segunda-feira, 30 de abril de 2012

Reforma do TTU é uma boa manutenção



Grades agora são verdinhas - da cor das creches
 


Está quase terminada a reforma do TTU. O que se escuta dos usuários no local é que não houve reforma. O que houve foi uma boa manutenção. Uma manutenção que poderia ter sido feita muitas vezes desde a inauguração. Quanto ao que mudou, podemos enumerar o seguinte: as estações tubos foram retiradas; as paredes receberam uma mão de tinta. Tanto as paredes pintadas com aquele marrom-terra, como as amarelas. As grades, as caixas d’água estão sendo pintada com uma espécie de verde-abacate claro. O mesmo verde usado nas creches, escolas, postos de saúde. Aquele verde tipo oficial da gestão pública embora se tenha afirmado que a reforma foi paga pelos usuários graças àquela diferença no preço da passagem entre quem paga com cartão e quem paga a vista. A sinalização mudou. Parece que se preferiu identificar os pontos pelo número de linhas embora muitos usuários reclamem que não conhecem as linhas por números.  Devo confirmar ainda, mas a verba que financiou as placas parece ser parte daquela que veio do Ministério do Turismo. É parte de uma verba de R$ 800 mil. Mas a mudança principal teve a ver com o remanejo dos pontos de ônibus nas plataformas. Os ônibus do Morumbi por exemplo estão saindo do lugar de onde partiam o Porto Meira. O que motivou esta mudança? Foi a instalação de semáforos na Avenida JK. O ônibus que vem do Morumbi, 1º de Maio descendo pela República Argentina antes passava pelo Batalhão e ia em frente. Pegava a Rua Tarobá, ao lado do Zoológico Bosque Guarani e lá na frente entrava na última plataforma do TTU. Agora não mais. Os ônibus do Morumbi e 1º de maio depois de passar o Batalhão vira à direita, entra na JK e logo à frente pega o primeiro acesso ao Terminal. Aí há um semáforo que controla o transito. O semáforo evita que quem venha da direção da BR-277 ou Paraguai bata de frente na lateral dos ônibus. A existência de semáforo forçou a colocação de semáforos para pedestres desta vez para evitar que os ônibus atropelem os passageiros. Esta é uma das mudanças mais visíveis. Os bancos serão feios de cimento. Mostro alguns aqui nesta postagem. Dois dos bancos estão sendo construídos fora da proteção do abrigo. É um banco que estará no sol ou na chuva a menos que se pretenda criar uma extensão (gambiarra) ao abrigo em questão.  






Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região