quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Creio que não vou conseguir postar nada especial até entrado o próximo ano. Assim, aproveito para dizer: até lá e tudo de bom para vocês! (Meu computador foi pro brejo, o celular também daí aproveito e me desconecto por uns dias). Feliz 2010!

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Filmagens da PF repercutiram no Paraguai: e daí? E aqui?




As imagens feita pela Polícia Federal utilizando câmeras especiais para filmar na escuridão e levadas ao ar pelo Fantástico TV Globo), repercutiu no Paraguai. No jornal Vanguradia on line alguém postou o seguinte comentário:

“Gobierno va, gobierno viene, pero las pistas clandestinas y sus operarios, los contrabandistas, narcos, mauseros, traficantes de armas, etc, siguen operando normalmente. Ndaipóri remédio”.

Entendeu? Palavra difícil aí só há duas “mauseiro” que quer dizer falsificador e a última frase: ndaipori remédio onde “ndaipori” significa – não há.

O Vanguarda fez uma foto da filmagem que aparece aqui com marca d'água. A foto de baixo é minha. Tirada às 10h da manhã que mostra um portozinho estilo tobogã logo no outro lado do rio e visível de qualquer prédio do centro do lado de cá.

A filmagem da PF mostrada pela rede Globo nos mostra um exécito de gente carregando e puxando muamba. Isso mostra, no meu ver, como Foz do Iguaçu, Ciudad del Este e Puerto Iguazu continuam sendo produtoras de mão de obra barata; produtoras de peões, laranjas, nunca deixamos de ser uma grande "obraje" ou "obrage" cheia de muitos, mais muitos "mensús" ou "mensúes". Estou falando na linguagem das grandes propriedades dos barões da erva mate. Foz do Iguaçu não deveria mais estar na lista
dos "coronelatos de barranco". O pior é que o coronelato de barranco da muamba mata gente. Muita gente! Esta é a razão de sermos parte da lista das cidades onde mais se mata jovens. Uma pena!

E aí? A situação tem jeito? Vai continuar assim? Eu conversei com uma autoridade do Paraguai que me disse que tudo isso tem prazo: 2015. Por quê? Isso a gente fala aos poucos e até lá, quem sabe? Isso acontece no momento em que a OIT fala sobre "trabalho decente". Você sabe o que isso?

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Maternar de Cascavel oferece Parto na Água!


A enfermeira obstétrica Tatianne Frank de Cascavel acrescentou um comentário à postagem que fiz esses dias sobre o Parto na Água realizado em Foz do Iguaçu pela equipe do Hospital Ministro Costa Cavalcanti e chefiado pelo médico mineiro Barbosa da Silva da Casa de parto do Hopsital Sofia Feldmann de Belo Horizonte. Tatianna da Maternar informou que em novembro foi realizado parto na água em Cascavel. Clique na postagem oroginal para ver o comentário dela. (A foto é ilustrativa. Vem de um site dinamarquês que pertence a Fjordblink que fabrica banheiras para parto).

Campanha! Pressione Copenhague 2009

O Encontro de Cúpula de Copenhaguen está indo pro brejo. Repasso e reforço aqui a campanha da Avaaz que nas próximas 72 horas (menos agora) vai apresentar uma abaixo assinado com 11 milhões de assinaturas. Com mais 10 milhões do Greenpeace são assinaturas suficientes para pressionar os negociadores! Segue a Nota:

Caros Amigos:

Com apenas três dias para terminar, a Conferência de Copenhague está falhando.
Amanhã, os líderes globais irão chegar para um encontro inédito de 60 horas diretas de negociações. Os especialistas concordam que sem a pressão da opinião pública global por um acordo forte, o encontro não conseguirá impedir o aquecimento global catastrófico de 2 graus.

Clique abaixo para assinar a petição por um Acordo pra Valer - a campanha já conta com um número surpreendente de 11 milhões de apoiadores - vamos transformá-la na maior petição da história nas próximas 72 horas! Os nomes serão lidos diretamente na Conferência de Copenhague - assine AQUI ou no link abaixo e envie este alerta para todos os seus contatos!

