domingo, 12 de junho de 2016

Porque é um privilégio carregar a tocha

Katerina Lehou (Κατερίνα Λέχου )
"Ω Απόλλωνα, θεού της θείας ήλιο
και η ιδέα του φωτός που έχετε στείλει
ακτίνες σου και η ιερή δάδα
είχε ανάψει Τώρα μπορείτε , θεός ευλογεί όλους τους λαούς της
ο κόσμος με την ειρήνη και την κορώνα
εκείνους που έχουν κατακτηθεί η
ιερό διαγωνισμό"


O texto em grego acima é uma oração simbólica declamada pela atriz grega Katerina Lehou, que fez o papel de uma sacerdotisa do templo, no dia do acendimento da tocha olímpica na área antiga da cidade de Olímpia na Grécia. Mesmo sendo teatral a tocha foi enviada para o mundo com essa oração que em tradução livre envia a seguinte mensagem: 


Ó Apolo, Deus do Sol Divino
e da Ideia da Luz que enviando

seus raios a Sagrada Tocha
acendeste. Agora podes Deus,
abençoar a todos os povos do
mundo com a paz e a coroa
por meio daqueles que vencerem a
sagrada competição.


A competição e a festa realizada em Olímpos, o monte a Terra sobre o qual, no céu, estava o templo Zeus, era um Festival Religioso. Os jogos começaram oito séculos antes Cristo e foram descontinuados quatro séculos depois de Cristo. Ficaram congelados até 1894 quando barão Pierre de Coubertin ressuscitou  a ideia dos jogos, criando o Comitê Olímpico Internacional. Em 1896 ocorreu em Atenas a primeira edição moderna dos jogos olímpicos. Compareceram 289 atletas de 13 países.
Do tacho sagrado para a primeira tocha
Fogo é passado para Eleftherios Petrounias
Logo após o acendimento da tocha, a atriz a passou para o ginasta grego Eleftherios Petrounias, o primeiro de milhares de revezadores que começaria uma corrida com revezamento que só termina no Rio de janeiro em agosto. Petrounias passou a tocha para o atleta do vôlei brasileiro Giovani Gávio, o primeiro dos brasileiros.  Desde então a tocha cruzou a Grécia, passou pela Europa e chegou no Brasil em abril onde até a abertura oficial dos Jogos terá passado pelas mãos de 12 mil revezadores de todas a idades, raças, condições financeiras, profissões em mais de 300 cidades de todo o Brasil.     
Giovani Gávio, o primeiro dos 12 mil brasileiros
Hoje, nós os povos civilizados do mundo podemos acreditar que o fogo vem do acendedor elétrico dos modernos fogões a gás propano, de acendedores de metano como os bingas ou caixas de fósforos. Esquecemos de que o fogo desde que descoberto necessitou de enorme truques para não deixá-lo apagar. Em todos os vales de todos os rios do mundo, nas montanhas, no deserto e nas pradarias, nas praias e florestas cada núcleo de habitação tinha um fogo que não poderia extingui-se nunca. Daí a necessidade do guardião do fogo em uma época uma casa ou habitação se chamava "o assento do fogão". Eu mesmo já viajei em canoas na Amazônia onde o fogo era transportado nela em uma base de argila no "piso" da canoa. O fogo na canoa é o símbolo de conforto, de estômago cheio, de tranquilidade além de poder ser redistribuído se necessário. O grande símbolo, para os índios da canoa ou da equipe da tocha e de todos que correm é não deixar apagar o fogo. O linguista americano Charles Peirce disse que "todo o nosso pensamento acontece por símbolos". Ele é o pai da semiótica perceiana.

O fogo é um grande símbolo da humanidade.Outras razões porque símbolo fogo é especial são assim citadas em projeto sobre o simbolismo da Universidade de Michigan: "O Fogo consome, aquece e ilumina, inspira e, é o único dos "quatro elementos" que os seres humanos podem produzir, por isso preenche a ligação entre os mortais e os deuses. Rituais muitas vezes envolvem uma chama eterna, e acender um fogo é equiparado com o nascimento e ressurreição. Pode ser a iluminação espiritual, a sexualidade, fertilidade. É também força de purificação (Cooper, 1978), crescimento velho que quando queimado abre caminho para um novo crescimento, rejuvenescido, símbolo da divindade". 

Para mim a olimpíada é um símbolo de luta contra o racismo, o patriotismo doentio, o nacionalismo delirante. Na Grécia antiga só gregos competiam. Nos jogos de Berlim em 1936, a propaganda política e racista pegou carona. Para mim ver a o fogo sagrado percorrendo o Brasil, incluindo tanto cidades pequenas como grandes, ricas e pobres é um belo símbolo de uma democracia, ainda imperfeita, cujo fogo, espero, aqueça, ilumine, inspire e consuma o que deve ser consumido. A Bíblia fala de "obra de cada um (que) ... pelo fogo será descoberta; que o fogo prova, que fogo purifica e destrói.         


Meu desejo no tocante ao fogo olímpico é que ele queime a negatividade, o complexo de inferioridade do brasileiro. Como se nada do que existe aqui tenha valor. Vou esperar a tocha. 

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região