sábado, 1 de outubro de 2016

Está valendo: o Renminbi chinês já é parte da nova cesta de moedas do FMI

Christine Lagarde, Diretora do FMI
 O Fundo Monetário Internacional (FMI) anunciou a adoção da nova cesta de valorização do Direito Especial de Giro (DEG - SDR, em inglês). na qual está incluído o renminbi chinês (RMB), e as novas quantias de moedas que determinarão o valor do DEG durante o novo período de valorização. 

Segundo o aprovado pelo Diretório Executivo do FMI em 30 de novembro de 2015, a partir de hoje 1 de outubro de 2016 se determina que o RMB é uma moeda de livre uso está incluída na cesta do DEG como quinta moeda, junto com o dólar dos EE.UU., o euro, o yen japonês e a libra esterlina o Diretório decidiu também nessa oportunidade que as ponderações de cada moeda serão 41,73% para o dólar de EE.UU.; 30,93% para o euro; 10,92% para o renminbi chinês, 8,33% para o yen japonês e 8.09% para a libra esterlina. 


Ao anunciar a nova cesta do DEG, Christine Lagarde, Diretora Gerente do FMI, destacou: “a ampliação da cesta do DEG é um acontecimento importante e um marco histórico para o DEG, o FMI, a China e o sistema monetário internacional. Representa uma mudança importante para o FMI porque que é a primeira vez desde a adoção do euro que uma moeda é acrescentada à cesta". 

“A inclusão do renminbi é um reflexo do progresso das reformas dos sistemas monetário, cambiário e financeiro da China, e é um reconhecimento dos avanços na liberalização, integração e melhora da infraestrutura dos mercados financeiros desse país. La continuação e aprofundamento desses esforços, com as devidas salvaguardas, terá como resultado um sistema monetário e financeiro internacional mais robusto, que a sua vez dará respaldará o crescimento  e a estabilidade da China e da economia mundial. 
“Este marco é também um reflexo da evolução da economia mundial. O FMI desempenha una importante função nesse processo, e a inclusão do renminbi na cesta do DEG demonstra uma vez mais que o FMI está preparado para adaptar-se às mudanças.”O Diretório decidiu hoje (ontem) que, com a partir de 1 de outubro de 2016, o valor do DEG será a soma dos valores das seguintes quantias de cada uma das moedas:
Dólar dos EE.UU.
0,58252
Euro
0,38671
Yuan chinês
1,0174
Yen japonês
11,900
Libra esterlina
0,085946

Estas quantias da moeda se calculam de tal modo que o valor do DEG medido em dólares dos EE.UU. seja o mesmo na nova cesta que o valor del DEG vigente na data de hoy (ontem), e que, aos tipos de câmbio  médio correspondentes, no período de três meses (1 de julho de 2016 até 30 de setembro de 2016) que se encerra hoje, a  proporção de cada moeda no valor do DEG corresponda à ponderação aprovada pelo Diretório Executivo do FMI em 30 de novembro de 2015. 

A decisão do Diretório com respeito à quantidade de cada moeda na cesta de valorização do DEG é o último passo no processo de implementação das conclusões do exame mais recente do método de valorização do DEG.

Taxa de juro do DEG
A taxa de juro do DEG que será determinada em 7 de outubro e que será aplicada durante a semana do 10 de outubro de 2016 será a primeira que refletirá a nova cesta de avaliação do DEG e que incluirá uma taxa de juro representativa em relação ao RMB. A mudança no  nível da taxa de juros do DEG em relação à semana anterior refletirá as mudanças na composição e as proporções das moedas na cesta de avaliação do DEG, bem como as mudanças nas taxas de juro de cada instrumento financeiro integrante. 

30 de setembro de 2016
Outros residentes das Três Fronteiras  podem conferir este material em inglês, chinês, chinês, espanhol e árabe.  

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região