segunda-feira, 9 de maio de 2016

Nosso lixo errado de cada dia: caso da destinação incorreta

 
Entulho de tudo, até quando?
"Vamos dar uma destinação correta para o lixo". Esta frase está na boca do povo. Mas, na prática, qual é a destinação correta? Centenas de caçambas de entulho são distribuídas pela cidade todos os dias. Todo o entulho é levado ao aterro sanitário. Não me parece que o aterro sanitário seja a "destinação correta" para o entulho de construção.  Olhando nas duas fotos de caçambas nesta postagem, pode-se ver um festival de tudo. Isopor, madeira, tábuas, galhos de árvores, folhas, tapetes, móveis e muito mais. Tudo poderia ser reciclado ou reutilizado. Em Foz do Iguaçu há até um movimento para reduzir o valor da taxa paga ao município para que o contdo das caçambas seja depositado no aterro. Além da falta de reciclagem de entulhos uma pequena excursão pela cidade mostra que muita coisa vai para o lixo, desta vez levada pelos caminhões também para o aterro.  


Em uma "bobona" fotografei pelo menos 20 pães de alho junto com garrafas de vinho, papel, material orgânico, plásticos de embalagens em amontoado indigesto daqueles que a natureza se engasga e necessita anos para se livrar dele. Tudo por falta de uma política séria de reciclagem apoiada por incentivos e campanha de educação e estrutura para que cada casa separe seu lixo. Sabia que o lixo pode ser contaminado? Na linguagem especializada do setor, contaminar é quando por exemplo, em um lugar onde há caixas de leite e embalagens secas, os moradores jogam pó de café, resto de comida e folhas de verdura. 
É essa mistura de secos e molhados que dá ao lixo aquele cheiro de lixo que todos conhecemos. Chama-se contaminação também o ato de jogar bituca de cigarros em garrafas ou os canudinhos de beber refrigerante dentro das latas ou garrafas.    
Pão de alho, vidro e PETs
Veja este saquinho de compras que se vê nesta lixeira. O que aquela garrafa perfeita está fazendo esperando o caminhão do lixo? Este vidro é perfeitamente reciclável. Ao olhar para ele vejo dinheiro jogado fora.  Fora? Olhando com olhos do planeta, não existe fora estamos jogando para debaixo do tapete. Já fiz a experiência. Ao separar o lixo em casa é possível diminuir a quantidade de "dejeto". Garrafas ido para uma caixa. Caixas "Longa Vida" - longa vida? - indo para outra todas guardadas no seco e sem contaminação. Restos de comida, borra de café, cascas de vegetais e frutas poderiam ser transformadas em adubo (compostagem) em casa mesmo ou seguir para o aterro. Mesmo assim é uma pena. Se cada casa diminuísse a sua produtividade de lixo, diminuiria também a quantidade de carga - dejeto que os caminhões devem levar ao aterro. Diminuiria também o valor econômico da concessão. São cerca de R$ 2 milhões por mês. 
Para concluir deixo a imagem deste outro saquinho de compras que aguarda o serviço de "limpeza" para ir para o aterro. Veja aquela latinha de cerveja perfeita pronta para a viagem. Vê-se pelo plástico transparente  que há uma embalagem em Tetra Pak - a das caixas de leite e suco "longa vida" que podem ser coletadas, sem contaminação, lembra? e podem virar, em vez de lixo, telhas e placas divisórias para a  construção que já estão em uso em Foz do Iguaçu.

2 comentários:

Paraná Caçambas disse...

Bom dia!!! Excelente publicação de matéria referente ao nosso "Lixo". Me chamo Fernando e sou proprietário da empresa Paraná Caçambas e acontece mesmo tais problemas com os excessos de entulhos coletados pelas empresas do ramo. Estamos trabalhando com muito afinco para diminuirmos o impacto dos resíduos coletados por nossa empresa. Procuramos levar ao Aterro Sanitário apenas o que é permitido por lei e demais resíduos são separados, manualmente, caçamba por caçamba, e levados para centro de triagem e reciclagem. Convido-os a conhecer nossas instalações e o trabalho por nós realizado. Grato.

Paraná Caçambas disse...

Bom dia!!! Excelente publicação de matéria referente ao nosso "Lixo". Me chamo Fernando e sou proprietário da empresa Paraná Caçambas e acontece mesmo tais problemas com os excessos de entulhos coletados pelas empresas do ramo. Estamos trabalhando com muito afinco para diminuirmos o impacto dos resíduos coletados por nossa empresa. Procuramos levar ao Aterro Sanitário apenas o que é permitido por lei e demais resíduos são separados, manualmente, caçamba por caçamba, e levados para centro de triagem e reciclagem. Convido-os a conhecer nossas instalações e o trabalho por nós realizado. Grato.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região