quinta-feira, 13 de maio de 2010

O Blog de Foz Sobre o filme "Triple Frontier"

Quero que esta nota seja curta e por isso só vou dizer três coisas.

Primeira: O parágrafo abaixo que aparece na Nota de Repúdio de Foz do Iguaçu assinada por várias lideranças é perigosa. A frase não sobrevive a uma análise sintática e muito menos a uma análise do discurso. Quem vai ler? Quem vai aprovar? Quem libera? Simples: quem é o sujeito desta oração?

"A liberação de qualquer imagem turística, bem como a permissão para filmagem de qualquer cena na cidade de Foz do Iguaçu, só será autorizada após leitura e aprovação do roteiro e o pagamento dos direitos de uso de imagem".

Segunda:
Grave erro. Nõs temos terrorismo. Essa acusação é disculpa para justificar a militarização de todas as fronteiras. Veja a última postagem sobre VANTS, por exemplo. Porém a frase acima mostra e cnfirma que temos censura! Alguem vai ler o texto e aprovar. Perigoso! Tiro no dedão do pé! Cuidado com o acusação de atentar contra a liberdade de expressão!

Terceira:
Filme é ficção. Em inglês o oficialismo chama a nossa região de "Triple Border" que significa "Triplice Fronteira" está sim uma frase iníqua que todo mundo está usando -inclusive eu. O filme vai acontecer na "Triple Frontier". Se ligue na sutileza da coisa. O autor do (roteiro) sabe disso. Quanto ao Islã ser terrorista basta lembrar que a religião islâmica tem 1.388 anos e em 99% desse tempo ninguém a associou a terrorismo.

3 comentários:

Aline Aguayo disse...

Falou e disse Jaaack!
E outra, enquanto estamos aqui tentando impedir a mídia internacional de 'mentir' sobre nossa região, permitimos que a mídia nacional mande e desmande por aqui! Como foi o caso do "A Liga", da Rede Record (é perseguição?), da Globo e também do SBT, que já mostraram inverdades absurdas e criadas sobre nossa cidade. Temos problemas sim, mas como todas as outras cidades, e ainda assim vivemos em plena paz.

Fábio disse...

Essa nota dos órgãos de turismo da região é ridícula. Só mostra o quanto o setor turístico, em Foz e na Tríplice Fronteira, é uma espécie de quarto poder - República dos Hoteleiros. Esse pessoal, essa geração, tem que pedir pra sair e dar lugar para uma nova geração de lideranças. Esse pessoal ai, assistiu inerte a violência e a pobreza.

Quanto ao filme, mil vezes uma filme retratando a região como violenta do que um tratando a região com "a mais bela e harmônica paz entre povos e culturas", a terra da "mística das águas" (olhe o filme do Barreto ai).

Jackon, discordo com você sobre o termo Tríplice Fronteira (ando pensando muito sobre isso). Vamos nos apropriar do termo. Não importa a origem geográfica e etimológica daquilo que apontou a verdade de nossa interdependência. A história tá cheio disso. Seria loucura fazer isso. Chega de termos medo de falar pelo outro, pelas cidades que compartilham uma série de hábitos, problemas etc.

Fábio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região