terça-feira, 1 de junho de 2010

O Recanto dos cactos, cada vez mais bonito

Os cactos do Recanto dos Cactos cresceram. É inverno. Não é a estação preferida deles mas muitas espécies estão floridas. Em micro flores, abelhas de duas espécies pousam. A natureza em curso, no inverno.
Cactos de espécies variadas. Mandacaru de várias espécies. Mandacaru sem espinho, mandacaru com espinho. Este aqui me lembra de algo que se chama de "geometria sagrada". A geometria presente no redemoinho, nas estrelas, nas galáxias.

Cabelo de velho, barba de velho, alma-gêmeas. O alma gêmeas nasce em par. "Se tirar um, o outro morre", explica o cuidador. Mas há alma-gêmea trigêmea, Vi alguns quadrigêmeos. Um show e uma beleza. Tudo nascido literalmente de um sonho da dona Marlene Parzewski.
Cactos ereto, cactus enroscado, há um chamado parafuso. Há um que o nome científico começa com algo parecido com Mamilaria. Um Mamilária parece ter o nome de prolífico -é um que tem sementes. O outro não tem semente e tem que ser plantado com mudas. Recanto do Cactos, lugar feito de sonhos. Sonhos de Dona Marlene.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região