terça-feira, 21 de agosto de 2012

Atropelamento de Lagarto no Parque Nacional do Iguaçu

No dia 9 de agosto, morreu um veado  no Parque Nacional do Iguaçu. Repito: faltavam seis dias para a vigência da proibição da entrada de veículos de turismo e táxis no Parque Nacional do Iguaçu. Assim que se confirmou a morte do animal, o responsável pela área de monitoramento do Parque Nacional veio a público e deu a entender que a morte do animal seria culpa desses veículos de turismo. No dia 15 terminou o prazo para a entrada. 

No dia 16, aconteceu a manifestação do pessoal de turismo, cooperativas de transporte, taxistas e outros. O Parque oficialmente se fechou e protestou contra os manifestantes. No outro dia, 17, só os manifestantes protestaram, o Parque Nacional ficou aberto e os turistas puderam ver as Cataratas embora tenha havido sofrimento da parte do turista como mostram as imagens deste vídeo feito pela RPC TV / TV Cataratas afiliadad da Rede Globo no Paraná. As imagens mostram duas turistas uma paulista e outra gaúcha que denunciam que um lagarto foi morto e que o motorista não parou. Ainda no mesmo dia, segundo do protesto, outro animal foi atropelado por um carro que fazia entrega comercial ao Hotel das Cataratas. Foi também um veado. Desses atropelamentos não se fala, exceto os manifestantes. Repito o que tenho dito: o modelo de tudo está errado. É hora de começar a colocar tudo nos trilhos com franqueza, sem censura, transparentemente e com Justiça Social pensando e de maneira economicamente solidária.     








Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região