domingo, 19 de outubro de 2014

Os cachorros estrelas da Rua Minas Gerais: Romeu, Julieta e Tereza



Tereza - desconfiada ao ser apresentada à equipe do Blog de Foz

No começo era só uma cachorrinha abandonada que perambulava pela rua Minas Gerias na Vila Maracanã, bairro de Foz do Iguaçu. Como ela vivia sempre por ali, ficou conhecida. Os vizinhos improvisaram um abrigo precário com papelão. Mas como chovia, foi necessário melhorar o abrigo. Dona Tânia dos Santos, moradora, conseguiu uma casinha de madeira. E decidiu colocá-la na rua para que Julieta morasse sem o perigo de que a casa fosse levada do local a noite. Em conversas entre vizinhos, a vizinha da Dona Tânia, a dona Neusa permitiu que a casinha fosse presa à grade frontal da casa dela. E assim aconteceu. 

Casa de Romeu e Tereza
Mas logo apareceu um visitante do sexo oposto que ficava ao lado da casinha cuidando da cachorrinha. Logo, os dois ganharam o nome de Romeu e Julieta. Um dia Julieta teve uma cria de oito filhotes. A veterinária de uma Pet Shop da vizinhança, levou os filhotes para cuidados especiais e prepará-los para adoção e aproveitando internou Julieta para cuidados que ela necessitava. Romeu, passou a ir para a clínica e ficar na porta esperando Julieta. Alguns clientes podiam pensar que o cachorro era abandonado. Um dia, foi decidido que era melhor interná-lo de uma vez como uma espécie de acompanhante. Um dia, Julieta morreu e Romeu ficou viúvo.

Dona Tânia e José Araújo
Mas não por muito tempo. Logo, devido à influência de Romeu apareceu Tereza. Ela tinha um tumor causado por ataque de paulada que alguém tinha dado. Tereza foi adotada, tratada e castrada. A casinha da Rua Minas Gerais passou oficialmente a pertencer a Tereza com direito de ganhar nome na portada: Tereza. No dia da entrevista, iniciada com dona Neuza e a filha Luciana Sanches, logo apareceu o seu José Araújo, que tem um barzinho em frente. Ele contou parte da história e chamou a dona Tânia. Mas no momento, a casinha estava vazia. Por onde andava a Tereza? Logo apareceu. Veio desconfiada, chegou perto, analisou se havia perigo e entrou na casinha (foto um).

Tânia com Tereza e Romeu
E o Romeu? Estava batendo perna. Mas o Araújo lembra que ele anda passando tempo na frente de uma casa na outra rua. A dona Tânia decide dar uma caminhada para ver onde ele estava. Participaram da caminhada, a reportagem, dona Tânia e Tereza.  Depois de andar meia quadra, na rua vizinha, lá estava ele. Dona Tânia chama. Romeu escuta, mostra os dentes em um sorriso sincero, correspondido, por contorções caninas, em uma espécie de "rebolation" alegre na direção de dona Tânia. E ela, lembra: eu disse que ele se desmancha em sorriso, é um ótimo cachorro. Tereza 
e Romeu acompanham a dona Tânia em direção à casinha onde vivem. Clique nas fotos para vê-las ampliadas!
   
Romeu, escutou o chamado de dona Tânia e vem sorridente

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região