A equipe da Avaaz está se reunindo diariamente com os negociadores em Copenhague e iremos providenciar uma entrega espetacular da petição aos líderes a medida que eles forem chegando. Os nomes serão colocados em um muro gigante de caixas e serão lidos um a um. Com a maior petição da história, os chefes de estado não terão dúvida de que o mundo inteiro está atento ao que está acontecendo.

Milhões de pessoas assistiram pela televisão a vigília da Avaaz dentro do encontro, onde o Arcebispo Desmond Tutu disse a centenas de delegados e crianças reunidas:
"Marchamos em Berlim e o muro caiu.
"Marchamos pela África do Sul e o apartheid caiu.
"Marchamos em Copenhague - e vamos conseguir um Acordo pra Valer."
Copenhague busca o maior mandato da história para deter a maior ameaça que a humanidade já enfrentou. A história será escrita nos próximos dias. Como nossos filhos vão se lembrar deste momento? Vamos lhes dizer que fizemos tudo o que podíamos.


http://www.avaaz.org/po/save_copenhagen

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Parto na Água: em Foz do Iguaçu, Paraná


Fotos Nilton Rolin / Itaipu Binacional

Parto não é doença. Então por que a gestante tem que ser hospitalizada e compartilhar enfermarias em pavilhões onde há risco de infecções?

As duas fotos acima mostram um momento digno de comemoração. O Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC) de Foz do Iguaçu realizou, há pouco, os dois primeiros partos na água na Terra das Cataratas. É possível que tenha sido os primeiros do Paraná. Será?

A foto de baixo que, na organização do blog é a primeira, vemos o pequeno Lucas, recebendo os primeiros afagos da mãe Maria Candelaria Ríos Irazábal que acabava de chegar ao mundo via parto normal em uma banheira aquecida a 37°(graus)centígrados ou seja temperatura do corpo humano.

Lucas Vinicius Ríos da Silva, chegou e "desembarcou" na água, sem choque, não levou tapinha na bunda para respirar e não passou pelo trauma misturado com agonia para chorar o seu primeiro choro. O cordão umbilical que uniu o Lucas à mamãe por nove meses foi cortado sem pressa e só depois dele estar deitadinho sobre o busto da mamãe que naquele momento já sorria com satisfação, a Dra Glaucia supervisionada pelo Dr. Lucas Barbosa da Silva, cortaram o córdão até então vital.

Vamos por parte: o Dr. Lucas Barbosa da Silva, do Hospital Sofia Feldman e do Hospital das Clínicas ambos de Belo Horizonte, esteve em Foz do Iguaçu para dar um curso de parto na água para médicos e enfermeiras e equipe multidisciplinar do HMCC.

A ginecologista Gláucia Menezes contou que a banheira para partos é um dos equipamentos que o Ministerio da Saúde está exgindo das novas e futuras maternidades e daquelas antigas que pensam em reformas. É o caso HMCC. Desde 2003 o Hospital Costa Cavalcanti planejava a reforma que materializou-se em 2008. Na véspera da reforma, saiu uma norma do Ministério da Saúde exigindo adaptações nas estruturas de maternidades para, por sua vez, adaptar-se ao conceito de Parto Normal Humanizado. Um deles é aquele que eu usei para abrir esta postagem: parto não é doença.

Destaco que na entrevista que me concedeu, o Dr. Luiz Barbosa da Silva disse que, segundo números da Organização Mundial da Saúde, somente 20% ou 30% dos partos exigem a presença de um médico.

Voltando a Dra Gláucia, ela disse que entre as mudanças, estão: as área de parto dos hospitais devem ser isoladas do resto do hospital em si. A área exclusiva para atender gestantes deve ter um PPP ou seja uma área integral onde os três Ps (Pré-parto, parto e pós-parto) devem acontecer. Espera, acompanhamento, parto e pós deve acontecer em uma área interligada e exclusiva.

