segunda-feira, 26 de março de 2012

Estão matando jornalistas adoidadamente na fronteira

Mataram hoje pela manhã o radialista Divino Aparecido Carvalho ou Carvalho Júnior, 45 anos, da Radio Cultura de Foz do Iguaçu. E no sábado à noite mataram Onei de Moura do jornal Costa Oeste de Santa Helena! Não faz tempo autoridades mundiais pediaram a presidenta Dilma mais empenho para punir as miortes de jornalistas no Brasil. No dia 13 de fevereiro mataram o jornalista Paulo Roberto Cardoso em Ponta Porã que assinava como Paulo Rocaro. O assassinato de jornalistas e radialistas é bem mais comum do que parece. Uma das preocupações é que a morte desses profissionais aconteça para silenciar denúncias ligadas à corrupção e ao crime . No caso do Onei de Moura da pacata Santa Helena, Paraná, Brasilm ja apareceu um agricultor que diz que o matu por causa de uma dívida. Falta descobrir quem e por qual motivo o Carvalho Junior foi morto. De qualquer modo os nomes deles devem ser inscrito na lista mundial de jornalistas mortos de organizações como a Repórteres Sem Fronteiras ou o Comitê para a Proteção dos Jornalistas e a Associação ou Sociedade Inter-Americana de Prensa. Recentemente, organizações de imprensa pediram a presidente Dilma Rousseff que exija mais rigor na apuração das mortes de jornalistas e radialistas e no Brasil. Note que os três foram mortos na faixa ou linha de fronteira. Clique aqui para a ver o site da Repórteres sem fronteira sobre o Brasil

domingo, 25 de março de 2012

Encontro Muçulmano-Cristão na Itaipu, uma boa experiência






Seis tendas foram espalhadas pelo amplo espaço na frente do Mirante do Vertedouro de Itaipu. Cada tenda teve um tema de reflexão sobre Maria. Falo do Primeiro Encontro Cristão-Mulçumano a ocorrer em Foz do Iguaçu e um dos poucos do Brasil. Esperava-se um público de 7 mil pessoas mas parece que não veio tanta gente. Ainda bem pois em assuntos de aproveitamento tamanho não é documento. Contudo os oganizadores podem dormir tranquilos porque pelo menos 2 mil pessoas estiveram lá. Da parte cristã, a maioria dos que vieram eram da Pastoral da Criança. Vi ônibus com caravanas de Fortaleza, Mato Grosso e de todo o Paraná. Vi gente do Paraguai, da Argentina e de outros países. Da parte muçulmana, nem precisa vir muita gente de fora porque a cidade tem uma boa comunidade. As vias internas da Itaipu - há ruas que parecem uma cidade - estavam fechadas ao trânsito normal ao redor do evento. As "ruas" estavam tomadas de caravaneiros. Entre os brasileiros muitas mulheres, a maioria vestindo a camiseta de voluntárias da Pastoral da Criança. Havia outras com camisetas de catequistas como a Daeli Wandscheer de Foz, minha colega de longa data e muitas famílias que vieram porque o tema foi interesante. Vi grupos de mulheres da pastoral sendo fotografadas com mulheres da comunidade árabo-iguaçuense. Onde mais esse pessoal teria essa oportunidade? Nas tendas havia palestras. Mulheres árabes explicaram o porquê do veu. Mulheres brasileiras entenderam. Uma disse que acreditava que o véu era forçado pelos maridos. Um painel em branco em uma das barracas foi colocado para que as pessoas escrevessem, com pincel atômico, o que quisessem sobre: "para mim Maria é um exemplo de: .... " Faltou espaço! Os temas das barracas foram: 1) Maria, Exemplo de Cuidado com a Grestante 2) Maria exemplo de amor à Criança, 3) Maria exempo de dedicação à comunidade 4) Maria exemplo de dedicação, 5) Maria exemplo para cristão e muçulmanos e 6) Maria exemplo para a construção da Paz. Na maioria das tendas, cada tema mostrava o trabalho da Pastoral da Criança com as categorias mostradas. Houve ainda uma tenda que serviu de espaço para meditação e outra que serviu para palestras e palco livre sob o cuidado da Rede Global de Religiões pela Criança. Nessa tenda estavam Hara Kanta Prabhu e Leo Bakti da Associação Internacional para a Consciência de Krishna - popularmente conhecida como os Hare Krishna. Hara Kanta falou sobre Maria. Para ele, Maria é exemplo de mãe e não deixou de pedir à comunidade que pensasse um pouco sobre o hábito atual da transferência quase automática das responsabilidades de criação de filhos das mães para as creches hoje chamada de CMEIs. Maria, faria isso?

