às Cataratas, a esta altura do ano mostra que continuamos neste ritmo, as Cataratas fecharão 2017 com um recorde de turistas. E isso significa mais desenvolvimento econômico e emprego para toda a região".

Darío Camarro viajava com a família o que incluía esposa, filhos e uma neta. “Escolhemos vir nesta época porque ainda não está fazendo tanto calor”, disse Darío.O Parque Nacional Iguaçu, Brasil, tem expectativa de chegar a 1.8 milhão este ano. 

* Os primeiros quatro da foto são membros da família incluindo "a neta" no colo. Os outros quadros são autoridades.   

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Dona Ana Fortunata Moscon falece em Foz aos 103 anos

Dona Ana Fortunata Moscon faleceu hoje aos 103 anos de idade em sua casa Foz do Iguaçu. Ela está sendo velada na Capela IV do Jardim e o sepultamento será amanhã, dia, 8, no Cemitério São João Batista. No dia 26 de abril deste ano tive o privilégio de conversar com  dona Fortunata na companhia da filha   Elisabeta. Uma reportagem baseada na conversa foi publicada na Gazeta Diário no dia 2 de maio e em seguida publiquei esta nota aqui no Blog de Foz. Ela completou103 anos em julho.

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Cataratas JL Shopping recebe exposição de xadrez de Alaércio Santini

O xadrez teve um impacto tão grande na vida de Alaércio Santini que há quase 30 anos ele se dedica a criar tabuleiros feitos a mão. Inspirado no jogo, o artista esculpe bispos, cavalos, peões, reis e rainhas de vários tamanhos, desde miniaturas com 1 mm até peças de 2 metros de altura. Ao longo de sua carreira mais de 300 peças exclusivas foram esculpidas e parte desse acervo poderá ser visto pelo público no Cataratas JL Shopping.

domingo, 3 de setembro de 2017

Polícia Civil do Rio tem material para fazer um Museu do Candomblé

Uma das peças recolhidas no início do século XX – Marcos Tristão / Agência O Globo
No começo do século XX a Polícia Civil do Rio de Janeiro prendia dirigentes de cultos brasileiros de matriz africana e apreendia imagens e instrumentos sagrados da religião. Tudo isso era considerado como magia negra. A boa notícia é que a Polícia Civil do Rio de Janeiro não jogou este material fora. Como prova do crime foram guardados em depósitos. Hoje, esse material poderá ser exposto no Museu Nacional até o final do ano. Esta história é contada nesta reportagem da Agência Brasil EBC.  A Polícia Civil do Rio luta para organizar o Museu há tempo.  Confira esta reportagem no Jornal Awùre - Portal de Mídia Afro. 

E ainda sobre o universo africano no Brasil sugiro a leitura deste texto sobre o mais novo Patrimônio Cultural declarado pela Unesco no Brasil: o Cais do Valongo.  

sábado, 26 de agosto de 2017

Exposição "A Arte do Xadrez" continua em Foz até dezembro

A exposição "A Arte do Xadrez" de Alaércio Santini composta por peças e tabuleiros de todos os tamanhos, imagens e pensamentos sobre o xadrez estará até quarta-feira, 30 de agosto no SESC na Vila A, Foz do Iguaçu. Logo depois a exposição irá para o Cataratas JL Shopping, na área central  onde permanecerá até dezembro.  A imagem acima é de uma pequena reportagem no jornal Gazeta Diário. A história e experiência de  Santini vale a pena ser compartilhada. É a história de uma pessoa esforçada. 

Ele mora em Capitão Leônidas Marques e tem colocado seus produtos no mercado de porta em porta em mais de 110 cidades entre Passo Fundo (RS) e Franca (SP). Ele sonha com uma exposição permanente em Foz do Iguaçu, algo como um museu do Xadrez. A escola de Foz do Iguaçu deve-se a ao fat dela ser uma cidade turística no sentido de receber milhões de turistas por ano. São cerca de 1.5 milhão dos que vão às Cataratas e pelo menos outros 3 milhões que visitam a cidade, vão ao Paraguai, participam em congressos e não vão as Cataratas. O Alaércio busca parcerias com empresários antenados. Ele irá a Capitão Leônidas Marques logo a pós a abertura da Expo Xadrez no JL Shopping mas volta logo. "Tenho que ir para o aniversário da minha mãe", contou. O que está exposto em Foz, é um 1% da coleção. Antes do SESC a exposição permaneceu seis meses no Ecomuseu de Itaipu.        


sábado, 19 de agosto de 2017

Eclipse Total do Sol nos Estados Unidos aliviará a barra de Donald Trump: será a manchete do dia


O caminho da totalidade: Grande Eclipse Americano *
O presidente Donald Trump foi eleito com o grito de guerra "Fazer a América Grande de Novo". As ferramentas incluíam a luta contra a imigração, contra estrangeiros, muro novo em folha a prova de mexicano, abandono de tratados internacionais e tentativa de educar a Coreia do Norte, os russos, chineses, iranianos entre outras questões emergenciais. Esses temas têm dominado as manchetes nacionais e, por contaminação, internacionais também.
 

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Congresso de Ornitologia nas Três Fronteiras: - um pássaro na capa do Gazeta Diário

Não é qualquer pássaro: é o Bonito Lindo
É só para registrar a presença de pelo menos 300 participantes no Congresso de Ornitologia das Américas organizado pela Aves Argentinas (Argentina), Sociedade Brasileira de Ornitologia (Brasil) e a Association of Field Ornitologists (EUA). O congresso começou na terça-feira, 8 e prossegue até hoje, 10 de agosto. Mas isso não significa que o fim. As atividades extracurriculares e pós-congresso continuam. Há uma visita oficial ao Parque das Aves e Cataratas do Iguaçu pelo lado brasileiro. Na semana que vem há curso em campo sobre anilhamento de aves - destinado a pesquisadores.    

sábado, 5 de agosto de 2017

Brasileiros donos de imóveis em Mimai não declarados à Receita Federal vão ter de justificar origem do dinheiro


Mais de 2 mil brasileiros que possuem imóveis em Miami e não declararam sua aquisição à Receita Federal, entre 2011 e 2015, caíram na malha fina. Segundo a Receita, o número representa cerca de 44% dos 4.765 imóveis comprados por brasileiros no período. De acordo com o vice-presidente de Fiscalização, Ética e Disciplina do Conselho Federal de Contabilidade (CFC), Luiz Fernando Nóbrega, a partir dessa verificação, será necessário que os proprietários façam suas retificações na declaração do Imposto de Renda e justifiquem a origem do dinheiro usado para a compra.

sábado, 22 de julho de 2017

O TCE quer saber o que você acha dele

O Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) lançou em seu site um questionário para saber qual é a opinião da população sobre os serviços prestados pela instituição. O objetivo, segundo o TCE-PR, é de melhorar os trabalhos realizados e de se aproximar da sociedade. Esta nota apareceu no site do Sindicato dos Jornalistas do estado do Paraná. O Blog de Foz repassa a mensagem  para que todos os que tiverem interesse respondam o formulário. O formulário da pesquisa está aqui 

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região