quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Congresso de Educação Física (FIEP): Será que Foz está ficando mais triste?



Fiquei devendo uma participação maior no Congresso de Educação de Foz do Iguaçu 2010 encerrado hoje dia, 20. Os participantes vieram e enfrentaram aquelas longas horas de treinamento e cursos. Como o tempo passa, e para quem não está envolvido diretamente, como eu, parece-me que a quantidade de gente nas ruas foi menor. Não que o congresso tenha trazido menos gente. Mas que a cidade como que expulsou as atividades culturais públicas, os agitos que fizeram história. Alguns ícones passaram. O Restaurante do Papi – um lugar que durante, pelos menos, os 12 anos em que acompanhei o congresso, não é mais o Restaurante do Papi.

O Papi alugou o imóvel para a Cida e Zeca que hoje tocam lá o Restaurante Tirol (já falarei do Tirol com a Cida e o Zeca – uma bela história). Outra baixa para o agito no centro no que se refere ao Congresso foi a “baixa” o “falecimento” da sede urbana do Oeste Paraná Clube onde durante anos foram realizados cursos do congresso. Eu mesmo fiz Biodança lá com o professor Valdemar Talema de Porto Alegre. No lugar da Sede Urbana o edifício vai abrigar um supermercado que pertence a uma cadeia da cidade. Se chama Max! Espero que Max tenha sorte lá. Com o fim do Papi, acabou a Lavagem do Boteco, o banho de mangueira com água armazenada em um carro pipa.

Foram manifestações grandiosas e que durou um bom tempo e agora morreu- como é a tendência de Foz do Iguaçu. Posso estar enganado mas creio que o 25° Congresso da Féderation Internacional d’Education Physique (FIEP), pegou uma Fz do Iguaçu mais triste. Quanto as atividades espontâneas no Papi, eu via que nos últimos anos a coisa “degringolava” seja lá o que quer que este verbo signifique. A festa ficou popular demais e já atraia iguaçuenses carentes de lazer para a esquina da Marechal Deodoro com a Quintino Bocaiúva . Muitos deles, pobres, duros e membros daquela “classe perigosa” – no termo dos sociólogos. Em fim, repito, Foz me pareceu mais triste. Ou sou eu quem está mais triste. Tenho que descobrir isso. Estou achando que Foz está ficando mais triste. Tenho que descobrir tudo isso! A foto acima é de um curso de dança ligado à educação física nas instalações da UDC.

Um comentário:

De Tudo Um Pouco disse...

Prezado Jackson ,

Impressionante a quantidade de blogs e assuntos que vc aborda com propriedade ,parabéns! è óbvio que vc não manda nada camarada , com este tua linha de pensamento "ias" parar no paranazão...rssss.
Com certeza tem caroço neste angu do transporte em Foz . Esta pra lá de sabido que não há interesse em um tranporte altenativo público para os turistas que nos visitam , há nãos er que alguém seja muito beneficiado.Pela imporância do contexto turistico nacional Foz deve ser a única cidade que não oferece este tipo de transporte ( vamos falar de aeroporto?).
Em fim vamos esperar o troco e os bláblás das otoridades!
Saudações!

Mauro Bandeira

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região