quinta-feira, 5 de abril de 2012

Guerra de placas:afinal que dinheiro é esse?

Briga de placas:  o dinheiro é o mesmo: R$ 1.965,286,02 mas ele é do banco Mundial? da Prefeitura ou do Governo do Estado? 

A Prefeitura de Foz do Iguaçu transformou a cidade em um grande "canteiro de obras". Pode-se dizer, sem medo de errar, que o prefeito Paulo Mac Donald Ghisi é o prefeito que mais construiu, que mais realizou obras. É digno de nota o número de casas, apartamentos, conjuntos residenciais, creches além de asfalto em todas as regiões da cidade. É uma grande construtor do "hardware" que a cidade necessita. O que falta na lista dos projetos de construção da Prefeitura atual são "softwares" do tipo  construção de parcerias com a sociedade e por exemplo com o Governo do Estado do Paraná. Isso resultou num "discurso" adotado municipalmente que apresenta o Estado (PR) como sendo aquele vilão que não contribui com nada. 
Mais uma obra da Prefeitura de Foz

As duas fotos,aqui, tratam da mesma obra e pelo que se pode ver nas placas, trata-se também do mesmo dinheiro. O valor é R$ 1.965,286,02. Na primeira placa, onde se lê, "Mais uma obra da Prefeitura de Foz", pode-se ler: "verba de financiamento junto ao Banco Mundial". 
Na segunda foto, temos uma placa maior e outra menor. Na placa maior se lê: "Mais uma obra do Governo do Estado" e ao lado credita-se a obra ao programa "Paranacidade". Na placa menor, em baixo da maior, competindo pela atenção, se lê que a obra é executada com financiamento da Prefeitura. 
Creio que não seria considerado provocação, afirmar que seria muito bom se a gente, conseguisse por isso em panos limpos. Por exemplo, os R$ 1.965,286,02 são recursos próprios da Prefeitura de Foz? O que quer dizer com financiamento da Prefeitura? O dinheiro é um financiamento direto do Banco Mundial ou é um investimento do Banco Mundial via Paranacidades que então foi repassado aos municípios por meio de contrapartidas. 
Entendermos exatamente quem é quem nesse dinheiro é bom para a cidadania que em suas tratativas particulares não pode se comportar dessa maneira quer dizer "fazer cortesia com o chapéu dos outros". E, caso se descubra que o fazer política é assim mesmo, o cidadão pode então ver o que ele (ou ela) pode fazer para mudar esse modus operandi - ou "esqueminha administrativo" que gera confusão por meio de seus votos.   

Este material foi publicado em outros JL Blogs como o COMEJOR   

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região