domingo, 6 de março de 2016

Escola do Jardim Tarobá é a terceira no ranking do IDEB em Foz do Iguaçu

Nota: esta postagem resgata material publicado em jornal de bairro em 2014. 

Maria de Lourdes Brasil
A Escola Municipal Benedicto João Cordeiro localizada no Jardim Tarobá (antigo Cohapar I) é terceira no ranking do IDEB em Foz do Iguaçu. Em 2011 a nota da escola foi 8.2. Por causa disso, é uma escola muito procurada pelos pais. "Os pais estão muito seletivos", disse a diretora Maria de Lourdes  Brasil, há 25 anos na escola e há um ano na direção.   Agora a escola aguarda os resultados do último IDEB referente a 2012. "A nota de 2011 foi uma conquista. Quer dizer ela mostrou que nós estávamos em 2011 onde deveríamos estar em 2010", celebrou.


Kahena Lenchoff
Como a escola de um bairro pequeno, ela é um importante centro social. "por aqui já passou muita gente. Há alguns anos recebemos a visita de uma juíza que estudou aqui. Ela veio fazer uma doação", lembrou. Há relatos de alunos que estudaram na escola de ensino fundamental e hoje voltaram com professores. É o caso de Kahena Lenchoff que começou a trabalhar na escola este ano. "Ela foi minha aluna na quarta série", contou a professora Lourdes Brasil.


Benedicto João Cordeiro,  nome da escola, é uma homenagem ao  professor do ensino primário falecido em 1979 após 33 anos de trabalho pela educação no Paraná.  Parte de sua carreira à serviço da educação incluiu anos como supervisor e fiscal da educação Paraná afora.  "Ele era muito conhecido e reconhecido pelos professores", explicou a professora.  

Segundo a professora Lourdes, a escola prestará mais uma homenagem a ele no dia da inauguração das novas estruturas da escola. "Vamos trazer o filho dele que hoje é diplomata e serve ao Brasil na Embaixada em Buenos Aires",disse com expectativa. A nova estrutura incluirá uma nova quadra, refeitório, cozinha, sala de professores e sala de informática. 
A Festinha da Sônia

Diversidade - A escola Municipal Benedita João Cordeiro reflete a variedade de nacionalidades residentes em Foz do Iguaçu. Segundo a diretora a escola tem estudantes chineses, árabes, argentinos e paraguaios além de alunos de outros bairros. "Tem alunos que vem do Portal da Foz", explicou. No dia da visita à escola, a iguaçuense muçulmana Lena Gomes estava ocupada preparando, junto com familiares, a festinha da filha Sônia.  "Eu sempre estudei em escolas públicas e não tenho nada a reclamar", disse a mãe. 


Segundo pais de alunos consultados, uma  das boas lembranças das escolas são as festas organizadas  para celebrar eventos e arrecadas fundos.  Uma delas é a Festa do Risoto realizada em junho.  "Este ano não vamos ter essa festa por causa da copa. Temos que manter o calendário letivo com 200 dias de aulas", disse a diretora mas lembrou que haverá a Festa da Primavera.
Ver também "O Cohapar I virou Jardim Tarobá: uma visita ao bairro"

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região