Opcionalmente, as áreas de parto, podem ter ainda uma sala para "ambulação"* onde a gestante possa dar passos, caminhar, rodar. Como há barras de ferro na parede (como aqueles em escolas de dança)as mulheres podem se exercitar. Há também uma sala especial para atendimento fisioterepêutico que entre outras coisas possui aquelas bolas para execícios com acompanhamento de fisioterapêutas. A banheira para parto é um equipamento opcional - ou seja o HMCC poderia não ter construído a sua ate por limitação de espaço físico. Mas ainda bem que o HMCC construiu a banheira onde nasceram Lucas Viniciu Ríos da Silva e a pequena Emily. Nenhum dos dois é segundo a nada ou a ninguém. Ele é o primeiro menino e ela a primeira menina - ou ainda pensando alto - o primeiro casal-bebê a nascer pelo método inteligente do "parto na água".

* Ambulação: andar à volta, deambular, passear (Houaiss)
Para saber mais:
Amigas do Parto
Hospital Sofia Feldman
En la Argentina

sábado, 12 de dezembro de 2009

Poder de Policia para a Marinha! Eu gosto!

Até amanhã, domingo, estaremos vivendo a Semana da Marinha do Brasil. Em Foz do Iguaçu houve uma boa programação e eu gostaria de ter participado mais. Não consegui ir a uma cerimônia sequer. Mas, estou escrevendo aqui por causa de uma notícia que saiu nos jornais: Marinha Ganhará Poder de Polícia. O link que acabo de dar acima é para a notícia comentada em um blog (blogueiro prefere blog) especializado em assuntos navais. A noticia tal qual saiu em jornais nacionais e agências de noticia foi essa:


Brasília - "O presidente Lula enviou ontem ao Congresso o projeto de lei complementar que reformula a Defesa e as Forças Armadas, concedendo à Marinha e à Aeronáutica o poder de polícia atribuído atualmente só ao Exército.

As duas Forças poderão revistar aviões e embarcações e eventualmente apreender suas mercadorias e dar ordem de prisão a seus ocupantes nas regiões transfronteiriças, que abrangem a faixa de 150 km até a divisa com os outros países..."


Como você vê, é o nosso caso! A Marinha em Foz do Iguaçu é representada pela Capitania de Portos do Rio Paraná que funciona próximo à Praça da Marinha. A Marinha, no lado de cá da cidade, próximo ao rio, sempre deu a tranquilidade que Foz do Iguaçu precisou. Hoje, a cidade vive uma situação que me parece ridícula. Os iguaçuenses não podem chegar até a beira do rio para visitar o seu antigo "Porto Oficial". A juventude iguaçuense não sabe onde ficou, onde funcionou o Porto Oficial. Era o Porto que recebia as embarcações que viam do Paraguai. Era onde se pegava barcos para ir ao Paraguai. Havia outro porto: o do Porto Meira que deonde pegava barcos para a Argentina hoje também fora do acesso da geração atual.

Faço esses comentários só para colocar esta discussão em pauta em Foz do Iguaçu e onde quer que se viva uma situação similar. A Marinha com poder de abordar embarcações, ver o que traz, prender a carga e até pessoas poderia ser uma solução para a nossa situação atual: ninguém manda no rio. Me parece que poder de policia para a Marinha e Aeronáutica seria um repetição da medida que deu poder a Policia Rodoviária Federal de colocar a mão na massa na guerra contra o contrabando e descaminho nas BRs do Brasil. Antes a PRF se limitava a assegurar que os documtos estavam bem e que o cidadão estava levando triângulo. O link que dei acima tem uma fileira de comentários e comentários bons da galera que está por dentro do assunto. É bom entender do que se trata! E para a Marinha que está de festa - Parabéns!

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Semáforos na Avenida República Argentina: Novidade!

Foto 'bairronauta' Saida da Osvaldo Goch, entrando na República quase de frente à HS Madeiras!

Coincidência ou não, o semáforo instalado há poucos dias na Avenida República Argentina na equina com a Osvaldo Goch - aquela que vai para o Conjunto Residencial Megaville, começou a funcionar ontem pela manhã. Semáforo e Maxxi Atacado foram inaugurados no mesmo dia. Mais à frente, logo começa a funcionar o semáforo número dois da "Alta República". É aquele na esquina da Avenida da República Argentina com a Avenida Jules Rimet. Os dois semáforos são importantes porque evitam que os suicidas que desembocam na Avenida se choquem com os kamikazes que voam nela. Falando em suicida, eu me lembrei de um acidente que aconteceu no 'Día de los Muertos' ou Dia dos Finados no entrocamento Jules Rimet-República Argentina (Foto). Foi terrível. O chassi da moto entortou.

