sexta-feira, 27 de junho de 2014

Notícias da Colônia Japonesa de Foz Iguaçu: despedidas das mestras


Despedida das professoras da Jica
O domingo, 22 de junho foi especial para a colônia japonesa de Foz do Iguaçu. Apos a missa do Mês, na Igreja Tenrikyo, mais de 60 pessoas participaram de um almoço organizado para a despedida de duas professoras japonesas que trabalharam em Foz do Iguaçu nos últimos dois anos. 

Brindando, três vivas e um Kampai!
 Elas foram enviadas e bancadas pela JICA - Japan International Cooperation Agency /Agência Japonesa  para Cooperação Internacional. Yoko Fukumoto e Tomomi Oyama. Uma coisa interessante é que Yoko Fukumoto cumpriu a missão dela e teve que voltar para o Japão. Foi substuída por Tomomi Oyama. Meses depois Yoko voltou por conta própria e segundo minha amiga Silvia Saito, com um contrato com a iniciativa privada. Agora acabou o contrato de Tomomi com a Jica. As duas embarcam de volta para o Japão no próximo dia 10 de julho.
O almoço
 Na despedida, Yoko chorou e disse em português bem claro, "desculpe, eu sou chorona". Para a despedida, a comunidade organizou um almoço nippo-brasileiro que foi dominado por uma feijoada, arroz, saladas, sushi, farinha, doces, bolachas e até brigadeiros. A anfitriã da festa, Junko Kimura que assinou a feijoada, explicou que a despedida foi a razão para ter juntado tanta gente.

No desfile de 100 anos
As carismáticas professoras foram responsáveis pela presença de alunos, pais de alunos e amigos da Escola de Língua Japonesa de Foz do Iguaçu, membros da Igreja Tenrikyo (inaugurada com todas as honras no dia 1º de junho) e da Associação Nipo Brasileira de Foz do Iguaçu localizada no bairro de Santa Rita (Rua Gilberto Romeiro, 211) e famosa pelo Sukiyaki e pelo grupo Todoroki Daiko - grupo dos tambores (taiko) japonêses. Algumas pessoas como o condutor reverendo Lioji Kimura da Igreja Tenrikyo e família participam de todos os eventos.      Com o fim do convênio  com a JICA,  a escola fica sem professor ou professora enviados do Japão por um tempo. Porém a comunidade garante que as aulas continuam sob a batuta de pessoal local. As professoras se integraram tanto a Foz do Iguaçu que participaram do desfile do Centenário de Foz do Iguaçu. Na foto ao lado se vê o grupo de Taiko de Foz na Avenida Paraná. Atrás, de kimono, há três pessoas: a professora Fukumoto, a senhora Ogura e a professora Oyama, parcialmente vista.  A relação delas com os japoneses e descendentes de Foz do Iguaçu; alunos tanto crianças japonesas como adultos não japoneses não termina por aqui.  

Um comentário:

William Ricardo disse...

Já estou com saudades destas queridas professoras! Tomomi Ooyama foi com quem comecei a estudar japonês na ACEFI!
Sua simpatia e dedicação me deixaram marcado para o resto de minha vida! Muito obrigado queridas sensei!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região