quarta-feira, 21 de março de 2012

Foz tem Ampulex compressa

Atenção biólogos, entomólogos e cientistas que estudam a nossa fauna.
Pelo que acabo de descobrir o inseto que aparece nas fotos se chama Ampulex compressa e seria comum na parte tropical da Ásia. Teria sido introduzido no Havaí para combater as baratas. Ela é uma vespa "de coloração verde esmeralda e de hábitos solitários e que na sua ecologia, utiliza as baratas como hospedeiras para sua prole. O nome dele é vespa-jóia. Ela ataca a barata vítima com ferroadas certeiras no cérebro da barata que fica imobilizada. Daí ela arranca as antenas e suga parte de sua hemolinfa
(sangue) tornando-a uma espécie de "morto-vivo".

Daí a vespa depositaria seus ovos no interior do abdômem da barata e as suas larvas se alimentaria dos orgãos e da hemolinfa da barata até que sobrasse apenas o exoesqueleto de quetina dela. Se o inseto (vespa) faz tudo isso e é da Ásia, Oceano Índico, minha pergunta: o que ela faz em Foz do Iguaçu? Encontrei-a em Foz há mais de cinco anos. Meu primeiro encontro com o inseto foi no centro de Foz do Iguaçu. Um desses saiu de um recinto puxando uma barata pela cabeça. A barata era bem mais corpulenta que ele. E ele andou pelo menos 20 metros ao longo da Rua Xavier da Silva puxando a barata que o acompnahava sem oferecer resistência. Os movimentos dele são rápidose fortes. Acompanhei a rota até que comecei chamar a atenção de gente que pasava aí me toquei. Recentemente descobri um lugar que tem muitas baratas. Não são tantas assim mas creio que há pelo menos umas 200 mil. E vejo a vespa sempre ali.

Quando há um desses na área, não aparece uma barata. Daí a necessidade dele entrar nos recintos caçando. A foto da direita foi tirada por mim em Foz do Iguaçu utilizando uma lente normal. A foto da esquerda foi tirada pelo fotógrafo profissional amante de
macrofotografia, Muhammad Mahdi Karim, clicada em Dar es Salaam, Tanzânia (Africa) em 2009. Minha pergunta é: esta vespa é também nativa do Brasil? Há uma espécie brasileira? Uma família? É de ocorrência global? Ela foi introduzida no Brasil por alguém? A foto acima está no wikipedia e há vários tamanhos dela.

Nomes populares em alguns idiomas

Emerald cockroach wasp ou jewel wasp

Avispa esmeralda (Espanhol)
Juwelwespe (Alemão)
Vespa gioiello (Italiano)

Ficha técnica

Reino: Animalia
Filo: Arthropoda
Classe: Insecta
Ordem: Apocrita
Família: Ampulicidae
Espécie: Ampulex compressa



Nota: Identificada por Johan Christian Fabricius (1781) zoólogo dinamarquês, aluno de Linneus, famoso por ter sido um dos mais brilhantes de seu tempo tendo classificado mais de 10 mil espécies de insetos. Ele ajudou a formar a base da classificação de insetos. Ele é autor de várias obras de entomologia sisitemática. (Fonte Wikipedia) Veja um vídeo da vespa em ação no Youtube

Vão mudar locais de embarque de 18 linhas de Foz

O Foztrans está anunciando que vai mudar lugares de embarque no TTU de ônibus com destino a 18 de 42 linhas. Por exemplo: o embarque dos ônibus para o Morumbi irá para o local onde hoje se embarca para o Porto Meira. Outros, irão para o local onde hoje se embarca para Três Lagoas. Estamos falando de mudanças que afetarão a vida de moradores de bairros muito populosos. O que preocupa é que o projeto de comunicação está sendo feito silenciosamente utilizando avisos colados nas colunas recém invernizadas do terminal. Coloquei notas, lista de linhas e links no blog TTU Foz cujo link está acima.