O movimento de carros na Avenida R. Argentina é intenso. Os acidentes ocorrerão. Peço aos motoristas que se lembrem que agora tem semáforos. Convido a todos a boicotarem o crescimento do PIB ligado aos acidentes. Quanto mais acidentes ou quanto maior o medo dele é bom para a indústria farmacêutica, seguros, certas áreas médicas, vários profissionais ou categorias. Por fim é bom para o setor imobiliário "cemitérico". Adoro a República Argentina! Peço as autoridades que liguem o semáforo dois com a maior urgência possível. E, se possível, melhorem a sinalização na frente do Hiper Muffato também da República. À noite está mal. De dia, também! Já que a área é a área dos Supermercados vamos levar a sério! Que ajeitemos tudo!

Vou contar uma piada real e séria. Uma noite eu vinha passando pelo Hiper Muffato quando uma moto passa voando e logo à frente cai como se fosse uma maça madura. O motoqueiro é ejetado para o chão, se contorce meio tonto, torna à realidade e vê quatro coturnos pretos bem engraxados na frente dele. Eram os pés de dois policias da ROTAM. Os policiais atenderam o projeto de kamikaze com a melhor presteza; o ajuram a levantar, erguer a moto e ver se tudo estava bem. Daí, como polícia é polícia, no momento em que eu passava escutei: tá bem mesmo? Deixe-me ver seus documetos! E os documentos da moto? Onde você mora? Por que caiu? Espere! Não tenha pressa de ir embora!

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

MAXXI ATACADO INAUGURA EM FOZ DO IGUAÇU


Press Release / Comunicado de Imprensa oficial
(É do dia anterior à inaugração. Mas tem dados interessantes)



Atacadista do Walmart Brasil recebeu R$ 22 milhões de investimento e gerou mais de 120 novos postos de trabalho para a cidade


Foz do Iguaçu, 09 de dezembro de 2009 – O Walmart Brasil inaugura amanhã (10), às 9h, na Avenida República Argentina, 4930, bairro Jardim Esmeralda, sua primeira unidade Maxxi Atacado no oeste do estado. O Maxxi é o formato atacadista da rede, voltado a abastecer estabelecimentos como minimercados e restaurantes, além de pessoas físicas, principalmente das classes C, D e E. A loja recebeu investimento total de R$ 22 milhões e terá cerca de 5 mil produtos e 16 check-outs, distribuídos em uma área de venda de aproximadamente 4 mil m2. “Passamos por um momento importante para o Walmart Brasil, estamos muito satisfeitos em poder realizar mais este investimento e participar ainda mais da vida da população de Foz do Iguaçú. Nossas promessas com esta nova loja são qualidade e preço baixo todos os dias”, afirma Marcelo Dalmaz, diretor de operações do formato Maxxi Atacado. O empreendimento gerou mais de 120 empregos diretos – valorizando pessoas residentes no próprio município.

O formato Maxxi – Presente com 38 lojas nas regiões Nordeste, Centro-oeste e Sul, a loja diferencia-se do varejo tradicional por oferecer produtos em embalagens maiores e outros em caixas fechadas, no mesmo formato entregue pela indústria. Para as compras que podem ser feitas por pequenos empresários ou donas de casa, não é necessário cadastro prévio nem o pagamento de anuidade.

O Maxxi Foz promete oferecer produtos que, em média, serão 15% mais baratos se comparados com concorrentes do varejo, e preços 5% menores que outros atacadistas. “Este é um dos diferenciais das lojas Maxxi. Seu intuito é proporcionar aos clientes produtos de qualidade, com mais economia”, afirma Dalmaz.

