quinta-feira, 30 de junho de 2016

Revitalização da Ponte da Amizade será entregue amanhã

Clique na imagem para ampliar
Aqui está o convite ... voltaremos ao assunto amanhã

Cineasta brasileiro participa com documentário no Festival de Cinema do Saara




O cineasta Samir Abujamra  é o representante brasileiro no Festival Internacional de Cinema do Saara (FISAHARA) em outubro. Ele vai apresentar o seu último documentário "O Deserto do Deserto". O Festival acontece em outubro nos campos de refugiados saharaui em Tindunf na Argélia.  A informação foi dada em primeira mão pelo representante da Frente Polisario, na prática embaixador da República Saharaui no Brasil, Mohamed Bahia durante visita a Foz do Iguaçu.  
Samir Abujamra na África. Projeto Sumir
O documentário foi filmado no Saara e conta história do povo sarauí nativos do deserto na região que até 1075 foi colônia da Espanha. Era conhecida como Saara Espanhol. 

Mohamed Bahia
Em 1975, a Espanha decidiu abandonar a colônia passando o controle dela para o Marrocos, ao norte e à Mauritânia, a sul, em vez de investir no processo de descolonização e levando o povo saarauí (Saharaui) à autodeterminação.  No sábado, 2 de julho, haverá uma sessão premier do filme em Londres patrocinado pela ONG Sandblast (Convite, acima) que apoia a luta dos saharahuis. 
Segundo Mohamed Bahia, a União Africana considera que o território sarahuí ocupado é hoje a última colônia na África. O Brasil reconhece o direito à auto-determinação do povo saarauí mas não reconhece a República. Segundo o embaixador, só três países na América Latina não reconhece o país.  Em 2914 enquanto rodava o documentário, teve um acidente com uma mina terrestre na região de conflito. Para manter os saarauis fora do território, o Marrocos construiu um muro-trincheira de mais de 1500 quilômetros protegidos por 10 milhões de minas terrestres.


quarta-feira, 29 de junho de 2016

Livro reportagem sobre golpe no Paraguai em 2012 é lançado na UNILA

Leonardo Severo
Amanhã, dia 30, o jornalista Leonardo Severo lança o livro reportagem “Curuguaty - carnificina para um golpe”,  Editora Papiro, 212 páginas, R$ 25, que retrata o evento que possibilitou o "golpe" no Paraguai. Na apresentação divulgada à imprensa, é 
lembrado que em Marina Kue, Curuguaty, Paraguai foram assassinadas 17 pessoas – seis policiais e 11 camponeses – em 15 de junho de 2012.  

O livro conta que o “confronto” envolveu 324 policiais, tropas de elite treinadas pela CIA e pelo exército dos Estados Unidos fortemente armadas com fuzis Galil, AR-15, AK47, bombas de gás, capacetes, escudos, cavalos e até helicóptero. Segundo a versão dos agressores, desmentida pelos fatos e pelas provas exibidas ao longo do livro, este verdadeiro exército teria sido vítima de uma “emboscada” por parte de 60 trabalhadores sem-terra, metade deles mulheres, crianças e anciãos com alguns facões, foices e espingardas velhas. 

Onde? Na Unila (Ex-Uniamérica)
Hora: 18h
Dia 30/06 
Fonte Assessoria

terça-feira, 28 de junho de 2016

Vai começar a revitalização da Praça da Paz

Dias atrás:
E o relógio do centenário ganhou concorrência

Trabalhadores acabam de colocar os primeiros postes de madeira para sustentar as placas que anunciam o início das obras de revitailzação da Praça da Paz no prolongamento do que chamamos a Terceira Pista da JK. Outra equipe, mas à frente constroem os barracões necessários para guardar a infraestrutura. O texto abaixo é da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Foz do Iguaçu.    
  