segunda-feira, 19 de março de 2012

Encantos escondidos e desperdiçados: Cachoeira do Monjolo

Quantas cidades modernas você conhece que tenha uma cachoeira como esta localizada quase no centro? A cachoeira está às margens do rio Paraná - o sétimo maior rio mundo. Ela é a despedida na forma de desembocadura do rio Monjolo - um pequeno rio que nasce na área da cidade que pertence ao 34º Batalhão de Infantaria Motorizado onde está razoavelmente protegido. Fora da área do batalhão, há algumas nascentes totalmente aterradas, sufocadas ou extintas. Quando sai do Batalhão o rio vira esgoto. Nesta condição atravessa a cidade e se encaminha para a Terceira Pista da JK onde passa por baixo dela e ruma para um terreno murado de todos os lados onde é fétido. São os trechos finais da aventura do rio. Nos últms trechos, uma comunidade se estabeleceu formando uma "favela". Chegar ao local retratado na foto só pelo rio. A cachoeira é bela para vista mas fedida para o nariz. Por terra, o caminho é restrito a moradores da comunidade e pessoas dedicadas a um estilo de vida considerado bandido. O lugar já serviu para "desova" de corpos de vítimas do crime. As fotos são antigas e foram tiradas pelo empersário Alexander Schorsch idealizador do Passeio do Macuco. A foto foi tirada provavelmente de uma posição abordo do barco Iguassu Explorers. Alex Schorsch é autor de um livro rico em fotos sobre as Cataratas do Iguaçu e o Parque Nacional. Hoje a cidade discute a revitalização da beira do rio com a construção de uma Avenida Beira Rio. Aproveito para lembrar que esta cachoeira existe. Isso é para evitar que os planejadores sentados em escritórios no Planalto Central imponham um projeto que seja surpreendido pela cachoeira. Se ligue nisso e ajude a passar a voz!














sexta-feira, 16 de março de 2012

Daniela Baumhardt da Silva será homenageada em passeata de estudantes

Todos os estudantes de Foz do Iguaçu estão sendo convidados para participar da Jornada de Lutas da União Brasileira de Estudantes (UBES) e da Uinão Nacional de Estudantes (UNE). São conviados estudantes de todos os níveis: universitários, secuadaristas além de cursos técnicos e profissionalizantes. A pauta é longa mas se resume à exigência do ensino de qualidade. A presidente da União Municipal de Estudantes de Foz do Iguaçu (UMEFI) disse em reportagem na Gazeta do Iguaçu que Daniela Baumhardt da Silva será lembrada e homenageada na passeata com fotos, faixas exigindo segurança não só dentro do Colégio como no entorno. A passeata vai ser na quinta-feira, no dia 22. Onde? A concentração começa no início da Avenida Brasil esquina com a República Argentina próximo ao 34º Batahão de Infantaria Motorizado. Não esqueçam de cobrar. Não permita que o silêncio encubra a morte trágica e o desperdício de mais uma vida jovem em Foz do Iguaçu. Só há uma maneira de tirar Foz do Igaçu da lista macabra de jovens assassinados. Extinguindo o assassinato de jovens. Invetem um mundo diferente!

Só para você saber como andam as obras no TTU



As colunas de eucalípto do TTU começaram a receber a primeira mão de verniz desde que foi terminado e inaugurado



Precariedade do Conselho Tutelar de Foz do Iguaçu



Esta é a sala principal do Conselho Tutelar de Foz do Iguaçu. O ar condicionado está quebrado com este calor. É a sala de atendimento a0 público. É aquele lugar onde acontecem aquelas reuniões típicas de ambiente de conselho tutelar, onde o ar é tenso e a situação complicada. Só há um conselho na cidade que já poderia ter pelo menos mais um ou até dois. Esta é uma das grandes discussões da cidade agora. Segundo acordo entre a Prefeitura de Foz do Iguaçu e o Ministério Público, o segundo Conselho deveria ter sido instalado em janeiro de 2o12 mas não foi. Uma das afirmações da Administração em sua defesa pela desobediência é que o segundo conselho não foi criado na data combinada mas, em seu lugar, foram feitos investimentos na adequação da estrutura atual para assegurar melhores condições de trabalho para os conselheiros e equipe. Num desses passeios pela cidade visitei o Conselho Tutelar atual e vi más condições de trabalho em muitos "compartimentos" do órgão público. A sala de arquivo fica em uma edícula nos fundos. É onde são guardados mais de 4O mil processos ou documentos. A situação é preocupante se lembrarmos dos perigos para os documentos e a consequencia se os documentos soferem algum acidente: incêndio, tempestade etc. As fotos aqui mostram a situação desses vários cômodos. A caixa d'água para a descarga do banheiro que serve à área onde está o arquivo foi originalmente escondida entre o forro e o telhado. O forro acabou. Não gosto da palavra mas creio que neste caso se aplica "gambiarra". O banheiro principal também está precário. Além do azulejo que está descolando da parede, a pia está solta e se mexe ao sabor de qualquer toque.

