quinta-feira, 8 de março de 2007

Foz e a etno-gastronomia

Apesar de todo aquele papo de que Foz do Iguaçu é uma cidade com mais de 70 etnias, eu, como não posso deixar de fazer, contesto. Primeiro creio que estamos confundindo etnia com nacionalidade. Certa vez vi uma lista das “etnias” e lá apareciam entre outras as etnias paraguaia, argentina e colombiana. Pelo que conheço do meu planeta Colômbia é uma nação – quem nasce na Colômbia é colombiano. Assim como Brasil. Brasileiro não é uma etnia. Etnia tem a ver com sangue. 

Por exemplo o Brasil tem várias etnias, vários sangues diferentes: mais de mil etnias (sangues) indígenas. Por exemplo guarani, txucarramãe, ere-we-au-au, russo, alemão, francês – podem ser etnias. Então entrar nesta questão de nacionalidade por sangue ou por nascimento é entrar em discussão de direito – o que não é meu forte.

Segundo, temos que cuidar para que esta frase não se torne simplesmente um ideologia, um discurso vazio. Por que olhando para a cidade de Foz do Iguaçu a gente vê como somos até bem pobres em restaurantes étnicos. Não temos um restaurante coreano ...indiano, bengali, marroquino, tailandês, yorubá, ibo. Assim não se pode falar de uma cidade de 70 etnias com 70 restaurantes étnicos.

Esta é uma introdução. Agora, a partir de hoje vamos tirar a limpo, revelar, mostrar o que há de melhor na gastronomia de Foz do Iguaçu.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região