quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Atenção - Começa a Reforma do TTU em Foz

Começou finalmente a reforma do Terminal de Transportes Urbanos (TTU). Desde que o pobre local foi inaugurado, a estrutura não recebeu sequer um parafuso novo em substituição de algum parafuso que sumiu. Nada de pintura, mãozinha fresca de verniz, manutenção dos blocos de tijolos (pavê) no piso, nada. Isso é normal nos prédios públicos. O prédio do Colégio Estadual Bartolomeu Mitre, por exemplo, foi revitalizado em 1997, um ano mais ou um ano menos, e desde então não recebe manutenção. Outro bom exemplo é o prédio do GRESFI que foi nosso primeiro aeroporto. O TTU é a mesma coisa. Talvez pior porque no pacote do TTU, veriam as estações tubos que não foram aprovadas nem pela população, pelos empresários dos ônibus e nem pela administração que se seguiu à administração de Sâmis da Silva. Como se vê na foto principal, a reforma começa com uma boa manicure nos pés das árvores: tudo quadradinho. Não sei se isso é bom para a árvore. Com as tempestades cada vez mais violentas, essas árvores sem raízes que dêem sustentação, vejo aí um grande perigo. A reforma real começou há alguns dias com a reforma dos "quadradinhos ao redor das árvres do canteiro central da Plataforma Um. Gostei da foto onde aparece um senhor que já fez bom uso do quadradinho deixado. Quanto às estações tubos, não quero perder o dia da remoção delas. Assim pararei no terminal todos os dias para não perder a remoção histórica das estações tubos. O pessoal da construtora contratada já começou a cavar sob a estação para começar a liberar as sapatas.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Começou o zum-zum-zum de ciclovia em Foz. Será que sai?

Recebi alertada asessoria do vereador Luiz Queiroga sobre um artigo publicado no blog dele onde afirma que as comissões permanentes da Câmara de Vereadores de Foz do Iguaçu irão começar a analisar o projeto de lei 02/2012, de autoria do vereador que “Autoriza o Poder Executivo Municipal a promover a implantação de ciclovias e ciclofaixas no Município”, em especial, nas principais vias públicas dos bairros, do centro e nas vias públicas que compõem o corredor turístico. Continue lendo a nota clicando aqui. Para mim esta questão de ciclovia é caso de vida ou morte. Não tenho carro. Não gosto de carro. Não sou fanático por carro,embora este ano eu precise comprar nem que seja um fusquinha para trazer a compra do mercado, carregar peso etc e levar a família para lugares mais distantes. Porém eu gosto mesmo é de rodar a cidade de bicicleta e não quero ser morto no trânsito prá lá de maluco. Bicicleta é opção de transporte - não é luxo, não é atestado de pobreza, nem de "chiqueza". Se ligue na figura (placa) acima. Leia mais sobre ela, a lei e distância em questão aqui.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Mais sobre o Jackie Chan, um autógrafo e como as notícias se espalham

A relação da imprensa, fotógrafos e astros é interessante. O astro se cerca de seguranças. Geralmente não traz a assessoria dele. E às vezes não traz sequer uma maquininha para tirar fotos. Quando retorna à sua base, não tem foto pessoal da viagem que fez. Daí, os assessores saem voando para a internet para achar foto do ator ou atriz tirada no local visitado geralmente pelas bravas almas que ousaram clicar. É o que aconteceu com Jackie Chan que passou pelas Cataratas e gostou. A última postagem no site oficial do ator e empreendedor chinês é sobre a viagem de negócios do ator ao Brasil (Foto). O crédito das fotos é dado para o Jornal de Londrina e o site VNews. Mas eu não iria postar uma segunda vez sobre Jack Chan nas Cataratas se não fosse mais duas coisas. Primeira, tenho um trunfo: o autógrafo de Jackie Chan dado lá de madrugada quando ele acabou de colocar os pés em solo iguaçuense. Quem pediu o autógrafo foi minha colega de trabalho Rubia Onuki que aparece aqui na foto menor à esquerda. Não foi fácil para ela conseguir! É isso aí, Rúbia!