Mais serviço – Além dos tradicionais departamentos como açougue, bebidas, mercearia, congelados, limpeza, a nova unidade vai oferecer aos clientes os serviços de uma Casa de Câmbio e da Drogaria Maxxi. Serão mais de 3,4 mil medicamentos em cerca de 50m2 de área de venda, com atendimento de cinco funcionários. A Drogaria contará também com a campanha permanente de genéricos: em uma lista de mais de 500 produtos, o cliente paga, no máximo R$ 9,90.

O investimento no Estado – A primeira loja atacadista do Walmart no município faz parte do plano de expansão do grupo no Paraná em 2009. Sua aposta é no crescimento do poder aquisitivo dos consumidores brasileiros das classes C, D e E. O Maxxi Foz é a quinta loja da bandeira no estado, e a segunda aberta em 2009 pelo Walmart. A rede já possui um hipermercado BIG na cidade, que mantém atualmente cerca de 320 postos de trabalho.
Ainda em dezembro será inaugurado um supermercado Todo Dia em Curitiba, de R$ 3 milhões. Ao todo a empresa criará cerca de 270 empregos diretos só em 2009. E, para 2010, dois hipermercados BIG estão previstos para o Paraná. Um em Maringá e outro em Londrina.

Iniciativas sustentáveis – Como em todas as novas construções e reformas do Walmart, no Maxxi Atacado de Foz do Iguaçu também foram adotadas medidas em alinhamento com o conceito de Sustentabilidade. Para a redução do uso de energia da loja, foram instaladas lâmpadas modelo T5, que economizam até 20% de energia e têm vida útil maior, reduzida em 20% na altura da área de vendas. A unidade conta com clarabóias, que permitem a entrada de luz natural. Nos banheiros, há torneiras com temporizador (que controla a vazão da água), bem como mictórios a seco, para diminuir o consumo de água. Nos telhados, um sistema de bombeamento foi instalado, a fim de reaproveitar a água da chuva para reuso na unidade.

No sentido de dar o destino correto aos resíduos recicláveis dos clientes, uma Estação de Reciclagem foi instalada no estacionamento, além de uma caixa de coleta de embalagem e um coletor de pilhas, baterias e garrafas de vidro. O piso da área de vendas é de concreto exposto, que usa menos matéria-prima, pois não precisa de revestimento, além de diminuir o consumo de materiais de limpeza por ser de fácil manutenção.

Boas ações – Uma instituição beneficente irá comemorar com o Walmart a chegada do novo atacadista à cidade. A entidade local Viva Bia, que atende pessoas portadoras de deficiência, foi escolhida pela equipe da loja para ser presenteada com um cheque no valor de R$ 5 mil reais. Essa prática é mantida pelo Walmart Brasil em todo o país a cada abertura de nova loja, dando início às iniciativas sociais das unidades junto à população de seu entorno. O objetivo é buscar o envolvimento com a comunidade e catalisar mudanças nas regiões onde o Walmart e suas lojas estão presentes. Coletas de doações, campanhas de vacinação e atividades de conscientização e integração são alguns exemplos de ações a serem desenvolvidas na seqüência.

Walmart no Paraná – O Walmart chegou ao Paraná em 1998, com a abertura de uma loja Supercenter e um Sam’s Club em Curitiba. Em dezembro de 2005, às suas cinco lojas no Estado se somaram outras 35 adquiridas do Sonae. As atuais 40 unidades do grupo no Estado se dividem em 23 Mercadorama, 9 BIG, 3 Walmart Supercenter, 5 Maxxi e 2 Sam’s Club, presentes na capital e outros sete municípios – São José dos Pinhais, Pinhais, Ponta Grossa, Umuarama, Foz do Iguaçu, Maringá e Londrina.

Maxxi Atacado de Foz do Iguaçu: Inaugurou


Foto 'bairronauta': prefeito Paulo Mac Donald Ghisi conversa com Julio César Gutierrez, diretor de operações.

