quinta-feira, 22 de maio de 2014

Correios lançam selo em homenagem à Umbanda

Zélio Fernandino de Moraes
Mais ou menos na semana em que o juiz federal Eugênio Rosa de Araújo, juiz da 17ª Vara de Fazenda Federal do Rio de Janeiro defendeu que Umbanda e Candomblé não são religiões, os Correios do Brasil laçaram no dia 15 deste mês um selo especial para homenagear a umbanda. O nome oficial do selo é Umbanda - Sincretismo Religioso Brasileiro. O selo traz a imagem do fundador da Umbanda, Zélio Fernandino de Moraes, e "destaca dois atabaques, instrumentos musicais utilizados na prática dos rituais de Umbanda e símbolos oficiais da religião", reza texto inicial dos Correios. 

O lançamento correu durante sessão solene em homenagem à Umbanda, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. A cerimônia contou com a presença do presidente dos Correios, Wagner Pinheiro de Oliveira, do deputado federal Vicentinho e dos deputados estaduais Gerson Bittencourt, Leci Brandão e Luis Claudio Marcolino, além de líderes religiosos. Segundo a comunicação oficial, a técnica utilizada foi desenho digital, pela artista Lidia M. H. Neiva. A tiragem é de 600 mil selos, com valor facial de R$ 1,20 cada. As peças filatélicas podem ser adquiridas nas agências dos Correios, na loja virtual  e na Central de Vendas a Distância (centralvendas@correios.com.br). Quanto àquela sentença contrária mencionada acima, a boa notícia é que o juiz Eugênio Rosa de Araújo, reavaliou os fundamentos dela e admitiu erro.  Caso você queira saber um pouco mais sobre a história da umbanda sugiro este Link em PDF

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região