terça-feira, 13 de março de 2012

Blog de Foz saúda o BlogTur 2012






Estive na abertura do Blog Tur 2 – o encontro de blogueiros do turismo no Hotel Bella Italia em Foz do Iguaçu. Em 2009 Maurício Oliveira do Trilhas e Aventuras veio a Foz a convite de Marcelo valente do Bela Italia e Loumar Turismo. Maurício me disse que propôs então ao Marcelo a possibiliade de lançar o evento. “Ele topou na hora”, disse. Como resultado em 2011 saiu o primeiro BlogTur em agosto que ganhou parcerias importantes na cidade entre elas a do superintendente de Comunicação da Itaipu Binacional, Gilmar Piolla. Foram escolhidos e convidados, via concurso, 14 blogueiros. Foi um sucesso. Agora nesse segundo evento se repetiu a dose com mais 14 blogueiros. A blogosfera brasileira dedicada ao turismo está bem representada. Confira quem veio:


Alexandra Aranovich de Porto Alegre do blog Destemperadinhos foi a primeira a se apresentar na abertura. A proposta do Destemperadinhos é "food experiences with kids" quer dizer gastronomia e viagem na companhia de crianças. Um bom tema e sem dúvida os pais necessitam de dicas sobre lugares em que possam ser felizes levando suas crianças. Faça uma visita ao blog para se deleitar com sugestões do tipo Chile para Crianças. A dedicada blogueira tem outro blog que segundo é feito com uma amiga e se chama Café Viagem.


Outra blogueira que está na terrinha é Ana Martinelli do Finestrino um blog que se inspira na janela (finestra, em italiano); uma olhada da janela do avião. "Já cliquei as Catarats do avião", avisou logo após ter chegado a Foz do Iguaçu. Cada blogueiro com seu tema, sua plataforma, um ponto de vista a partir de onde faz sua contribuição. No caso de Beatriz Mignolo o que ela gosta é do detalhe . "Procuramos o detalhe". Nos "destinos" (Esta palavra já começou a me trincar ...) ela e o marido visitam os "pontos turísticos" mas, commo ela disse, se interessam pela comunidade local. Está aí uma coisa interessante que as lideranças turísticas de todo o Brasol deve lembrar. O blog da Martinelli é o Viaje no Detalhe. Como já passa da 1h da manhã, darei aqui o nome e link dos blogueiros e blogs presentes.


Cidlan da Apresentação, Se Pluga no Mundo com muita iformação sobre intercâmbio, estudo, dicas de viagem. Clarissa Comim comartilha experiências e dicas em seu Viagem e Viagens. Como ela disse na sua apresentação, porque há viagem e viagem. Daniela Mendes começou o Dicas e Turismo em 2007 quando morava na Suíça. Ela entendeu que não havia muita dica sobre o país em português. Hoje as dicas vão além da Suíça. Gleiber Oliveira do Andarilhos do Mundo é médico, pelo que escutei. Blogar e viajar é uma paixão para Jonathan Padua que escolheu a "mochila" como sua plataforma é autor do Eu Vou de Mochila. Luiz Júnior é o autor do Boa Viagem. Marcos Coqs de Curitiba é autor do Viajão e a praia de Monique Ribeiro (na foto dando entrevista) são os esportes e viagens para praticar espoertes radicais daí o nome de seu Diario Radical. Na matéria que fiz para A Gazeta do Iguaçu eu disse que o blog cobre da Capadócia na Turquia ao Buraco das Arararas em Jardim (MS). Roberta Martins do Territórios viveu na Espanha e Marrocos onde sentiu a necessidade de compartilhar. Vivian Dornelles do Blog Dicas de Viagem é de Porto Alegre e dá dicas que vão de sua Porto Alegre nativa a sugestões de guias do tipo não vá para Amsterdã sem o Guia do Dani. Por fim, Maurício Oliveira do Trilhas e Aventuras que é o idealizador do encontro de blogueiros de turismo e organiza o evento com a Loumar Turismo, Hotel Bella Italia e a GOL na parte aérea.


