quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Foztrans leva Micro da Crucero del Norte para o Pátio


Foto 'bairronauta' sobre "relações fronteiriças" Foztrans intercepta e apreende ônibus inimigo. Vai ter troco será? Clique na foto para ampliá-la e partilhar da operação!

Uma fiscalização da secretaria de turismo de Foz do Iguaçu em uma operação conjunta com a secretaria de turismo do Paraná, apreenderam um micro ônibus da empresa Crucero del Norte que tem sede em Posadas, Argentia e está se preparando para dominar o transporte nas Três Fronteiras. Quando eu soube que as autoridades pegaram um ônibus argentino eu esperava que fosse qualquer outro menos a Crucero del Norte. Por quê? Porque nesse mundo do capital quem manda é quem tem dinheiro. Por isso eu não mando em nada. Só posso rir não que esteja gostando de nada do que vi. Mas rir é o único que me sobra. Só para você ter uma idéia, em 2004 eu dei de cara com um ônibus urbano internacional da Cruero del Norte circulando em Foz do Iguaçu. Na chegada a empresa sofreu um lobby sério para dificultar a entrada dela na região das Três Fronteiras. Só para você ter uma idéia da estratégia usada pela Crucero del Norte, basta lembrar que a passagem urbana internacional, quer dizer entre Foz do Iguaçu e Puerto Iguazu é R$ 3.00 ou P$ 3.00 (Pesos argentinos). A Crucero del Norte baixou para R$ 2.00. E manteve a passagem a R$2.00 até quando achou que era hora de adotar a passagem oficial. É isso que chamam de quebra de braço! Assim eu tenho peninha do bravado da fiscalização. O troco vai sair em Puerto Iguazu a qualquer momento e imaginem quem vai pagar o pato? Eu digo: os ônibus do turismo de Foz do Iguaçu. Motivos de sobra para sustentar uma briga lá tem.

O que aconteceu foi o seguinte: igual a 2004 a Crucero del Norte sabe de alguma coisa que Foz do Iguaçu não sabe. Em 2005 a empresa conseguiu oito frequências diárias para uma nova rota ou linha na fronteira. É uma linha que vai ligar os atrativos turisticos. Por coincidência, já saiu na Gazeta do Iguaçu hoje que uma empresa de São Paulo está estudando o transporte público de Foz do Iguaçu para ajudar na famosa licitação local, falou da tal linha entre atrativos e deu um exemplo: Itaipu - Parque Nacional. Pois bem, a Crucero del Norte, já pode fazer isso e está operando quatro de oito linhas entre Puerto Iguazu e as Cataratas Brasileiras. 

Para quem serão as outras quatro? Sem dúvida os governos já acertaram que será para alguma empresa brasileira. Minha opinião baseado na minha experiência de idiota na fronteira, é que Brasilia e Buenos Aires estão voando alto abordo de Boeings 867 e alguém aqui não fez o trabalho de identificar o que é e decidiu decolar de ultraleve. Daí, veio o ataque a Crucero del Norte. 

Só para ilustrar a experiencia da Crucero, basta dizer que ela opera serviços urbanos internacionais em Foz-Iguazu, Uruguaiana-Paso de los Libres e Posadas-Encarnación - isso dentro da área de interesse deste blog. Além disso opera linhas internacionais entre Buenos Aires - São Paulo e Rio e pelo menos uma vez por semana a linha Foz do Iguaçu - Santiago, Chile. A gente não vê porque ela passa de madrugada quando o Foztrans está dormindo. Vamos esperar para ver!

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região