sexta-feira, 14 de março de 2008

Açougues que servem à comunidade islâmica

Há poucos dias escrevi aqui sobre o Açougue Rouxi – quer serve a comunidade chinesa e coreana da Tríplice Fronteira. Hoje, apresento alguns açougues árabes que vendem carne para a comunidade muçulmana da Tríplice Fronteira. Para fazer esta nota visitei dois açougues árabes – que dizer açougues de propriedade de pessoas de língua árabe, de nacionalidade libanesa e de religião muçulmana.

Ao contrário do Açougue Rouxi, onde eu pude fotografar o cartaz trilíngüe, nos açougues árabes não há nada especial ou exótico para mostrar na área de cartazes exóticos. Pelo que entendi até agora, o que diferencia um açougue árabe não é o corte da carne. No Açougue Al-Litani ou Casa da Sfiha, a plaquinha simples na parede anunciava tudo aquilo que o brasileiro (que também é cliente) procura: picanha, filé, músculo, carne moída, carne em massa (para mini pizza),coxa e peito. O que saí um pouco do padrão brasileiro eram a lingüiça temperada de boi chamada ma’ani, o kafta e sfiha para levar.

O que diferencia a casa de carne árabe são os preceitos, regras e até leis do Islã. Aí entra uma palavra que o iguaçuense deveria incorporar ao vocabulário. É a palavra “Halal”. Halal significa “permitido”. O oposto de halal é "haram" - proibido.

O muçulmano só pode comer carne que seja considerada halal. Há uma lista de alimentos que o muçulmano não pode comer: porco, javali,lobo, cachorro, cobra, macaco etc. E Mesmo quando se pode comer um animal, o muçulmano só pode se alimentar de carne de animal que foi morto segundo as regras islâmicas. Há um ritual chamado Zabiha que orienta como deve ser o abate. "...O ritual exige que os animais sejam mortos com um corte em movimento de meia-lua no pescoço, para que não sofram e não liberem enzimas na carne na hora da morte. Qualquer muçulmano que tenha chegado à adolescência pode realizar o abate Halal, desde que, durante o ato, pronuncie o nome de Alá com a face voltada para Meca ou diga uma oração com o nome de Alá". Lei mais sobre o asuto AQUI.

A produção de alimento Halal está se tornando um assunto muito sério no Brasil. Existem organizações certificadoras de produtos halal para exportação a países muçulmanos. Uma delas é a Cibal - Central Islâmica Brasileira de Alimentos Halal que certificam produtos brasileiros como o frango, o boi para exportação.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região