Continua a reforma no TTU de Foz

O pessoal da Calhas Sul estava dedicado a tarefas como lixar, soldar a estrutura, substituição de calhas de lâmpadas aqui no TTU. A empresa tem sede no Loteamento Comercial e Residencial Cataratas do Iguaçu, aquele bairro ao lado do complexo aduaneiro, migratório, fitossanitário e epidemiológico da Ponte Internacional Tancredo Neves ou seja da "Aduana com a Argentina".
Uma vista das obras do lado de fora do TTU pela Travessa Luiz Gama. É aquela onde está uma fileira de barzinhos e onde está o ponto de ônibus da Linha Metropolitana que faz a viagem entre Foz do Iguaçu e Santa Terezinha de Itaipu. Um daqueles pontos de ônibus bem sofridos. Seria interessante ver se este precário ponto de ônibus estaria na lista dos pontos que receberão nova estrutura financiada pelo Ministério do Turismo.



Estação Tubo no TTU com entrada e saída pela Travessa Luiz Gama com destino ao Morumbi. Está fora de operação há muito tempo. Aproveitem para vê-las o mais rápido possível pois esses são os últimos dias delas no famoso logradouro púbico. Gosto dessa palavra "logradouro" parece que tem a ver com "lograr" no sentido de mais um exemplo de que o povo foi logrado. Por isso logradouro. Sobre logradouro, alguém escreveu no Yahoo Respotas: "...é o lugar onde vc escolheu para morar e ser logrado...". Outro, respondeu: "O que é ou pode ser fruído por alguém; passeio público; pastagem pública para o gado"




Esta Estação Tubo iguaçuense localizada no mesmo "logradouro" tinha como destino a Vila C via Ponte da Amizade. Não mais! Ela nunca mais embarcará gente para a Vila C e muito menos para a Ponte da Amizade. A estação fica no lado que dá acesso à Rua Mem de Sá, aquela do Bar Corujão. De lá, da rua, saem os ônibus para Puerto Iguazú e São Miguel do Iguaçu com conexões para Itaipulândia, Missal, Marechal Cândido Rondon entre outros municípios.

Trabalhadores da Vital Engenharia Ambietal, empresa do grupo Queiróz Galvão, podam árvores no TTU. A perigosa operação é sempre vista com muita curiosidade pelo público de Foz do Iguaçu que utiliza o famoso local. Como você sabe a população reclama pela pouca opção de lazer na Terra das Cataratas.

Passageiros da pioneiríssima Linha Metropolitana Foz do Iguaçu-Santa Terezinha de Itaipu aguardam o ônibus nesse moderno e interessante ponto de ônibus. Eu diria que 10 entre nove iguaçuenses não sabem onde fica o Ponto Final e portanto Ponto Inicial da linha Foz-Santa Terezinha ou Santa Terê-Foz. O desconhecimento se deve em parte ao fato da maioria não necessitar de ônibus, de ter carro ou de preconceito pela rua. Durante o dia, o lugar é tão seguro quanto possível. À noite, é outra coisa. E isso inclui o TTU inteiro!


Quem está sentado no banquinho do ponto de ônibus Foz - STI, está na frente da Barraqinha da ZZ que estava fechada na hora em que o local foi clicado. A ZZ vende cerveja, refrigerantes, salgadinhos entre outras coisas. A ZZ, com seu estilo, dá algumas dicas para quem pense em assaltar o local em busca de pertences e mercadorias quando o estabelecimento estiver fechado. Eu volto ao TTU com mais.

domingo, 11 de março de 2012

Mataram uma onça em Misiones: quem foi?

Uma onça foi morta no Parque Provincial de Urugua’í na Argentina. O animal era conhecido da comunidade dos biólogos e portava um rádio emissor-localizador. Ontem pela manhã, cerca de 1.300 turistas fizeram o passeio pelas trilhas das Cataratas do Iguaçu usando uma faixa preta no braço. Era uma declaração de luto pela morte da onça. Eles assinaram uma abaixo-assinado exigindo mais recursos e verbas além da contratação de mais guarda-parques tanto nacionais como provinciais para preservar a natureza de verdade. No site da Rede Onça (Red Yaguarete), sobre fundo negro (luto) aparece a pergunta “Quem foi” e pede que quem souber denuncie. No lado brasileiro, uma onça também foi morta (atropelada) no Parque Nacional do Iguaçu (Brasil) em 2009 e desde então sempre fiz esta pergunta: quem foi? E até agora nenhuma resposta. Além da resposta fácil: foi um carro do turismo. Nem mais uma palavra! Vai haver uma concentração amanhã no Hito (Marco) das Três Fronteras para protestar. Será às 17h!


