domingo, 10 de julho de 2011

A agonia, polêmicas e morte da Palmeira do Tri de Foz do Iguaçu 1991

Muita gente em Foz do Iguaçu se levantou contra a morte lenta da Pameira do Tri. Uma das vozes era a de Adelmo Müller, secretário-geral da Adeafi, jornalista, correspondente do jornal O Estado do Paraná. Ele culpava, nesta matéria (Imagem, clique nela para ver melhor) as duas últimas administrações pela morte da palmeira. Segund Adelmo Müller, hoje em Santa Catarina, as administrações abandonaram a palmeira à sua sorte, não trocando a terra, deixando a terra endurecer e tornar-se impermeável. Ele aproveitou e anexou todas às praças e parques da cidade à lista do desleixo administrativo daquela época. 
O secretário Municipal de Obras e Serviços Públicos, Jorge Barbeta, que vivia enrolado com esta e outras questões ambientais, se defendeu e relatou que o último diagnóstico para salvar a Palmeira do Tri foi feito em julho de 1989 (um ano antes) e listou as ações feitas para salvar a árvore. Chamando o ecologista da Adeafi de “pessoas que não entendem nada”, Barbeta disse que a vida de uma palmeira daquelas é de 50 anos e que a Palmeira do Tri morreu aos 51 anos. “Fizemos tudo o que era possível e tecnicamente recomendável. Conseguimos prolongara vida dela por mais um ano. Infelizmente tem gente que não entende nada do assunto, não procura se infrmar e sai por aí falando besteira”, disse Barbeta, referindo-se ao secretário-geral da Adeafi.

Transplantada para a Praça Tamandaré 
A palmeira do Tri tinha 31 anos quando foi trasladada da beira do rio para a Praça da Marinha ou oficialmente Praça Almirante Tamandaré que é o patrono da Marinha do Brasil. Para saber a idade da Palmeira, Barbeta mandou fazer a contagem dos anéis vegetativos da árvores. Com esta segunda postagem, mando minhas homenagens à inesquecível Palmeira do Tri, ao então secretário Jorge Barbeta, ao então secretário-geral da Adeafi, Adelmo Muller, à administração municipal da época que se deu ao luxo de responder às acusações de descaso pela árvore símbolo e a todos os que compartilharam a situação. Nessa época de pioneirismo ambiental, o Adelmo Muller comprou umas dez brigas na cidade! Ainda tem mais sobre a palmeira do Tri! Esta é a postagem II sobre a Tri-Palmeira!

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região