sexta-feira, 22 de maio de 2015

Os ETS monitoram a genética humana (Roger Leir em Foz do Iguaçu em 2002)

"Uma boa abdução não deixa lembranças", Roger Leir


 Eu pessoalmente já fiz 10 cirurgias em pessoas das quais retirei objetos feitos com materiais que não existem na terra. Ou se existem não têm a mesma organização atônmica que os materiais encontrados na terra”, esta foi uma das frases de impacto que registrei na entrevista com o doutor Roger Leir, médico, cirurgião que veio a Foz do Iguaçu em  maio  de 2002 para fazer uma palestra sobre os extraterrestres.  

As pesquisas dos alienígenas são muitos parecidas, no aspecto ético, com a captura e marcação realizadas em animais pelos nossos cientistas. Lembra ainda a pesca submarina que acontece na variedade pega-e-solta”, continuou Roger Leir em entrevista que fiz com ele para a Gazeta do Iguaçu e na palestra que fui convidado a traduzir no estilo “tradução consecutiva”. 


Ele falava e eu traduzia para uma platéia bonita de cerca de 200 pessoas no Hotel Bourbon. Ainda no tema ETs, Leir, disse: “O número de pessoas que passam por abduções é muito maior do que se pensa. O que acontece é qe a maioria das pessoas não se lembram. Uma abdução perfeita não deve deixar lembrança”. 


O Dr. Leir visitou Foz do Iguaçu no dia 26 de maio de 2002 onde fez a palestra sobre Ufologia em um Workshop de Apometria organizado pelo Lar Escola Seara do Bem na cidade. O Dr. Leir escreveu o livro Aliens and the Scalpel (Os alienígenas e o Bisturi) que foi também o tema da palestra.Um documentário de Jeremy Corbel sobre o autor e pesquisador está em processo de finalização. Mais infromações sobre projeto e o autor aqui. Roger K. Leir faleceu em 14 de março de 2014 na Californa onde morava. Ele foi homenageado durante o VI Fórum Mundial de Ufologia (III UFOZ 2014).







Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região