sábado, 10 de março de 2012

Blog de Foz na Baia do Alto Rio Iguaçu: Piraquara e RMC








Em 2oo7 passei uns seis meses em Curitiba ou melhor em Piraquara cidade sede de um complexo penitenciário, cidade que concentra a maior parte dos mananciais de águas que abastecem Curitiba e Região Metropolitana, também cidade que junto com Quatro Barras tem crescimento controlado. Em Piaraquara, por exemplo, não se permite a construção de hotéis. Em Piraquara me dediquei a explorar nascentes, riachos, pequenos rios e rios só porque todos estão na Bacia do Rio Iguaçu e essa água toda um dia chegará às Cataratas do Iguaçu e à foz do rio Iguaçu. Na verdade a RMC é parte da BARI - Bacia do Alto Rio Iguaçu. A foto principal mostra um lugar que é visto por milhares de pessoas todos os anos. São algumas casas localizadas próximo à entrada do primeiro dos túneis encontradas na ferrovia Curitiba-Paranaguá para quem desce sentido litoral. O local ou bairro (distrito( se chama Roça Nova e pertence a Piraquara. Fiquei a esse local várias vezes. Fui de ônibus e voltava a pé para Piraquara. Uma das fotos menores mostram o túnel nº 1 da rota Curitiba-Morretes-Paranaguá. A maioria das pessoas nem notam o local. Mas quando estava po aí eu tinha vários sonhos um deles era ver a estação revitalizada, recuperada; as casas concedidas à iniciativa privada ou preferencialmente para uma cooperativa de artesãos, artistas e produtores rurais familiares. Eu sonhei também com uma base minha nessa casa de madeira com três janelas, sem pintura, que aparece na foto à direita. Em toda a região a ente vê ataques à natureza especialmente a rios e pequenos riachos ou córregos. Todos estão de alguma maneira subjugados. Como mostra a foto pequena à esquerda abaixo da foto do túnel. Clique nelas para ver em resolução maior. Tenho uma revelação secreta: eu andava todos os disas sobre os trilhos. Sozinho, com meus filhos e netos e até com minha esposa que na época estava grávida de três meses. O segredo é que apsar de viver nos trilhos nunca fui a Morretes de trem. Nunca peguei o Trem da Serra operado pela Serra Verde Express. Mas sobre os trilhos muita gete me cnhecia: maquinistas, membros das equipes de manutenção. E foi por ter conhecido tanta gente da equipe de manutenção que descobri, por exemplo, que houve um erro na construção da ferrovia Curitiba-Paranaguá. Ao lado do primeiro túnel do qual falei acima, há outro. O pessoal da equipe que conserva os trilhos me disse que o túnel foi furado errado. Parece que duas equipes trabalham na construção de túnel um delas errou o "prumo" e se desviou. Se você clicar na foto do túnel (primeira das pequenas acima) você o túnel "fantasma" ao lado.
Adicionar imagem












quinta-feira, 8 de março de 2012

Asfaltada Rua da Creche da Vila Borges

Olá amigos do Blog de Foz! Agora por fim recomeço a postar. Só agora a minha "situação" de internet foi restabelecida. Essa é a Rua Ronnie Peterson na Vila Borges em Foz do Iguaçu. As fotos mostram os trabalhos de asfaltamento da rua que é sede do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) da Vila Borges. A CMEI foi criada, fundada tijolo a tijolo pelo morador Oswaldo Goch. A rua que homenageia o piloto sueco de formula I, Ronnie Peterson é parte de um pacote de asfaltamento para atender a creches e postos de saúde de bairros iguaçuenses. No mesmo bairro foi beneficiada a Rua José Carlos Pace, onde fica a Escola Municipal João XXIII. Voltarei com mais sobre Oswaldo Goch esta semana. Semelhante ao vizino bairro do Morumbi, as ruas da Vila Portes têm como tema o esporte e presta homenagem a atletas, jornalistas e comentaristas esportivos.





LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região