domingo, 5 de setembro de 2010

Não é mandaçaia, pode ser lixiguana: abelhas e vespas

O meliponicultor - que trabalha com a cultura de abelhas nativas sem ferrão - José Carlos de Lapa, Paraná, me atendeu e respondeu a minha pergunta sobre o que eu pensava ser abelhas silvestres da variedade "mandaçaia" no centro de Foz do Iguaçu. Ele escreveu:

- "Quanto a foto, 95 % que é marinbondo (vespa) pois na entrada não tem resina ou barro. Esta espécie também conhecido por vespa, lixiguana, ou lojerinha. Este inseto é venenoso só ataca se mexer com ele ou bater na árvore".

Falei delas nesta postagem aqui no Blog de Foz. Graças às lixiguanas e ao José Carlos aprendi mais uma coisa sobre a vida. E lembro a todos, 2010 é o Ano Internacional da Biodiversidade. Sou tentado a pensar que neste ano, a biodiversidade sofreu muito: queimadas, seca, La Níña vindo com tudo, Pantanal seco, mortandade imensa de animais entre outros assuntos. Passarei na árvore onde estão as lixiguanas para convecê-las a buscarem outra árvore talvez no Parque Guarani. Temo que elas sejam alvo de equipes de extermínio da indústria da entomologia "inseticídica" e da entomologia agrícola. O José Carlos sugeriu uma visita aos dois sites (abaixo). É bom para a curiosidade e caso você tenha uma chácara ou bom jardim, dê uma força às abelhas do mato.

Meliponario Abelhas do Sul
Abelhas do Mato

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região