A Loja Maxxi Atacado da Wal-Mart Foz do Iguaçu foi inaugrarada há meia hora. O prefeito de Foz do Iguaçu estava lá. Na inauguração o prefeito começou o discurso perguntando: o que está acontecendo com Foz do Iguaçu e falou sobre a recente "invasão" de investimentos. Ele disse ainda que o bairro e a cidade estão de parabéns pelo privilégio e aproveitou para anunciar que há duas grandes indústrias (anote aí) querendo se instalar no Distrito Industrial. Uma vai empregar mil pessoas e a outra vai absorver 300. Do Wal-Mart viearam para a inauguração o Gerente geral da rede para o Paraná, Julio César Gutierrez e o diretor de operações para o Paraná, Marcelo Dalmaz. Segundo Dalmaz, a rede em Foz do Iguaçu emprega 300 pessoas no BIG e agora acrescenta mais 120 empregos no Maxxi Atacado da Avenida República Argentina. O Prefeito saudou e parabenizou a rede e os iguaçuenses que estão de emprego novo.

Dados da Loja:

InvestimentoR$ 22 milhões
Empregos: 126
Área de venda: 4 mil m²
Check-outs: 16
Área construída: 6,5 mil m²
Estacionamento: 327 vagas
Variedade: 5 mil produtos
Horário: Segunda a sábado, das 8h às 22h, e aos domingos e feriados, das 10h às 18h
Endereço: Avenida República Argentina, Esq com Osvaldo Goch.

Fonte dos dados: Assessoria Wal-Mart / Excom

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Lembra do Unico? Bilhetagem eletrônica em Foz.


Foto 'bairronauta' abordo do ônibus TTU - Parque Nacional do Iguaçu (repito a foto)

Olá amigos do Blog de Foz: Retransmito aqui um "release" - ou comunicado para a imprensa sobre o Unico - Sistema de Ticketagem Eletrônica. É oficial da ACIFI - Associação Comercial e Industrial de Foz do Iguaçu!

Bilhetagem eletrônica entra em operação em Janeiro de 2010

Todas as empresas iguaçuenses que oferecem vales-transportes aos seus funcionários terão de se adequar ao novo sistema de bilhetagem eletrônica que entrará em vigor no início do próximo ano. De acordo com a legislação vigente, a partir do dia 4 de janeiro não será mais possível a compra de vales-transportes em papel em Foz do Iguaçu. Os vales adquiridos antes desse prazo terão validade somente até o início de março de 2010.

A empresa Único Foz será a responsável pela operacionalização do sistema eletrônico dos cartões que substituirão os vales-transportes de papel, incluindo a emissão dos cartões nominais até a recarga mensal dos mesmos.

A recarga é feita eletronicamente, com base nas informações de cada empresa. É gerado um boleto para pagamento dos cartões e a recarga é liberada até 48 horas após a quitação desse título.

Todos os trabalhadores de Foz que recebem vale-transporte terão de ser cadastrados para que a Único Foz emita o cartão nominal e intransferível. O primeiro cartão não terá custo para o empregador ou o empregado.

O cadastro deve ser feito pelo responsável do departamento pessoal de cada empresa iguaçuense que fornece o vale-transporte, através do site www.unicofoz.com.br.

Nesse site existe a opção mais simplificada para empresas de médio e grande porte, se preferirem, fazer os cadastros dos seus funcionários.

Agilizar o cadastro dos funcionários evitará atrasos na emissão dos cartões eletrônicos.

Mais informações podem ser obtidas na central da Único Foz, que fica na rua Mem de Sá, 449, ou pelo telefone (45) 3027-0100. E ainda através do site: informacoes@unicofoz.com.br.

Mônica Cristina Pinto
Assessoria de Imprensa da ACIFI

Wal-Mart Maxxi Atacado Foz: inauguração amanhã!




Foto 'bairronauta'

A Loja Wal-Mart Maxxi Atacado de Foz do Iguaçu inaugura amanhã. Desejo sucesso a todos. Não tenho detalhes como será. A faixa anuncia que a inauguração será às 9h da manhãde amanhã. As três fotos acima mostram três momentos. A primeira foto que tirei da construção está aí. É pelo menos uma lembrança! Para quem não sabe, a nova e primeira loja do Maxxi Atacado-Foz fica na Avenida República Argentina equina com Osvaldo Goch.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Que ônibus pego para ir?