"Os moradores de Foz do Iguaçu, além dos turistas que chegam à cidade, vão poder resgatar o antigo costume de se reunir e passear por praças da cidade. Para isso o município está viabilizando a revitalização de três importantes espaços de lazer. Foram homologadas as licitações e as empresas vencedoras já iniciaram as sinalizações para as obras e reforma das Praças do Mitre, da Paz e da Bíblia. Na Praça da Paz, próxima a Prefeitura Municipal, a empresa já começou as primeiras marcações para os serviços. Serão instalados chafariz, espelho d’água, bancos, nova iluminação, pista de skate e anfiteatro.
Esse projeto, que vai repaginar as principais praças da cidade, é resultado de uma parceria entre a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano – Sedu, Fundo Iguaçu – que foi responsável pela elaboração dos projetos e o governo municipal.
Mais de perto

Perigo: esse local vai afundar de novo

Foto Assessoria PMFI 2015
Não fique surpreso ou surpresa se este trecho da Avenida República Argentina nas proximidades do Estádio do ABC volte a afundar.  Na foto acima o local aparece durante obras da Prefeitura para reestruturar uma galeria de água rompida pela erosão. O fato ocorreu na última semana de dezembro de 2015. O trecho foi recomposto e o trânsito foi liberado no devido tempo, então.

segunda-feira, 27 de junho de 2016

Estamos pouco a pouco roubando terra do rio Mboicy

Rio Mboicy, em área onde ainda se vê margens para transbordamento
Passando pelos lugares mostrados na diversas imagens aqui, lembrei do termo “land reclamation” que uma das principais técnicas usadas, infelizmente,  em todo o planeta, que consiste em aterrar pântanos, área marítimas e beiras ou várzeas de rios para ampliar cidades. Senti falta de um termo claro em português, pois “aterramento” marítimo não pode ser usado para o caso de aterramento de partes de rios. A ideia do termo é que no final do trabalho uma porção de “terra nova” é ganha da natureza para fins humanos como criação de loteamentos, novas áreas para urbanização, terra para agricultura. 

Exposição fotográfica "Nós, os Diferentes - Retratos da Beleza de Cada Um" abre na sexta 1º de julho


Fotógrafa Áurea Cunha
A sala Antonio Cabral de Mendonça da Fundação Cultural de Foz do Iguaçu recebe a partir desta sexta-feira (1º) até o dia 12 de julho a exposição “Nós, os Diferentes - Retratos da Beleza de Cada Um”, assinada pela fotógrafa e jornalista Áurea Cunha. Resultado da reunião de 26 retratos de moradores de Foz do Iguaçu (PR), conhecida por receber pessoas de todo o mundo, a mostra chama a atenção para as particularidades de cada um e rebate a ideia da beleza ocidental considerada padrão.

domingo, 19 de junho de 2016

Paraguai e outras participações no Festival de Turismo das Cataratas


Folheteria paraguaia

Mapa do Roteiro Jesuítico do Paraguai
O Paraguai teve uma boa participação no Festival do Turismo. Na Feira de negócios a Secretaria Nacional de Turismo trouxe a coleção de folhetos sobre os destinos jesuíticos. Um folheto geral era o Roteiro Jesuítico que mostra todas as ruínas da rota além de folhetos específicos para a Ruínas Jesús de Tavarangue, Santísima Trinidad del Paraná e San Cosme y Damián. Ainda na exposição de folhetos gostei da participação de Puerto Franco, a cidade paraguaia que fica em frente ao bairro Porto Meira de Foz do Iguaçu. É lá onde está o Marco das Três Fronteiras do Paraguai. Muito bom o folheto de Franco quer dizer Ciudad Puerto Presidente Manuel Franco. O mapa acima mostra a região batizada como "Roteiro Jesuítico"ou "Ruta Jesuítica". A ministra do Turismo do Paraguai, Marcela Bacigalupo, apresentou ainda em encontro de mulheres o projeto 'Posadas Turísticas del Paraguay', a ação conta com 110 estabelecimentos espalhados por 28 destinos turísticos. O 1º Encontro de Mulheres foi uma promoção da Associação de Mulheres do Turismo - AMANTUR.


