quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Minha humilde Mensagem para o Dia Mundial do Turismo 2012

Foto by Nepal Mountain News
Recomendo que você leia a mensagem oficial do secretário geral da ONU, Ban Ki-moon e do Secretário geral da OMT Taleb Rifai. Esta é minha humilde mensagem. Começo-a dedicando-a à turista americana que faleceu em um hospital em Foz do Iguaçu após ser atropelada por uma moto em Puerto Iguazú e ao piloto e passageiros do helicóptero acidentado há poucos dias em Foz. O turismo é uma atividade humana e por isso rica e falha. É rica porque o turismo lida com o mais bonito e mais profundo da emoção do "turista" que cheio de espectativas deixam suas casas e partem para terem experiências que sem dúvida ajudam a construir o seu ser. É uma atividade que demanda muita gente para satisfazê-la desde pilotos (ATP] de grandes aviões, a recepcionistas, garções, camareiras, pilotos de barcos, lanchas, prestadores de serviço, médicos, enfermeiras, motoristas, alugadores de equipamentos e muitos outros. E no mundo moderno baseado na compra e venda, todos recebem algo em troca pelos seus serviços para que eles também possam sair nas férias sendo "turistas". A Igreja católica ao lançar o chamado para a criação de pastorais do turista lembrou da exortação de Paulo quando disse "Lembrai vos da hospitalidade, pois sem sabê-lo, muitos hospedaram anjos"*. Paulo se referia ao fato de Ló ter hospedado dois forasteiros em casa que resultaram ser anjos em missão. Foz do Iguaçu, Cancún, Buenos Aires, Cape Town e todas as nossas cidades participam deste bonito e complexo setor econômico basado na hospitalidade. Ocupando uma posição não muito visível, estão cientistas, pesquisadores de turismo - os turismólogos que nos esclarecem e informam sobre este grade segmento da economia em todos os seus aspectos. Foz do Iguaçu vive um momento especial em relação ao seu turismo. O modelo de turismo da cidade é simples e se baseia em dois grandes atrativos que não estão sobre o controle das entidades municipais. O primeiro atrativo são as magníficas e sagradas Cataratas do Iguaçu, Patrimônio Mundial e o segundo a Itaipu Binacional. Questões sérias jazem à frente de nós um exemplo é a necessidade de redefinir o turismo às Cataratas, redefinir a capacidade de carga o que significa a quantidade de gente que as Cataratas podem receber e o controle do acesso à elas não esquecendo que as Cataratas do Iguaçu se encontram dentro de um Parque Nacional criado para protegê-las. Conclamo a todos os iguaçuenses preocupados com o turismo como fator econômico que levem a sério o desafio à frente. Hoje Dia Mundial do Turismo passa quase batido em Foz do Iguaçu até porque as atenções se dirigem ao debate político que será realizado hoje à noite. Permito-me lembrar a todos os iguaçuenses e todas as iguaçuenses a que pressionem seus candidatos, especialmente a que mostrem propostas para uma Foz do Iguaçu que tenha muito a oferecer aos turistas e locais enfatizando que os turistas não necessitam maquiagem mas sim equipamentos e espaços públicos que sejam dignamente utilizados por todos os seus cidadãos. Venho neste blog denunciando o possível mal uso do dinheiro público em relação aos equipamentos turísticos e sociais financiados pelo Ministério do Turismo no quesito "abrigos de ônibus", sinalização turística e outros. È lamentável que isso aconteça. Os anos vindouros são de desafios e já se faz necessário que as autoridades aprendam a pensar em ações de longo prazo. A partir de março de 2013 a cidade necessitará se adaptar ao controle no Parque Nacional do Iguaçu em relação ao turismo; a partir de 2016 se adaptar às regras do Mercosul sobre a Tarifa Externa Comum o que afetará as compras no Paraguai e a partir de primeiro de janeiro, teremos 10 anos para o fim da vigência do Tratado de Itaipu com a necessária renegociação de sua posse binacional. O governo paraguaio já anunciou esta semana que estaria contratando a empresa Earth Institute dos Estados Unidos da América para ajudar a negociar a questão da melhor maneira possível para o Paraguai. É evidente que essa negociação fica aquém das possibilidades de Foz do Iguaçu mas afetará, sem dúvida os royalties hoje pagos pela Itaipu Binacional aos Municípios Lindeiros. Fica um convite ao inicio das conversações também sobre este assunto. Por fim, interessa ao turismo de Foz do Iguaçu a saúde do rio Iguaçu, infelizmente, o segundo mais poluído do Brasil. Até quando a poluição do rio Iguaçu não será vista nas Cataratas do Iguaçu? Há gente preocupada. Hoje além das quedas, o turista atento ainda vê pássaros como martim-pescador, biguás e outros que mostram que o rio ainda está vivo. Tudo isso é só uma reflexão provocada pelo Dia Mundial do Turismo que este ano tem como tema a sustentabilidade.              

Atenção: Mensagem de Taleb Rifai em árabe
* "Não vos esqueçais da hospitalidade, porque por ela alguns, sem o saberem, hospedaram anjos", Hebreus 13:2

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região