Ao Marco das Três Fronteiras?
Ao Centro de Visitantes da Itaipu Binacioal
Ao Parque Tecnológico da Itaipu (PTI) Binacional
À Universidade da Integração Latinoamericana
Centro de Visitantes do Parque Nacional do Iguaçu
Caique do Morumbi?
Caique do Ouro Verde
Á Mesquita Ibn al-Khattab
À Escola Libanesa
À Unioeste?
Á Uniamérica?
Ao Cesufoz?
Ao Templo Budista ORBI

Que ônibus eu pego da Rodoviária para o Bairro Cognópolis?

O Blog de Foz está recebendo uma boa quantidade de e-mails de pessoas de todo o Brasil que escrevem pedindo informações. Respondo a maioria assim que vejo o comentário ou e-mail. Hoje vi um e-mail de um internauta que me perguntou: que ônibus devo pegar da Rodoviária de Foz do Iguaçu que passe pela Avenida Felipe Wandscheer e vá até o bairro Cognópolis?

Resposta 'bairronauta':

Quem está na Rodoviária Internacional Miguel Samek de Foz do Iguaçu e quer ir ao CEAEC (centro de Altos Estudos da Conscienciologia) no Bairro Cognópolis onde estão todas as entidades ligadas à conscienciologia, deve pegar qualquer ônibus urbano local (cuidado aí tem ônibus para o Paraguai e para São Miguel do Iguaçu) que indique que vai para o Centro, via TTU (Terminal de Transporte Urbano). Aparece também a palavra "Integrado".

Desça no TTU e, sem pagar a passagem, descubra a plataforma de onde sai o ônibus que vai para o Jardim São Roque (380) via Mata Verde. O terminal desse ônibus é na Esquina da Rua da Cosmoética com a Felipe Wandscheer. Esse é o ônibus que voce quer. A empresa que faz a linha é a Viação Itaipu (ônibus amarelo e preto)


Se o destino é o CEAEC é só caminhar. A partir da antiga sede campestre da antiga Churrascaria Cabeça de Boi na Felipe Wandscheer você já está no Bairro Cognópolis! Boa Viagem e Boa Chegada!

Nota:
Aproveitando a dica, colocarei no Blog outras dicas "que ônibus pegar"

Viagem aos Caminhos do Lago: um Blog Reportagem


Olá colegas e amigos do Blog de Foz:
Recentemente tive a oportunidade de percorrer vários municípios da Costa Oeste do Paraná. Municípios que hoje participam de um conglomerado turístico chamado Cataratas do Iguaçu & Caminhos ao Lago de Itaipu. Embora a proposta do conglomerado seja eminentemente turística eu vi nela muitas oportunidades para aprofundar o nosso conhecimento sobre a região, a história, gente que vive nesses municípios, comida, projetos,atrações, festas etc. Por isso, eu organizei um blog contando um pouco sobre a região. O blog se chama Cataratas e Lago e você pode chegar nele clicando aqui. A viagem foi organizada pelo SEBRAE-Paraná. Meus agradecimentos! Vá lá e conheça, por exemplo, a Dona Lucila e a capela que ela construiu para a Nossa Senhora dos Milagres de Caacupé! E muitas outras.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Leodato Fernandes: Blog de Foz procura parentes. Vamos fazer uma reunião de Família!


Leodato Fernandes

Há algum tempo o Blog de Foz fez uma pequena publicação e homenagem a Leodato Fernandes, topógrafo do DNER responsável pelo levantamento e trabalhos topográficos para a construção da Ponte Internacional da Amizade. Leodato foi o braço direito do engenheiro paulista José Rodrigues Leite de Almeida que assinou o Projeto da Ponte da Amizade. No ano passado escrevi um artigo sobre Leodato Fernandes e a Ponte da Amizade na Revista 100 Fronteiras para comemorar a Ponte e sua inauguração. Leodato Fernandes foi uma figura altamente conhecida e ainda hoje lembrada na cidade. Esses dias eu estive conversando com Irineu Basso, fundador da Boca Maldita ali na Avenida Brasil e ele junto com outros colegas riam lembrando das coisas que o Leodato aprontava. Eu conheci uma filha de Seu Leodato. E não fui sou eu. Ela se chamava Leontilda e foi uma mãe para um monte de jornalistas da Gazeta do Iguaçu na época dura quando a limusine do jornal era um fusca verde prateado. Foi ela quem me cedeu a foto acima. Ela já faleceu, pelo que fiquei sabendo.

