segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Ipardes fala sobre o Oeste


Aproveitando que estamos em época de eleição, gostaria de chamar a atenção para o estudo do Ipardes divulgado no dia 27 de agosto aqui em Foz do Iguaçu sobre a situação real do Oeste do Paraná. São dados que devem ajudar as lideranças da região. Veja material sobre o estudo AQUI e logo em seguida, você pode clicar AQUI para ir ao relatório em PDF.

O estudo revela que há ainda grande disparidade, desigualdade e concentração no Oeste do Paraná. Diz ainda que apesar da região oferecer boa quantidade de empregos, a maioria desses empregos não paga bem, quer dizer a massa salarial gerada é baixa. Até o turismo e as particularidades da fronteira Foz do Iguaçu / Puerto Iguazú e Ciudad del Este são destaques. No turismo, o destaque é a riqueza de dados que não podem ser confirmados. O estudo também toca a questão dos royalties de Itaipu e seu uso pelos municípios.

Ótimo material para candidatos a prefeito e vereadores de todo o Oeste do Paraná. O presidente do Ipardes, Carlos Manuel dos Santos disse ao Blog de Foz que logo após a eleições, o Ipardes promoverá um encontro com os prefeitos eleitos para debater a realidade e falar sobre as metas e planos do Governo do Estado em andamento. O encontro acontecerá em Foz do Iguaçu.

Confira alguns dados:

..."As indústrias do Terceiro Espaço* (Oeste do Paraná)...correspondem àquelas tradicionais, com tecnologia disponível e disseminada e baixa produtividade de trabalho. Quanto ao porte dos estabelecimentos, predominam os pequenos, o nível de concorrência é alto e determinado por baixos salários....".

"...em 2005, três segmentos somavam 80,02 do VAF** Industrial, 63,63 dos empregos e 34,65 dos estabelecimentos".

"...a fabricação de produtos alimentícios e bebidas (segmento 1) respondeu por 72,21% do VAF.

"...A fabricação de produtos químicos (segmento 2) contribuiu só com 4,75 do VAF. E o terceiro segmento, fabricação de móveis e indústrias diversas contribuiu com 3,06% do VAF; 6,14% do número de empregos e 13,53 dos estabelecimentos.

A participação de Foz do Iguaçu na geração de emprego no Oeste é de 18,79% segundo números de 2005. Mas já foi maior no período de 1985 e 1995. A taxa de crescimento da indústria em Foz do Iguaçu nos anos 1985 e 2005 é de 3,76% por ano. No mesmo período, a taxa de crescimento do Oeste foi de 6,48%.

*   VAF significa "Valor Agregado Fiscal".
** A Região Oeste é chamada de Terceiro Espaço no estudo.

Veja as notas:
Tríplice Fronteira: para pensar sobre ela
Aglomerado Transnacional
Turismo no Oeste

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região