segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Stand by me - Homenagem a você nesta data


Uma amiga australiana me enviou este vídeo e eu gostei tanto que o retransmito aqui como o som e o desejo perfeito para esta época do ano. Pessoas batalhadoras, artistas de rua, a maioria, cantam a música Stand by Me de John Lennon e composta por Ben E. King. A música comeca com mudança e adaptação na letra original. Stand by me é algo como "fique do meu lado", do tipo aconteça o que aconteça fique do meu lado. Muito bonita! Curta-a e entre com ela em 2009! Abraço a todos! E que no ano que vem continuemos juntos, lado a lado, de pé ao lado do outro, standing by me, standing by us, e assim ninguém corre o risco de cair, tropeçar e se machucar! É com vocês!

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

Prainha de Três Lagoas em tempo de seca e muito +



O Lago de Itaipu anda seco por falta de chuva nas cabeceiras do rio Paraná, de seus formadores e por causa da necessidade de gerar eletricidade nessa época de vacas ou seja chuvas magras. Por casualidade, os termômetros denunciam que a natureza anda com vontade de fritar a gente - quer dizer, todos nós. Por isso, nesse final de ano, um dos lugares para onde a população de Foz do Iguaçu, Ciudad del Este, Hernadárias e quem sabe outros municípios argentinos, pode ir para se livrar do calor é à Prainha de Três Lagoas em Foz do Iguaçu ou suas irmãs em outras partes da Costa Oeste do Paraná, a Costa no Lago artificial de Itaipu.

É uma prainha completa não falta nada. Tem vento e brisa. Tem bar. Tem carro com som. Guarda Municipal. Polícia Militar do Paraná, Bombeiros. Gente. Sol e que sol! Tem até placa do IAP (Instituto Ambiental do Paraná) atestando a "baneabilidade" da Praia do litoral interior do Oeste do Paraná. Água boa para banho - diz a placa. Daí eu pensei, sob que critério a água está boa para banho? Olhei para as crianças pulando, gritando, felizes da vida, na lama da prainha e re-pensei: ótimo para um banho de lama. Pode ser medicinal. Quem sabe? E as algas! Esperemos que chova para que os Oestenses do Paraná não se frustem. É época de prainha.

Nota: esta nota não está criticando ninguém! Foi feita só acompanhar as fotos. Agora se você quiser, você pode tirar as suas conclusões. Espero vocês lá domingo!

NOTA! Confira os comentários de Paulo sobre a situação do Lago de Itaipu na seca apesar das chuvas em Minas Gerais! Veja abaixo onde diz "2 comentários"

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

Balsa no rio Iguaçu



Tenho um passeio para recomendar aos que acompanham este blog. Falo da Balsa Iguazú que liga o porto de Puerto Iguazú, Argentina, ao Porto Hito de las Tres Fronteras, em Ciudad Presidente Dr. Manuel Franco ou, para economizar, Franco, no Paraguai. A travessia dura 12 ou 15 minutos. A primeira balsa sai de Puerto Iguazu às 08:00 da manhã. A partir daí a cada hora sai uma balsa até às 17h30. A primeira balsa a zarpar do Puerto Hito Tres Fronteras (Franco) para Puerto Iguazú sai às 08h30 e daí a cada hora até às 17h45. Cada balsa pode levar, de uma vez, 26 carros pequenos ou seis ônibus, 14 vans ou ainda seis caminhões. A balsa é legal. Os dois portos estão alfandegados, há polícia, marinha, prefectura naval e tudo mais que possa garantir a segurança.

Para mim, esse passeio foi sentimental. Uma viagem ao passado quando, antes da ponte Tancredo Neves, a gente passava de barquinho no trajeto Foz do Iguaçu-Puerto Iguazú. Particulares sem carro passavm de barco, serviço que Puerto Iguazú ainda tem. Gente com carro, ônibus, caminhão pasava de balsa. É bom aproveitar porque se sair a segunda ponte Brasil-Paraguai, ou melhor, quando sair, esse trajeto vai morrer de novo. No porto, ainda há aquele cheiro de rio. Coisa que muita criança de Foz do Iguaçu não tem o privilégio de sentir mais. Essa opçção vai ampliar a minha lista do que fazer na Tri-Fron.

Foz do Iguaçu contra a dengue:campanha



O verão está quente e poderá ficar mais quente ainda. Chegou a estação do mosquito da dengue. Neste vídeo o prefeito de Foz do Iguaçu, Paulo MacDonald faz um apelo para que todos cuidem do ambiente onde vive e ajude a diminuir a ameaça.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Rodoviária de Ciudad Puerto Iguazú




As fotos mostram a nova Rodoviária de Puerto Iguazú, Misiones, Argentina, aqui ao lado de Foz do Iguaçu. A rodoviária continua no mesmo local. O que aconteceu foi uma ampliação. Agora os ônibus que partem para Buenos Aires, Bariloche, La Plata, Cordoba, Mendoza, Resistencia, Paraná, Formosa, Rosário assim como Sâo Paulo, Rio de Janeiro e destinos mais longinquos partem de uma ala da nova estação. Os ônibus que vão para Foz do Iguaçu, Ciudad del Este e destinos da área "metropolitana internacional" esses saem da ala nova. Há televisores espalhados pela rodoviária informando os horários das chegadas e partidas dos ôibus. Creio que a gente pode contar nos dedos as rodoviárias com sistema de televisor para anunciar partidas e chegadas de ônibus. Eu não me lembro de nenhuma. Buenos Aires não tem, a menos que tenham inventado nos últimos dois anos.