Mais de mil estudantes de Turismo participam do Fórum em Foz do Iguaçu



Que bonito este auditório (Foto Assessoria)

Que bonito este auditório repleto de estudantes de turismo de várias universidades brasileiras na abertura do Fórum Acadêmico do Turismo parte do Festival Internacional do Turismo das Cataratas encerrado em Foz nesta sexta-feira, 17, em Foz do Iguaçu. Eles assistiam a  palestra de abertura pela especialista sul-africana Mathilda Van Niekerk, PhD em Gestão de Turismo e autora com cerca de 90 publicações acadêmicas. Ela abordou a relação entre o turismo e os megaeventos, contando detalhes sobre os bastidores de quando o seu país sediou a Copa do Mundo de 2010.  



O coordenador geral do Fórum, o professor da Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI), Francisco Antonio dos Anjos, destacou que o Fórum é resultado de um esforço conjunto realizado ao longo dos últimos dez anos e representa uma rede de professores, alunos e a comunidade do turismo em geral. "Estamos cada vez mais integrados e é dessa forma que poderemos criar uma área forte de turismo no Brasil", ressaltou. No fórum foram apresentados 199 trabalhos aprovados, divididos em 12 eixos estruturantes.

segunda-feira, 13 de junho de 2016

O Festival de Turismo das Cataratas - edição 2016

O 11º Festival Internacional de Turismo das  Cataratas começa depois de amanhã, dia 15, no Rafain Palace Hotel & Convention. A cerimônia de abertura será às 20h. Às 21h30 acontece a abertura da Feira de Negócios e Turismo. Em edições anteriores a abertura da feira acontecia no segundo dia do evento.  O Festival de Turismo das Cataratas é formado pelos seguintes eventos:

Feira de Turismo e Negócios    
Salão de Turismo de Compras*
Salão de Vinhos Argentinos*
Fórum Internacional de Turismo do Iguassu
Mostra Regional de Produtos Sustentáveis
Salão Adventure Cataratas
Salão E-Marketing
Expo Hotel Cataratas
Salão de Turismo Cultural e Espiritualidade
Salão MICE - Cataratas
Salão Brasileiro de Turismo Termal e Spa* 


* Novo! 
Voltaremos ao assunto! Até lá.  

domingo, 12 de junho de 2016

Porque é um privilégio carregar a tocha

Katerina Lehou (Κατερίνα Λέχου )
"Ω Απόλλωνα, θεού της θείας ήλιο
και η ιδέα του φωτός που έχετε στείλει
ακτίνες σου και η ιερή δάδα
είχε ανάψει Τώρα μπορείτε , θεός ευλογεί όλους τους λαούς της
ο κόσμος με την ειρήνη και την κορώνα
εκείνους που έχουν κατακτηθεί η
ιερό διαγωνισμό"


O texto em grego acima é uma oração simbólica declamada pela atriz grega Katerina Lehou, que fez o papel de uma sacerdotisa do templo, no dia do acendimento da tocha olímpica na área antiga da cidade de Olímpia na Grécia. Mesmo sendo teatral a tocha foi enviada para o mundo com essa oração que em tradução livre envia a seguinte mensagem: 

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Salve o Castelinho e a Pirâmide da BR-277

Este lugar é maravilhoso. É o sonho de alguém e foi parte de uma época. A concessionária da BR-277 parece ter ganho o direito de demolir parte da estrutura. Vai ficar sem graça. Há uma campanha para recolher assinaturas contra a "ideia".  Siga o link:


Quase chegamos a Zero Grau hoje pela manhã

Se o quero-quero tem frio ...imagine
 Foz do Iguaçu amanheceu gelada - no bom sentido - e em alguns lugares o verde estava coberto por uma respeitável camada de "geada". Na esquina das Avenidas República Argentina e Jules Rimet, em frente à antiga Casa Ofício e atual Escola Alternativa os quero-quero* aterrissaram em um terreno livre (sem construção, não quero dizer baldio) para testar a habilidade de voo dos filhotes. 
Quase zero

Nome apropriado
As crianças alunas da  Escola Municipal Írio Manganelli passavam encurvadas e apressadas com o peso do frio. O sinal bate às 07h30. Eu amanheci desesperado com tanto frio. Mas depois de me ajoelhar na geada para fazer a foto, passou. Coloco aí o meu termômetro e a leitura que ele apresentava. Cheguei a pensar que tirar as crianças às 07h00 para ir à escola é malvadeza. Mas é preciso. A geada veio prestigiar a véspera do aniversário de 102 anos de Foz do Iguaçu. Espero que amanhã ela se acorde tarde e perca o desfile na Avenida Paraná. 

