sexta-feira, 1 de maio de 2015

O vídeo paranaense mais revoltante do século:




Feliz dia do Trabalho. Compartilho este vídeo que está rodando por aí. O Paraná está de luto. Ao ver o vídeo e escutar as vozes tentei imaginar os rostos das pessoas que falam, torcem, aplaudem e dizem, "aí!", "isso aí" e batem palmas. Lembrei-me de relatos e história do holocausto. É quase certo que havia algum lugar nos campos de concentração onde funcionários e privilegiados podiam observar e apreciar o acionar das câmaras de gás e provavelmente, alguém gritava "é isso aí". 

O nome do Palácio Iguaçu está manchado. Como nunca fui de fugir de lutas, aproveito também para revelar e compartilhar meu voto em outubro do ano passado. 

Presidente: Dilma Roussef 
Governador: Gleisi Hoffmann
Deputado Federal, Silvana de Souza do Partido Comunista (PC) 
Deputado Estadual: Hamilton Serighelli do PSDB. 

E por que Serighelli do PSDB? Porque ele, da equipe do governador Beto Richa desde 2011, ocupou a Assessoria Especial para Assuntos Fundiários do Estado e fez um trabalho decente em questão de assentamentos, ocupações, terras indígenas entre outros assuntos difíceis que exigem "negociação". 

Cobri reuniões e eventos onde entrevistei Serighelli e conheci o major PM Valdir Carvalho de Souza, Coordenador de Mediação dos Conflitos de Terra da Secretaria de Segurança Pública do Paraná. O major me disse, em entrevista, que o processo de mediação é mais eficiente e menos oneroso para os cofres públicos que meramente cumprir mandados judiciais. 

Ele disse também que tudo o que envolveu conflitos agrários no Paraná foi acompanhado pela Corte Interamericana de Direitos Humanos com quem o Paraná ficou enrolado durante um bom tempo. Espero que Serighelli continue no cargo e passe tecnologia para o departamento de Conflitos  com Funcionários Públicos. 

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região