A segunda coisa é uma reflexão. Pode-se dizer que Jackie Chan veio a Foz do Iguaçu? Vir às Cataratas é vir a Foz do Iguaçu? Ele soube que Foz do Iguaçu existe? É só uma reflexão em relação à visita de astros, autoridades e todos aqueles que chegam na terrinha, vão para o Hotel das Cataratas e voltam ao Aeroporto. É com você!

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Dia de Iemanjá em Foz, 2 de fevereiro 2012

A festa de Iemanjá de Foz do Iguaçu, realizada no dia 2 de fevereiro foi bonita. A mãe-de-santo Amanda Vieira disse que no ano passado compareceram cerca de 30 pessoas. Este ano foram muitos mais. E a esperança é que no ano passado sejam muito mais e assim se possa resgatar as festas realizadas em homenagem à Rainha do Mar, das Águas que eram realizadas em Foz do Iguaçu no tempo da Vovó Benedita. Este é meu desejo também. As duas fotos menores são reproduções do vídeo da RPC TV que pode ser assistido A Q U I. Não consegui fazer estas fotos porque cheguei atrasado e só cheguei porque consegui uma carona - poderia não ter chegado. Mas o chegar atrasado teve algo positivo. Ao chegar às margens do Rio Iguaçu, no Porto de Areia da empresa que explora esse setor, o barco Iguaçu Explorer tinha partido. O barco e o grupo que tinha ido fazer as homenagens, águas um pouco mais abaixo, já tinham saído e eu tive todo aquele espaço para mim e umas poucas pessoas. A quantidade de energia que havia na beira do rio era tão grande que me fez rir. Era um escândalo de energia. Veio à minha cabeça a ideia de que ali havia dez vezes mais energia que nas Cataratas do Iguaçu. Ou melhor, parece que até as Cataratas tinham vindo com todo o seu povo. Fiz a foto das velinhas que pareciam flutuar na água pouco profunda do Iguaçu.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Jackie Chan nas Cataratas do Iguaçu

A foto de Rachel Furtado da Cataratas do Iguaçu S.A. - empresa concessionária que administra a área de visitação do Parque Nacional do Iguaçu mostra Jackie Chan nas Cataratas do Iguaçu. Está todo mundo falando nas redes sociais sobre a simplicidade dele. Chan Kong-sang, seu nome de nascimento é uma espécie de embaixador nato. Ele é um elo importante entre a China e as grandes potências: Índia, Rússia, Estados Unidos, Inglaterra (Reino Unido) e tudo isso conseguido pelo talento dele, sua capacidade de misturar estilos e tendências e ser cidadão do mundo. Isso o levou a ser um empreendedor de sucesso na área das artes cênicas, artes marciais e arte da simplicidade. Nesta viagem Jackie Chan, de novo, J estava fazendo contatos e pontes. Ele veio a Foz em seu novíssimo jatro executivo particular Legacy 650 fabricado no Brasil pela nossa Embraer. Fazendo a ponte entre Brasil e China, Chan deverá ajudar a Embraer decolar na China onde ela já tem uma parceria. Grande jogada e grande tacada da Embraer ao "recrutar" um cliente desse porte. A China tem aspirações a produzir sua própria linha de jatos executivos. As fotos mostram, ele em São José dos Campos fazendo pose na fábrica da Embraer brincando com um berimbau - um instrumento musical que mais brasileiro do que ele, não existe. O Legacy do Jackie Chan, personalizado com as cores e as formas do dragão, no ano dele. Acima, como disse, a foto principal onde mostra Chan cercado por fãs e admiradores na terra das Cataratas. E parece que até turistas chineses que andavam nas cataratas foram pegos de surpresa pelo ídolo nacional de sucesso global.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região