* Quero-quero, em espanhol tero-tero; em inglês Southern lapwing; em francês, Vanneau téro. Nome científico Vanellus chilensis. Em guarani: tetéu. Em alemão, Kiebtze.

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Atenção viajantes: Rodoviária de Foz do Iguaçu ganha banheiro feminino novinho em folha



 Atenção viajantes: 
A Rodoviária Internacional de Foz do Iguaçu sob a direção da empresa Tarobá Construções vencedora das licitação municipal lançada em fevereiro já tem novidades. A empresa assumiu a gestão da Rodoviária no dia 1 de abril anunciando que começaria pelos banheiros que estavam em situação deplorável.  Hoje, quarta-feira dia 8, a empresa anunciou que  concluiu a reforma do banheiro feminino. Segundo  informações da assessoria de imprensa da Rodoviária Internacional de Foz do Iguaçu, “as obras mudaram completamente os sanitários utilizados por passageiras, visitantes e funcionárias de empresas de ônibus. O banheiro tem novas instalações com piso e divisórias em granito e novos revestimentos de paredes e forro”. 

terça-feira, 7 de junho de 2016

Correios e Prefeitura de Foz lançam selo comemorativo dos Jogos Rio 2016


A Prefeitura de Foz do Iguaçu, por intermédio da Secretaria Municipal de Turismo, em parceria com os Correios, está lançando selos personalizados em alusão à passagem da Tocha Olímpica pela cidade. São 12 mil selos relativos aos Jogos Olímpicos e aos Jogos Paralímpicos 2016, ambos com a imagem das Cataratas do Iguaçu.Os selos serão utilizados em correspondências oficiais da prefeitura, e também servirão de atividades nas escolas municipais, para divulgação do Dia Nacional do Selo, comemorado em 1º de agosto, justamente no período de início das Olimpíadas.

domingo, 5 de junho de 2016

Nada dos agressores do haitiano

Reportagem da Gazeta do Iguaçu da segunda-feira, 30 de maio de 2016 mostra que os agressores do haitiano Getho Mondésir não foram localizados. Um representante da Embaixada do Haiti no Brasil veio a Foz ver como andam as coisas. Não podemos deixar que este caso prove que o crime compensa. Mas, com as novas técnicas de investigação quem sabe se já não tem alguma coisa sendo preparada. O Blog de Foz confia na Polícia Civil do Paraná.   

Uma honraria da Revista 100 Fronteiras no Centenário da Visita de Santos Dumont

Foto de Patrícia Buche / 100 Fronteiras
A última edição da Revista  100 Fronteiras republicou uma reportagem de 2009 assinada por mim, sobre a vinda de Santos Dumont a Foz do Iguaçu e sua intervenção para que as Cataratas do Iguaçu fossem protegidas por um Parque e que mais pessoas deveriam ter a oportunidade de vê-las. Foi uma "matéria" pioneira no sentido de pensar nas comemorações do Centenário da Visita. Até aí todo mundo sabe. 
O que me surpreendeu foi o convite do diretor Carlos Grellmann para que eu pousasse com a foto que, na época, o então senador Affonso Camargo Netto enviou por sedex. Na entrevista eu disse ao senador que naquele então havia dúvida sobre o fato de Santos Dumont ter falado com o então presidente do Paraná, Affonso Camargo sobre as Cataratas e o fato dela não poder ser uma propriedade particular. "
- O quê? Pois falou sim. Eu cresci ouvindo essa história. Vou mandar fazer uma cópia da foto que tenho no meu escritório que mostra Santos Dumont com meu pais e meu avô", reagiu. Dias depois o carteiro entrega a foto com a qual eu tive o privilégio de me deixar fotografar com ela e que agora volta a aparecer na revista sete anos depois. Já é história. Agradeço a honraria. Affonso Camargo Netto faleceu em 2011 após 54 anos de vida pública.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região