terça-feira, 1 de junho de 2010

Cachorros caçadores de Foz! Pensam que estão no Pantanal


Há um terreno na Avenida Paraná, entre o Supermercado Muffato e um posto de distribuição de gas de cozinha que estou observando há dias. É que lá é um refúgio para diversas espécies de pássaros. São bem-te-vis, pombas, quero-queros, socós e outros e já escrevei sobre eles antes. Mas, agorinha, apresento outra espécie que vive lá. São os cachorros caçadores de Foz do Iguaçu. São dois ou três. Eles vivem no mato do terreno como se fossem selvagens. Passam o dia caçando, correndo no capinzal pantanoso, às vezes, com água até a metade das canelas. O que caçam? Não sei. Será que caçam preás? Parecem felizes. Às vezes só vejo a ponta dos rabos, balançando por cima do capinzal. Me lembro do livro de Jack London que se chamou O Chamado selvagem (The Call of the Wild) sobre cachorros domésticos que mandaram tudo para os ares e fugiram para a Natureza, na tentativa de voltarem a ser lobos. Terão donos esses cachorros caçadores de Foz do Iguaçu? Terão abandonado seus donos deixando-lhes de presentes a ração que compraram? Seja lá como for, os dias de liberdade estão contados. Metade do terreno está sendo terraplanado, o mini pantanal está sendo aterrado. O Paraiso vai acabar. Vai haver pássaro sem terra, sem pântano, sem espaço.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região