quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Ônibus atropela jaguatirica em Puerto Península na Argentina

Foto e fonte El Diario 24
Um ônibus atropelou uma jaguatirica no distrito de Puerto Iguazú, em uma área conhecida como Puerto Península. Na região de Puerto Iguazú as terras devolutas - compradas pelo governo federal ou são hoje propriedade do Parque Nacional ou do Exército  Argentino. A região de Puerto Península é composta por 6 mil hectares e é uma reserva ambiental ainda sob o mando do Exército que pode realizar ações light lá. Duas mil desas hectares foram "invadidas" por pessoas sem terra e outros lascados que a Argentina também tem. O atropelamento aconteceu na rodovia - RN12. Logo após o atropelamento o motorista parou o carro e fugiu. Não demorou muito a Polícia de Misiones encontrou o chofer e o levou a prestar depoimento. O ministro da ecologia da Província disse que o motorista dificilmente será condenado à prisão mas deverá pagar uma multa leve cobrada em combustível que será usado para abastecer os carros da lei. Segundo o ministro a multa leve não deverá passar dos 20 mil litros de gasolina. Como eu não tenho carro, nem tenho inveja de quem tem além de não saber exatamente o que é um litro de gasolina perguntei ao Kiko que é um amigo e tem carro. Ele calculou, por cima e disse que no Brasil, isso equivaleria a um pouco mais de R$ 50 mil. Gostei! É uma mostra da rigidez da lei argentina, você vai ter dor de cabeça para o resto da vida especialmente se você não tiver os R$ 50 mil.  Deixo como exemplo para as autoridades no Brasil especialmente porque por aqui tem um negócio de atropelar animal sem que apareça o atropelador. São crimes que nem a gramática tolera: todo predicado precisa de um sujeito.    

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Hora no Paraguai incluindo CDE

Hora Mundial: passe o mouse sobre o mapa para escolher região