terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

Ele tem razão: precisamos melhorar e muito

Agora que passou a semana do lançamento do jornal O Iguassu, publico aqui a página 3 do jornal onde aparece matéria minha baseada em entrevista com Paulo Angeli do Conselho Municipal de Turismo de Foz do Iguaçu. A mensagem principal é que Foz do Iguaçu consegue pouca verba por falta de projetos. Outra verdade derivada é que não fazemos projeto porque não sabemos fazer. Eu mesmo não sei. Dessa verdade, deriva-se outra: nós não trabalhamos tecnicamente baseados em resultados e até como poderíamos trabalhar por resultados se não temos algumas informações básicas. Exemplo: temos estatísticas do Parque Nacional do Iguaçu (PNI). Temos estatísticas da Itaipu Binacional. Pela estatística do Parque Nacional entraram no PNI 38.304 paraguaios no ano de 2009. Pior, mesmo com essa mixaria de paraguaios, o Paraguai é o terceiro maior visitante do Parque nacional atrás da Argentina e Brasil. Bem, essa é a estatistica do Parque Nacional. E qual é a estatistica da cidadae? Será que só entram 38.304 paraguaios por ano em Foz? Quantos paraguaios entram em Foz como turistas? Quantos pernoitam pelo menos uma noite na cidade? Eu não sei! Você sabe? Quem sabe?

Obs.: Veja esta postagem no Notas do Turismo

Um comentário:

Mauro Bandeira disse...

Com certeza!
Muito boa a entrevista com o presidente do Comtur. Ele tem uma boa batalha pela frente para acordar o "trade" ,autoridades e comunidade , para necessidade de olhar o lado técnico- científico do Turismo na nossa região. A época do " achismo" realmente esta fadada a terminar ,tomara!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região