domingo, 25 de agosto de 2013

Mal-entendido entre os moradores do poste 4JC17



o
Endereço fixo e bem sabido
Os moradores do Poste F1858 – JC 17 localizado na Rua Manoel Moreira Adrion andaram se assustando em vão. No transformador, um casal de bem-te-vi construiu um ninho de palhas e gravetos.   Acima dele, na cruzeta do poste e acima das chaves de desligamento da rede, quem se estabeleceu foi uma família de joão-de barro. Em um dia do final de julho, soou o alarme da vizinhança.
Bem-te-vi em estado de alerta
Os filhotes do casal de bem-te-vi  dispararam a choramingar e gritar com aquele som de passarinho novo dizendo que está reconhecendo a  chegada dos pais com comida. Descansando em uma (árvore) casco-de-vaca-lilás florida, os pais estranharam aquele alarido dos filhotes. Um dos bem-te-vi veio verificar. Descobriu que um trinca-ferro tinha voado baixo demais sobre o ninho de maneira que a sombra de suas asas passou por cima dos filhotes.

O ninho do bem-te-vi
 O canto de alerta dos bem-te-vis, atraiu os joãos-de-barros que por sua vez fizeram com que os beija-flores que ficam quase invisíveis vigiando as árvores floridas disparassem seu afiado e quase inaudível som metálico. O trinca-ferro – que também é bom de bico, isto é som, começou recentemente a frequentar a área do poste, decidiu parar no poste vizinho de onde faz esporádicos voos para o chão        

O ninho do joão-de-barro entre as cruzetas e chaves!

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região