quarta-feira, 1 de março de 2017

Eclípse 2017 no Polo Astronômico de Foz do Iguaçu, no Templo Budista e pelo mundo afora (O Gato do Porto Belo)





Quem foi ao Polo Astronômico, viu. (Romildo Marques / PTI)
Graças ao Polo Astronômico Casimiro Montenegro Filho. Foz do Iguaçu pôde ser incluída na lista dos locais onde o eclipse solar parcial de 26 de fevereiro pôde ser observado. A foto, acima, é de Romildo Marques membro do  Grupo de Astrofotografia do Polo Astronômico que pertence ao Parque Tecnológico Itaipu (PTI) publicada pelo PTI. Acompanhei o eclipse parcial sentado sob uma árvore no Templo Budista Chen Tien de Foz do Iguaçu. Não estava preparado para realmente ver o eclipse. 


Mas foi gratificante ver uma mudança generalizada na tonalidade do sol, o calor ter diminuído e uma brisa ter soprado. Se podia dizer que havia alguma coisa diferente no ar. Dentro do templo houve reunião de rotina e a música que saia do templo ajudava a dar um toque especial. 

O motivo de estar sentado debaixo de uma árvore no dia do eclipse é que domingo, 26, correspondeu ao Losar o Ano Novo Tibetano. Era o primeiro dia do ano de 2144 - o ano do Galo de Fogo. Em templos Budistas de origem tibetana no Brasil como o de Viamão (RS) ou Cotia (SP) foram realizadas reuniões especiais.
Eclpse vista em Río Gallegos / Argentina
Na Argentina, o eclipse pôde ser melhor observado, Gente de todo o mundo viajou para a cidade Sarmiento na Província de Chubut para ver o eclipse. Muitos deles foram trazidos pela Eclipse Tours especializada em eventos celestiais. Em alguns lugares na África o eclipse foi total é o caso de quem viu o evento celestial em Angola, Zambia e Congo com direito a ver os pontinhos chamados Pérolas de Bailley.
 
Foto publicada pela DW / Vega Labra
O eclipse passou batido para boa parte da população. No Templo Budista de Foz, centenas de pessoas percorreram o espaço sem perceber do evento astronômico. No céu podia-se ver paraquedas no ar, eram os atletas lançados em diferentes voos lá do campo de paraquedismo. Os turistas chegavam e saiam de taxis, carros particulares, vans, ônibus de turismo, ônibus do City Tour assinado por Marcelo Valente e equipe. Outros faziam uma caminhada até o ponto de ônibus por onde passa o ônibus da Linha 103 que leva ao terminal. 
 
O Gato do Porto Belo
O ponto de ônibus poderia ser melhor em uma cidade que recebe turistas de todo o Brasil e do mundo. O ponto é pequeno. Tem uma cobertura de telha Eternit e um banquinho de madeira onde quatro pessoas, máximo cinco (se forem namorados) podem sentar. Mas no dia do Eclipse do Losar 2017 só cabiam três pessoas no banco. O quarto local era ocupado por um folgado gato branco que dormia em seu canto tranquilo e sem se perturbar com o mundo. Os turistas faziam o possível para não despertar o irmão felino. “Ele está dizendo que esta é a área dele”, sugeriu uma das visitantes do Rio de Janeiro. Ficou decidido chamá-lo, "O gato do Porto Belo".
 

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região