Note na foto que há uma passarela coberta para que as pessoas circulem entre as alas ou lados da Rodoviária. Ficou muito boa. O concessionário da rodoviária é conhecido meu, Eduardo Arrabal, empresário do turismo que já foi até candidato a deputado da nação - assim se diz lá em vez de deputado federal.

Logo postarei uma lista de destinos ou cidades argentinas servidas pela Rodoviária (terminal) de Puerto Iguazú.

sábado, 13 de dezembro de 2008

Provopar forma cabeleireiros, manicures e "informáticos"



Desde que o Provopar - Foz do Iguaçu começou a dar cursos profissionalizantes em Foz do Iguaçu mais de 20 mil pessoas, segundo Nanci Rafagnin Andreola, presidente da entidade na Terra das Cataratas. As fotos tiradas pela equipe que estava organizando o evento, mostra parte das novas turmas que se formaram no dia 5 de dezembro. Foi lá no Ginário do Morumbi, na Avenida Mário Filho. Em uma das fotos aparece a professora Geni, com suas modelos um pouco antes da abertura oficial. Outras menções deste blog ao cursos profissionalizantes podem ser vistas clicando nos links abaixo:

Cursos profissionalizantes sobre rodas
Buscando soluções para a crise - em que acompanhamos um mutirão.
Ainda publicaremos fotos da formatura assim que eu descobrir onde se esconde o fotógrafo. Se soube, me diga!

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Macuco e Ecoventuras fazem Monumento à aventura




Lá, bem próximo do local onde a Rua Luiza Wandscheer se encontra com a Avenida Felipe Wandscheer ou Estrada Velha de Guarapuava, segundo o nome antigo e mais local, o Macuco Safari e a Empresa Ecoaventura ergueream um monumento, como se vê na foto, à aventura. Uma placa diz: "Aqui começa a Aventura".

Gostei muito da idéia da estátua. A princípio pensei que fosse um monumento militar ou no mínimo dos ativos escoteiros ou ainda dos destemidos desbravadores adventistas. Mas chegando perto, notei que é um convite à aventura ao mesmo tempo que honra o fato de Foz do Iguaçu e seu turismo não ter esquecido que aventura ainda existe e que quando ela acabar, junte as trouxas, porque o mundo acabou também.

Esta "avenida" foi a antiga "rodovia" "cavalovia", "jeguevia", que ligava Foz do Iguaçu a Guarapuava. Não esqueça que na épopca Guarapuava era Foz do Iguaçu. Ou seja, Foz do Iguaçu era dependente de Guarapuava. Segundo a genealogia das cidades, Guarapuava gerou Foz (1914). Foz também é mãe de outras tantas cidades entre elas Cascavel - liberada em 1959 e Guaíra (1929).

A aventura sem dúvida está aqui. Há um projeto de uma trilha do Parque Nacional do Iguaçu entre Foz do Iguaçu e Céu Azul. Seria interessante saber como anda este projeto. Por enquanto, parabéns ao Macuco e Ecoaventura. E antes de dizer adeus, destaco que a estátua é assinada pelo artista iguaçuense Giovanni Vissotto que tem outras estátuas na cidade entre elas a do São Francisco de Assis do bairro iguaçuense do Morumbi, na região do Sâo Francisco.
Este material também foi públicado no Blog de Foz

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Midiologia aplicada, mural-comunicação




Papo de comunicólogo

Nesta foto eu vejo um muro e uma "escrita" nele. A escrita pode ser chamada de "pixação", se você quiser. Houve época em que isso dava cadeia. Mas ser bruxa também dava pior do cadeia. Bem, no muro está escrito: "RODEIO NÃO É CULTURA, É TORTURA!!!

Até aí tudo bem. Acontece que o pessoal que está desenvolvendo este protesto, está, ao meu ver, dando um exemplo do que Régis Debray, um francês, filósofo, chamou de "mediologie" e em português ficou traduzido como "midiologia". Quer dizer o muro ali passou a ser um "meio de comunicação". Isso pode parecer claro e evidente. Mas não é. A midiologia está interessada na "transmissão". A midiologia quer saber como uma ruptura dentro de nossos meios de transmissão suscita uma mutação ou mudança nas mentalidades e comportamentos e como uma tradição cultural pode assimilar ou modificar uma inovação técnica.

Interpretando, quero dizer o seguinte: é a segunda vez que o pessoal responsável usa o muro para transmitir uma mensagem. Na primeira vez a mensagem foi: Circo Legal não tem Animal. E o Circo dos Hermanos Rodriguez se deu mal. Quer dizer, me parece ver aí uma prova de que esse pessoal causou "uma ruptura nos meios de transmissão" e que pode conseguir mudanças da mentalidade e comportamentos. E coom conseguiram causar uma ruptura no esquema normal de transmissão? Pela utilização do muro como meio de comunicação. E saiu barato, só a tinta, a coragem e aquela coisa que os moveu a agir. O quê? Idealismo? Ideologia? Assim, midiologicamente, dou todo apoio àqueles que tiveram essa idéia. Mantenham o padrão.

Sites sobre midiologia
Site oficial
Já darei mais links...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região