Esta postagem aqui tem um propósito: ajudar a encontrar parentes e descendentes de Leodato Fernandes. Estou procurando a Sra. Miriam Fernandes filha de Leodato Fernandes que mora em Porto Alegre. Ela fez um comentário em uma das postagens nesse blog mas não deixou um endereço de correio eletrônico para retorno. Entre em contato comigo Dona Miriam. Coloco meu e-mail em baixo. Estou tentando colocar Miriam Fernades em contato com Gilberto Fernandes, Mari Fernandes e outros Fernades que vivem em Rio Branco, Acre.

Assim, procuro também netos de Leodato que conheci em Foz do Iguaçu. Entre eles o Caco e a Andréia. A Andréia também está em Porto Alegre. O Caco está em Foz. Não faz muito tempo vi a esposa dele com um bisneto de Leodato num supermercado. Ajudem! É com esses pequenos contatos que podemos ajudar a montar a historia de Foz do Iguaçu. Leodato é nome de Rua em Foz do Iguaçu. A sede da Rede Massa (SBT no Paraná) fica na Rua Leodato Fernandes. Inclusive o nome que aparece na placa está errado. Lá está escrito Leodório ou Leotário ou algo assim. A Câmara de Vereadores já aprovou uma retificação do nome. Será que já retificaram? Esses dias estive na Rua e perguntei a um senhor que mora nela sobre quem foi Leodato Fernandes? Ele disse que não sabia mas que de qualquer maneira estava propondo a mudança do nome e colocar o nome de uma pessoa conhecida que ele sugeriu. Ele disse que estava conversando com a Câmara de Vereadores. Eu disse a ele que seria bom pesquisar. Tudo tem um motivo. Disse também que Foz tem história e que a cidade não nasceu de chocadeira. Não podemos deixar isso acontecer. Foz do Iguaçu tem historia e foi feita por leodatos, leites de almeidas e outros que construiram a cidade.

Quem deixar comentários sobre o assunto por favor deixe um e-mail para contato e de preferência mande cópia para limajac@gmail.com

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Rodoviária Internacional de Foz do Iguaçu ou Terminal Rodoviário (Internacioal) Miguel Samek



Quando Foz do Iguaçu completou 78 anos no dia 10 d junho de 1992, o prefeito de Foz do Iguaçu, Álvaro Neumann, vereadores e autoridades entregaram ao público viajante local a nova rodoviária de Foz do Iguaçu. Meses mais tarde, em novembro do mesmo ano, uma plaquinha comemoratiova foi colocada lá. Na placa a rodoviária de Foz do Iguaçu é chamada de Terminal Rodoviário Internacional Miguel Samek. Hoje, a Rodoviária é iodentificada como Rodoviária Internacional de Foz do Iguaçu. Como gosto das coisas ligadas à comunicação muito claras, decidi adotar, unilateralmente o nome oficial da Rodoviária em todas as postagens neste blog e nos outros da família. Ficará assim: Rodoviária Internacional Miguel Samek - Foz do Iguaçu. Ou Terminal Rodoviário Internacional Miguel Samek de Foz do Iguaçu. Em espanhol: Terminal Internacional de Omnibus Miguel Samek de Foz do Iguaçu. Mas ficar legal mesmo é en inglês: Miguel Samek International Bus Terminal Foz do Iguaçu. E aproveito para colocar duas fotos. Uma mostra a área da Rodoviária Internacional Miguel Samek de onde partem os ônibs que fazem a Linha Metropolitana Internacional Urbana ou Linha Circular Internacional Urbana ou ainda Linha Internacional Metropiltana Urbana, Quem disse que é fácil descrever as coisas de Foz do Iguaçu e sua área metropolitana internacional urbana? A outra foto também minha mostra um temporal se armando sobre a rodoviária. Pode se ver cmo estava no momento!. É isso, não é?

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região