sábado, 25 de maio de 2013

Batalhão de Foz muda de denominação no Dia da Infantaria

A quarta mudança de nome em 81 anos
Fazendo história: mudança oficial 24 de maio de 2013 
Várias centenas de convidados, mães, pais, irmãos, irmãs e namoradas   de soldados incorporados este ano, compareceram para celebrar o Dia da Infantaria do Exército na sede do 34º BIMTz – Batalhão de Infantaria Motorizado em Foz do Iguaçu. Foi um dia especial com pelo menos quatro eventos: comemoração do Dia da Infantaria do Exército com homenagens prestadas ao patrono Antônio de Sampaio; entrega da boina preta aos soldados incorporados e, a mais importante para mim, a mudança da denominação (e promoção) de Batalhão de Infantaria Motorizado para Batalhão de Infantaria Mecanizado. Saiu a denominação BIMTz com a qual milhares de crianças e adultos  de Foz do Iguaçu se acostumaram a ver e entrou em vigor a nova sigla 34º BIMec. A cerimônia foi aberta, às 20h,  pelo 34º BIMTz e fechou, lá pelas 21h30  sob a tutela do 34º BIMec.  O quarto evento do dia, destacado pelo comandante do 34º BIMTz / BIMec, coronel Messias Coelho Freitas, foi (que está sendo) a Operação Ágata 7 que levou centenas de soldados e efetivos às ruas,beiras de rio e BRs. 

Por fim e romanticamente falando, acrescento um quinto evento: a lua cheia que veio até o pátio do Batalhão para despedir o histórico 34º BIMTz e dar as boas vindas ao novo Batalhão. A mudança de denominação do Batalhão não foi isolada. Faz parte do Projeto Guarani – que previu a transformação das “infantarias motorizadas” em “infantarias mecanizadas”. Como você deve saber um batalhão depende de uma brigada, no caso do Batalhão de Foz, estamos falando da 15ª Brigada de Infantaria Motorizada de Cascavel que também mudou de nome. Agora é 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada. A transformação envolveu a criação e adoção de novas “famílias de viaturas blindadas de rodas”. Entra em cena a “viatura blindada para transporte de tropa média de rodas Guarani”. (Abaixo em exposição)

Para mim, testemunhar a mudança de nome do Batalhão de Foz, foi importante por ser histórico. Eu não estava em Foz, ainda, em 1888 quando instalaram a saudosa e sofrida Colônia Militar do Iguassu. Não compareci à implantação da 1ª Companhia Isolada de Fronteira em 1932. Perdi a abertura do 1º Batalhão de Fronteira em 1943 e, pior ainda, estava em Foz e não soube da transformação do 1º BFron em 34º Batalhão de Infantaria Motorizado (BIMTz) em 1980. 
Não iria perder a cerimônia de mudança de ontem por nada. A mudança marca o início da colocação em prática dos projetos estratégicos do Exército que inclui o Sisfron - Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras; o Sistema Integrado de Proteção de Estruturas Estratégicas Terrestres (Proteger). Defesa Cibernética; Projeto Guarani, Defesa Antiaérea, Astros 2020 e Recuperação da Capacidade Operacional da Força Terrestre.           

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região